WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Destaque2’

Temer vai à Justiça contra Joesley Batista e o acusa de calúnia, injúria e difamação

Share Button
O presidente Michel Temer e o empresário Joesley Batista (Foto: Ueslei Marcelino/Reuters; Zanone Fraissat/Folhapress/Arquivo

O presidente Michel Temer e o empresário Joesley Batista | Foto: Ueslei Marcelino/Reuters; Zanone Fraissat/Folhapress/Arquivo

A defesa do presidente Michel Temer protocolou na Justiça nesta segunda-feira (19) uma queixa crime por calúnia, injúria e difamação contra o dono do grupo J&S e delator da Lava Jato, Joesley Batista. Segundo informações da TV Globo e do G1, a ação foi apresentada após a acusação do empresário, em entrevista à revista Época, de que Temer chefia “a maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil”. Na reportagem, o empresário também afirma que o presidente não fazia “cerimônia” ao pedir dinheiro para o PMDB. Ele descreve uma relação de intimidade com o presidente. Neste domingo, após a publicação da entrevista, Temer já havia anunciado que iria à Justiça contra o que chamou de “mentiras” contadas por Joesley. Em nota à imprensa, o Palácio do Planalto chamou o empresário de “bandido notório”.

Vaticano investiga organização católica brasileira por ‘pacto com Satã’ para matar o papa

Share Button
Foto: ONU/ UN Photo/Amanda Voisard/Eskinder Debebe/Rick Bajornas/Mark Garten

Foto: ONU/ UN Photo/Amanda Voisard/Eskinder Debebe/Rick Bajornas/Mark Garten

Segundo o “vaticanista” Andrea Tornielli, do jornal italiano “La Stampa”, em extensa cobertura que ecoa pelo jornal americano “Daily Beast”, pelo britânico “Daily Mail” e outros, o Vaticano investiga a sociedade católica brasileira ultraconservadora Arautos do Evangelho, uma dissidência da TFP (Tradição, Família e Propriedade). Na descrição do “Beast”, onde foi manchete ao longo do fim de semana, a investigação parte do “aparente pacto com Satã sobre a morte do papa Francisco”. Segundo informações da Folha de S. Paulo, a evidência é um vídeo que vazou e pode ser visto aqui. Segundo “Tonielli”, o líder da organização, monsenhor João Scognamiglio Clá Dias, que protagoniza o vídeo, já renunciou.

Rui nega boatos sobre Otto e ironiza oposição: ‘todo dia bajulando alguém da nossa base’

Share Button
Foto: Carol Garcia/GOVBA

Foto: Carol Garcia/GOVBA

O governador Rui Costa comentou nesta segunda-feira (19), em entrevista ao radialista Mário Kertész, da rádio Metrópole, sobre os rumores de que o senador Otto Alencar (PSD) estaria sendo cortejado para apoiar o prefeito ACM Neto na provável disputa pelo governo do Estado em 2018. “O que eu acho engraçado é que eles fabricam as pesquisas e eles próprios desmentem todo dia”, disse, em menção ao levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, no qual o democrata lidera em todos os cenários. Segundo o Bahia Notícias, Rui ironizou a vantagem indicada na pesquisa, dizendo que o grupo político está “todo dia” em busca de novos apoios, “bajulando alguém da nossa base”. O governador ainda afirmou que Otto é “sério, de caráter e de palavra” e ressaltou a parceria com o congressista na representação do Estado no Senado. 

Agência bancária é explodida em Salvador

Share Button

Por G1 BA

Parte de teto de agência caiu após explosão em agência, na madrugada desta segunda-feira (19) (Foto: Andreia Silva

Parte de teto de agência caiu após explosão em agência, na madrugada desta segunda-feira (19) | Foto: Andreia Silva

Uma agência do Bradesco foi explodida, na madrugada desta segunda-feira (19), na Estrada da Liberdade, em Salvador. O estabelecimento ficou destruído após a explosão. O crime ocorreu por volta das 2h30, segundo o Centro Integrado de Comunicação (Cicom). Os criminosos arrombaram o local antes de usar os explosivos. Segundo a Polícia Militar, o alarme do banco disparou após a invasão. Uma guarnição da polícia chegou a ser encaminhada ao local, mas os assaltantes tinham fugido. Com a explosão, parte do teto caiu. Não há informações sobre o que foi levado da agência e a identidade dos criminosos.

Ex-lutador do UFC morre aos 34 anos após sofrer nocaute em luta de boxe

Share Button

Por Combate.com

Tim Hague é amparado pelo árbitro após cair nocauteado em luta de boxe (Foto: Reprodução/Youtube)

Tim Hague é amparado pelo árbitro após cair nocauteado em luta de boxe | Foto: Reprodução/Youtube

O lutador canadense Tim Hague morreu na tarde deste domingo aos 34 anos de idade, de acordo com um comunicado publicado por sua família nas redes sociais. O atleta, que teve passagens pelo UFC, faleceu menos de 48 horas depois de sofrer um nocaute numa luta de boxe na última sexta-feira em Edmonton, no Canadá. Hague estava em condição crítica num hospital desde que enfrentou o ex-jogador de futebol americano Adam Braidwood no Shaw Conference Centre na sexta-feira. O peso-pesado recebeu diversos knockdowns em apenas dois rounds de luta, mas o árbitro não decretou o nocaute até que o lutador estivesse apagado. Segundo o jornal canadense “Edmonton Journal”, Hague sofreu uma hemorragia cerebral. Ainda de acordo com o “Edmonton Journal”, a comissão atlética de Edmonton está conduzindo uma investigação sobre o caso e pediu relatos de todos os árbitros, juízes, médicos e inspetores que trabalharam na luta.

Com 19 trios elétricos, Parada Gay reúne multidão em São Paulo

Share Button

Por G1

Bandeira do orgulho LGBT é carregada pela Avenida Paulista, em São Paulo, durante a Parada Gay (Foto: Miguel Schincariol/AFP

Bandeira do orgulho LGBT é carregada pela Avenida Paulista, em São Paulo, durante a Parada Gay | Foto: Miguel Schincariol/AFP

A 21ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo acontece neste domingo (18) em São Paulo com previsão de reunir 3 milhões de pessoas. No total, 19 trios elétricos desfilam em trajeto que começou na Avenida Paulista e descerá a Rua da Consolação, chegando ao Vale do Anhangabaú. O evento começou oficialmente às 12h30. O tema deste ano é “Independente de nossas crenças, nenhuma religião é lei. Todas e todos por um estado laico”.

Participantes da Parada do Orgulho LGBT neste domingo, na Avenida Paulista (Foto: Gabriela Gonçalves/G1

Participantes da Parada do Orgulho LGBT neste domingo, na Avenida Paulista | Foto: Gabriela Gonçalves/G1

Às 11h, a Avenida Paulista já estava tomada de participantes, vários com fantasias especiais para o evento. A via também está decorada, e as cores lembrando um arco-íris estão presentes em faixas de pedestres, em balões de gás e no Conjunto Nacional, prédio que é um dos símbolos da avenida. Anitta e Naiara Azevedo vão se apresentar no trio patrocinado por uma empresa de transporte individual de passageiros. Junto com elas, na festa batizada de Chá da Alice, estarão Márcia Freire, ex-vocalista da banda Cheiro de Amor, e a cantora amazonense Lorena Simpson. Daniela Mercury, que se apresentou no encerramento do Carnaval deste ano e na Virada Cultural, também é atração.

Deputado do PMDB chama Joesley Batista de ‘meliante’ e ‘cachorro’

Share Button

Estadão Conteúdo

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O vice-líder da bancada do PMDB na Câmara, Carlos Marun (MS), chamou Joesley Batista, da JBS, de “meliante” e “cachorro” ao comentar, neste sábado, a entrevista que o empresário concedeu à Revista Época. Em nota sobre as acusações feitas por Batista, de que presidente Michel Temer é chefe de uma quadrilha, Marun disse que o dono da rede de frigoríficos faz um “desfile de acusações genéricas”. O deputado peemedebista é um dos mais ferrenhos integrantes da tropa de choque do governo. “Não é demais lembrar que este cachorro (forma como os delatores colaboradores eram conhecidos durante a ditadura) esteve por mais de 40 minutos gravando o presidente e nada conseguiu tirar dele de realmente criminoso ou comprometedor”, afirma no comunicado. “É óbvio que orientado por sua defesa o meliante tenta proteger seu escandaloso e benevolente acordo de delação, que está sendo contestado na Justiça já que a lei veda o perdão judicial a chefes de quadrilha delatores.” Para Marun, a entrevista concedida por Joesley é “mais um capítulo” de uma “conspiração asquerosa” contra o presidente da República e as reformas. “Trata-se de mais um capítulo desta novela em que se constitui a conspiração asquerosa que tenta acabar com as reformas, depor o presidente Temer e garantir exílio dourado para Joesley e para os outros delinquentes que o cercam”, diz Marun.

Bancos cortam cartões de crédito de clientes de classes sociais com baixa renda

Share Button
Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Os bancos têm cortado cartões de crédito de clientes de classes sociais mais baixas. O argumento é que o público representa mais riscos para as instituições financeiras. Conforme o Estadão Conteúdo, só os dois maiores bancos do país (Banco do Brasil e Itaú Unibanco) retiraram de circulação 1,2 milhão de cartões nos primeiros quatro meses deste ano. Os dados são dos próprios bancos. Em relação aos quatro primeiros meses de 2016, a queda foi ainda maior. A base de cartões do Banco do Brasil caiu de 22,2 milhões para 17,2 milhões, e a do Itaú recuou de 32,1 milhões para 28,9 milhões. Bradesco e Santander não abrem os números sobre a emissão e retirada dos cartões, porém executivos dizem que as instituições passaram a excluir clientes mais arriscados. A justificativa é para diminuir os juros e as taxas do crédito parcelado, a nova modalidade que o governo impôs no lugar do crédito rotativo.  Ainda segundo reportagem, símbolo da ascensão da classe C ao universo do consumo, o uso de cartão de crédito dá sinais de exaustão diante da recessão e da cautela dos operadores com o calote que chegou aos 40% no crédito rotativo. 

Menina de 1 ano morre após falta de combustível em duas ambulâncias do Samu

Share Button
Heloísa havia acabado de completar 1 ano (Foto: Arquivo Pessoal/Edilaine Mathias)

Heloísa havia acabado de completar 1 ano | Foto: Arquivo Pessoal/Edilaine Mathias

Uma menina de 1 ano morreu por complicação de uma pneumonia em Joinville, no norte de Santa Catarina, depois de levar mais de 15 horas para ser transferida de hospital. Segundo a família, houve falta de combustível em duas ambulâncias acionadas para transportar a criança, como mostrou o RBS Notícias. Heloísa, que tinha acabado de completar um ano, havia sido internada no Hospital São Vicente de Paulo, de Mafra, na última quarta-feira (7). Na quinta-feira (8), o quadro piorou. Como o hospital não tem UTI infantil, foi pedida a transferência dela para o Hospital Infantil de Joinville, mas o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do município disse que faltava combustível. Assim como o hospital, a família chegou a se oferecer para pagar combustível para a ambulância, mas diz que o Samu informou não poder aceitar. “Eles negaram pra gente, falaram que nenhum terceiro pode abastecer as amubâncias do Samu”, contou o pai da menina, Alexandro Ferreira da Silva Lisboa. A criança chegou ao hospital [de Joinvile] cerca 15 horas depois do pedido de transferência. Ela foi internada, mas sofreu a terceira parada cardíaca ao meio-dia de sábado (10) e não resistiu. Os pais registraram boletim de ocorrência e o caso será investigado pela Polícia Civil. O Ministério Público também vai abrir um procedimento para inevstigar.

Joesley Batista depõe à PF e mantém versão sobre encontro com Temer

Share Button
O empresário Joesley Batista durante depoimento a procuradores em delação premiada (Foto: Reprodução/Fantástico

Joesley Batista durante depoimento a procuradores em delação premiada | Foto: Reprodução/Fantástico

O empresário Joesley Batista, um dos donos da empresa JBS, prestou depoimento à Polícia Federal na manhã desta sexta-feira (16), em Brasília, no inquérito que investiga o presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, segundo informou a TV Globo. À PF, Joesley Batista, delator da Operação Lava Jato, “reforçou a verdade dita no depoimento por ocasião da colaboração, apenas a verdade dos fatos, ou seja, confirmou o que já foi dito e provado”, segundo informação da defesa. Temer e Loures são investigados no inquérito por organização criminosa, obstrução de justiça e corrupção passiva com base na delação do empresário. O Supremo Tribunal Federal deu prazo até segunda-feira (19) à PF para conclusão do inquérito. Há expectativa de que na próxima semana o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresente ao STF denúncia contra o presidente, que, para ser analisada pelo tribunal, necessitará de autorização do plenário da Câmara dos Deputados.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia