DSC_0091

Em meio a cenário indefinido de pré-campanha, eleição em Santaluz pode ter ‘duelo de titãs’ pela prefeitura | Foto: Notícias de Santaluz

Rodeados de mistério, os partidos políticos de Santaluz – PRB (10), PP (11), PDT (12), PT (13), PMDB (15), PPS (23), DEM (25), PHS (31), PSB (40), PV (43), PSD (55) e PC do B (65) – deixaram para anunciar a definição de suas candidaturas e coligações nesta sexta-feira (5), prazo final de realização de convenções partidárias, embora os encontros pudessem ter sido feitos desde o dia 20 de julho. Após as muitas reviravoltas que assolaram os bastidores da política luzense nos últimos dias, projetar hoje o cenário eleitoral após as convenções desta sexta-feira é uma temeridade.

DSC_0338

Aliados apontam para possível candidatura de Joélcio Martins pelo PMDB | Foto: Notícias de Santaluz

Mas, pelo menos na cabeça dos simpatizantes e aliados dos dois principais partidos da cidade, uma previsão já é possível ser feita: os dois maiores nomes da política local, os ex-prefeitos Júnior do Max (PSD) e Joélcio Martins (PMDB) confirmarão suas candidaturas nesta sexta-feira e estarão frente a frente novamente, após 12 anos, na disputa pela prefeitura de Santaluz. A pretensa chapa encabeçada por Júnior do Max deverá ter o empresário Marcinho da CLN (PP) na vice, enquanto os peemedebistas ainda estariam buscando um nome para compor a pretensa dupla com Joélcio. Entretanto, fatos novos poderão ser decididos após as novas reuniões que certamente acontecerão nesta quinta e sexta-feira, antes das convenções, e, tanto o PSD quanto o PMDB podem marchar com outros nomes, evitando, assim, o iminente ‘duelo de titãs’.

DSC_0050

Júnior do Max pode oficializar sua candidatura a prefeito nesta sexta-feira ou abrir mão para outro nome do grupo | Foto: Notícias de Santaluz

Por causa deste cenário de indefinição, integrantes do PT passaram a agir junto aos partidos nanicos do cenário local – PHS, PSB, PV e PC do B -, e eles poderão compor uma terceira via nas eleições, confirmando a candidatura de Robson Sena. Outra possibilidade que vem se desenhando desde os últimos dias seria este grupo – incluindo o PT – formar aliança com o PMDB. No entanto, conforme o Notícias de Santaluz apurou, a executiva estadual do Partido dos Trabalhadores não vê com bons olhos a pretensa aliança com o PMDB, que além de opositor ferrenho do governador Rui Costa, é tratado pelo PT como principal mentor da manobra política que afastou a presidente Dilma Rousseff.

DSC_0415

PT deve se juntar a nanicos para confirmar candidatura de Robson ou embarcar na chapa do PMDB | Foto: Notícias de Santaluz

Especulações à parte, certo mesmo é que, como o Notícias de Santaluz antecipou na semana passada, o clima de suspense dos últimos dias deverá permanecer até os 45 minutos do segundo tempo, mesmo porque, sempre tem aqueles que querem ficar até a última hora para tentar pegar a rapa do tacho. Mas, “se avexe não, amanhã pode acontecer tudo inclusive nada”.

Redação Notícias de Santaluz