DSC_0990

Projeto foi retirado de pauta a pedido da categoria e agora poderá ser votado somente no ano que vem | Foto: Notícias de Santaluz

Os candidatos à prefeitura de Santaluz serão convidados a assinar uma carta-compromisso pela aprovação do Projeto de Lei 1.496/2016, que prevê a criação do Plano de Cargos, Carreira, Remuneração e Funções Públicas dos Servidores e dos Empregados Públicos da Educação Básica do Município. A informação foi passada ao Notícias de Santaluz pelo presidente da presidente da APLB Sindicato – Delegacia Sisal Norte, Clenildo Peixinho, durante sessão realizada na manhã desta sexta-feira (1), na Câmara Municipal. Na ocasião, a proposta que vem sendo elaborada há cerca de três anos, e inicialmente seria votada nesta sexta, foi retirada de pauta por causa de divergências técnicas, após diálogo entre a categoria e representantes da Câmara e do poder executivo (ver aqui). A classe ficou insatisfeita com as alterações feitas na proposta inicial que havia sido elaborada em parceria com representantes da secteraria de educação. Com isso, devido ao impedimento da legislação eleitoral, o projeto poderá ser colocado em votação somente no ano que vem. “Convidaremos todos os candidatos, sejam quantos eles forem, para assinar um termo de compromisso com a categoria, garantindo a aprovação do projeto, o mais rápido possível e com a manutenção de garantias e direitos discutidos ao longo dos últimos anos”, declarou Clenildo, comentando que a classe aguardará o fim do período eleitoral para retomar a análise e discussão do texto que deverá ser aprovado.

Redação Notícias de Santaluz