Share Button
Foto: Equinox Gold/Divulgação

Foto: Equinox Gold/Divulgação

A mineradora Equinox vai reativar a exploração de ouro no município de Santaluz, região sisaleira da Bahia. De acordo com a Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), a notícia foi apresentada por executivos da empresa durante reunião com representantes do órgão na última sexta-feira (24).

Participaram do encontro o presidente da CBPM, Antônio Carlos Tramm, o diretor técnico Rafael Avena, o chefe de gabinete Carlos Borel e o gerente de empreendimentos minerais Albert Hartmann.

Pela Equinox, estiveram presentes o vice-presidente de sustentabilidade e licenciamento, Cesar Torresini e o gerente de segurança e meio ambiente, Luiz Lourenço Fregadolli.

Foto: Equinox Gold/Divulgação

Foto: Equinox Gold/Divulgação

Durante a etapa de reativação, devem ser gerados 1.500 empregos e a operação comercial está prevista para começar em agosto do ano que vem, segundo a CBPM, que foi responsável pelos estudos iniciais para implantação da mina C1 Santaluz.

Ainda segundo a companhia, a mineradora informou que serão investidos inicialmente R$ 400 milhões na reativação. A produção estimada é de 100 mil onças de ouro por ano.

“São mais 1.500 postos que serão abertos no interior do estado. A mineração é um dos setores que menos sofreu com a retração econômica e certamente será um dos pilares da recuperação baiana no pós-covid”, afirmou o presidente da CBPM.

Notícias de Santaluz