WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Max Santa Luzia

Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

Presidente sanciona lei que cria o Estatuto Geral das Guardas Municipais

16

Lei foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff | Foto: Divulgação

Já está em vigor a Lei 13.022/14, que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais e concede o direito ao porte de arma e à estruturação em carreira única, com progressão funcional à categoria. A lei foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff na última sexta-feira (8) e publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (11) [confira na ítegra]. O projeto foi aprovado na Câmara em abril, e no Senado em julho.

De acordo com a regra, além da segurança patrimonial, estabelecida pelo Artigo 144 da Constituição Federal, as guardas terão poder de polícia e poderão atuar na proteção da população, no patrulhamento preventivo, no desenvolvimento de ações de prevenção primária à violência, bem como em ações conjuntas com os demais órgãos de defesa civil. Mediante convênio com órgãos de trânsito estadual ou municipal, poderá fiscalizar o trânsito e expedir multas.

Outra competência é encaminhar ao delegado de polícia, diante de flagrante delito, o autor da infração, preservando o local do crime. A guarda municipal poderá ainda auxiliar na segurança de grandes eventos e atuar na proteção de autoridades. Ações preventivas na segurança escolar também poderão ser exercidas pela corporação.

Requisitos – A criação de guarda municipal deverá ocorrer por lei, e os servidores deverão ingressar por meio de concurso público. Para ingressar na guarda, o candidato deve ter nacionalidade brasileira; nível médio completo; e idade mínima de 18 anos. 

O texto exige curso de capacitação específica do servidor, permitindo ao município a criação de órgão de formação, treinamento e aperfeiçoamento. Poderá haver ainda convênio com o estado para a manutenção de um órgão de formação centralizado, que não poderá ser o mesmo de forças militares. A associação em consórcio também é permitida. As guardas terão até dois anos para se adaptar às novas regras.

Redação Notícias de Santaluz

1 resposta para “Presidente sanciona lei que cria o Estatuto Geral das Guardas Municipais”

  • Sinceridade disse:

    Não posso generalizar, pois boa parte dos guardas municipais fazem um trabalho admirador, mas alguns deles já abusam de poder mesmo sem armas, com posse de arma vocês veram a barbaridade que acontecerá devido a alguns que sujam o nome do coletivo. Bom Dia!

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia