Share Button

Por G1 BA

'Pracinha dos Gays', na cidade de Madre de Deus, na Bahia | Foto: Divulgação

‘Pracinha dos Gays’, na cidade de Madre de Deus, na Bahia | Foto: Divulgação

“Mais amor, respeito e batata frita” é o lema de uma praça localizada na orla da cidade de Madre de Deus, na região metropolitana de Salvador, que tem chamado atenção pela decoração.

Batizado de “Pracinha dos Gays” pela população, o espaço foi criado para dar visibilidade e fomentar o debate sobre a comunidade LGBT no município. Não é à toa, que o colorido está por toda a parte.

De longe é possível ver as cores do arco-íris nos bancos e no coreto construídos na praça após a reforma que a tornou um espaço de visibilidade na cidade.

'Pracinha dos Gays', na cidade de Madre de Deus, na Bahia | Foto: Divulgação

‘Pracinha dos Gays’, na cidade de Madre de Deus, na Bahia | Foto: Divulgação

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), Madre de Deus tem território de 32 km² e uma população estimada em mais de 20 mil pessoas.

Conforme a prefeitura, a pracinha LGBT é uma das 21 que o município tem. Antes de receber o nome inusitado, o local era conhecido como “Praça dos Veranistas” ou “Praça dos Veteranos”, no entanto, nunca teve um nome oficial.

Foi durante a obra realizada no espaço que a prefeitura abriu votação na internet e a população escolheu entre “Vale das Cores” (3%), “O Vale” (23%), “Pracinha dos Gays” (73%) e outros nomes (1%).


Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Madrededeusba (@madrededeusba) em


O espaço foi entregue em abril deste ano e, desde então, tem dividido opiniões. Contudo, segundo o prefeito da cidade, Jeferson Andrade (PP), o respeito impera e a praça se tornou um dos lugares mais frequentados em Madre de Deus.

“Existe sempre os debates de quem concorda e quem discorda, afinal vivemos em um país que ainda é muito marcado pela rigorosidade, mas a praça agradou grande parte da população. Apesar de ser uma das menores, a praça é uma das mais movimentadas da cidade. As pessoas criaram um sentimento de pertencimento.”

O prefeito conta que a ideia de criar o espaço surgiu de um conjunto de ações socioculturais desenvolvidas na cidade que tem o público LGBT como foco, como um decreto que permite o uso do nome social para pessoas trans nos órgãos públicos.

“Nós decidimos incorporar a ideia da bandeira LGBT e decorar a praça, para que a gente tenha um ambiente de respeito. É uma praça para que se torne visto, tornar público, a liberdade de expressão das pessoas LGBTs… cutucar a sociedade para que respeite.”

No coreto, são realizados eventos de discussão sobre a temática e sobre outros assuntos, como a causa social.

'Pracinha dos Gays', na cidade de Madre de Deus, na Bahia | Foto: Divulgação

‘Pracinha dos Gays’, na cidade de Madre de Deus, na Bahia | Foto: Divulgação

O prefeito ressalta ainda que, mesmo com o nome que tem, a praça é aberta para toda população. Com respeito, todos são bem-vindos no local.

“A população, sobretudo a juventude, abraçou a ideia de homenagear a liberdade de orientação sexual. Queremos que esta praça seja um espaço para todos os moradores.”