WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

Gil Lingerie e Confecções


Mais de 11,5 mil servidores terceirizados da educação são contratados por meio de Reda e entram na folha de pagamento do Estado

Share Button
merendeira_sec

Os funcionários estão em processo de admissão e entram na folha de pagamento do Estado já a partir de outubro | Foto: Claudionor Junior

Mais de 11,5 mil funcionários terceirizados ligados às quatro empresas que tiveram os contratos com a Secretaria da Educação da Bahia rescindidos depois de não se adequarem à Lei Anticalote foram contratados pelo Governo do Estado por meio de Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).

De acordo com o governo, os funcionários estão em processo de admissão e entram na folha de pagamento do Estado já a partir de outubro. “Com isso, nós vamos superar os problemas, levando tranquilidade e funcionamento normal às nossas escolas. Vamos conceber um novo modelo de gestão escolar melhor que este modelo. Mas agora eu considero resolvida esta questão. São mais de 11,5 mil pessoas que passam a receber [o salário] pontualmente, na data prevista para o pagamento, sem nenhum contratempo”, afirma o governador Rui Costa.

A contratação pelo Reda, por período determinado, tem o aval do Ministério Público do Trabalho (MPT) e do Ministério Público Estadual, que assinaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) na tarde desta quinta-feira (6), com o secretário da Educação, Walter Pinheiro. De acordo com o secretário, o Governo do Estado manteve o compromisso com a educação baiana e realizou os pagamentos nos meses de julho, agosto e setembro diretamente aos trabalhadores, honrando os salários que não foram pagos pelas empresas irregulares. “Nós fizemos como pudemos nos últimos 90 dias, pagando diretamente aos funcionários e agora iniciamos uma nova etapa, com a contratação de Reda”, explica Pinheiro.

Redação Notícias de Santaluz

1 resposta para “Mais de 11,5 mil servidores terceirizados da educação são contratados por meio de Reda e entram na folha de pagamento do Estado”

  • Michele disse:

    Pagando diretamente aos funcionários? Como assim? Ate hoje estamos sem recebe um centavo deste governo nos últimos meses.

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia