WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Destaque1’

Bahia confirma transmissão comunitária da variante da Covid-19 do Reino Unido

Share Button

Foto: Paula Fróes/GOVBA

A Vigilância Epidemiológica da Bahia confirmou, nesta quarta-feira (17), a transmissão comunitária da variante B.1.1.7 do novo coronavírus, originalmente detectada no Reino Unido, no estado.

O resultado veio após o sequenciamento genético da amostra de um homem de 62 anos, residente em Salvador, sem histórico de viagem ao exterior, nem contactantes com esse perfil. O sequenciamento genético da amostra foi realizada pela Fiocruz, no Rio de Janeiro.

A diretora da Vigilância Epidemiológica do Estado, Márcia São Pedro, explica que “a transmissão comunitária é assim chamada quando as equipes de vigilância não conseguem mapear a cadeia de infecção, não sabendo quem foi o primeiro paciente responsável pela contaminação dos demais”.

Até o momento, a Bahia identificou outros três casos suspeitos da variante do Reino Unido e confirmou a circulação da mesma linhagem do SARS-CoV-2 presente em Manaus, que é a P.1, em 11 pessoas, todas com origem na região Amazônica.

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA), que é a terceira maior unidade de vigilância laboratorial do país e classificado na categoria máxima de qualidade pelo Ministério da Saúde, iniciará o sequenciamento de 300 novas amostras dos estados da Bahia, Sergipe, Alagoas, Piauí, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Idosa de 72 anos é presa por dirigir bêbada na BR-110 em Ribeira do Pombal

Share Button

Por G1 BA

Foto: Divulgação/PRF

Uma idosa de 72 anos foi presa por dirigir bêbada no KM 183 da BR-110, no trecho do município de Ribeira do Pombal, a cerca de 280 quilômetros de Salvador. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a prisão foi feita durante uma ronda voltada à prevenção de acidentes. Segundo a PRF, o veículo faz manobras perigosas e invadiu a contramão da via. Foi então que os policiais realizaram a abordagem ao veículo e viram que uma idosa estava na direção. Ela fez o teste do bafômetro que comprovou a embriaguez. O resultado foi três vezes maior que o valor considerado como crime. A idosa vai responder por crime de trânsito e multa por alcoolemia. Ela foi encaminhada para uma delegacia de Polícia Civil do município.

Petroleiros decidem entrar em greve por tempo indeterminado na Bahia

Share Button

Por G1 BA

Refinaria Landulpho Alves, na Bahia | Foto: Divulgação/Petrobras

Os petroleiros da Bahia decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir de quinta-feira (18), com ato em frente à Refinaria Landulpho Alves (RLAM), em São Francisco do Conde, na região metropolitana de Salvador. Uma manifestação está marcada para 7h.

As reivindicações, segundo o Sindipetro-BA, que representa os trabalhadores são por direitos, empregos e contra a insegurança e também contra a pressão e o assédio moral.

Já a Petrobras informou, por meio de nota, que foi notificada no último domingo (14) pelo Sindipetro-BA, sobre o movimento grevista. De acordo com a notificação, o motivo alegado para a paralisação é o processo de desinvestimento da RLAM. A Refinaria Landulpho Alves foi vendida ao grupo Mubadala Capital, de Abu Dhabi, pelo valor de US$ 1,65 bilhão, no dia 8 de fevereiro. Os petroleiros já tinham feito uma manifestação contra a venda da refinaria no dia 10 de fevereiro.

Segundo a companhia, a greve com essa motivação não preenche os requisitos legais para o exercício do direito de greve. Decisões recentes do Tribunal Superior do Trabalho (TST) confirmam esse entendimento, informou a Petrobras.

A greve, segundo a empresa, só é legítima quando está relacionada à reivindicação de direitos dos trabalhadores, como salário e benefícios; caso contrário, é considerada abusiva. Diante disso, a empresa informa que adotará todas as medidas administrativas e jurídicas cabíveis.

A venda da RLAM, de acordo com a Petrobras, não acarretará na perda de direito ou vantagem trabalhista para os empregados da Petrobras.

A empresa disse ainda que garantiu que todos os empregados que optarem por permanecer na Petrobras serão realocados em outros ativos e áreas da companhia. No atual Acordo Coletivo de Trabalho 2020/2022, a companhia se compromete a não fazer nenhuma demissão sem justa causa, portanto, é descabido associar a venda da RLAM ao movimento grevista.

Disse também que a venda do ativo não implicará em descontinuidade das operações, já que novos investidores tendem a buscar potencializar as produções e ampliar investimentos, com incremento às economias locais.

A Petrobras disse que está conduzindo os processos de desinvestimento com transparência e respeito aos empregados, seguindo sistemática aprovada pelo Tribunal de Contas da União (TCU). A companhia informou que divulga interna e externamente as principais etapas do processo e dá todo o apoio aos profissionais envolvidos.

A refinaria que fica na cidade de São Francisco do Conde, teve origem impulsionada pela descoberta do petróleo no estado baiano. A operação da Rlam possibilitou o desenvolvimento do primeiro complexo petroquímico do país, o de Camaçari.

Governador apresenta parâmetros para volta às aulas a membros do sistema jurídico baiano

Share Button

Foto: Divulgação/GOVBA

Os indicadores de saúde necessários para a volta às aulas presenciais na Bahia foram apresentados pelo governador Rui Costa a representantes do Ministério Público Estadual, da Defensoria Pública e do Tribunal de Justiça da Bahia durante reunião por videoconferência, nesta quarta-feira (17). “Para que o retorno das atividades escolares possa acontecer de forma segura para os profissionais de saúde, alunos e seus familiares, três indicadores necessários para o controle da pandemia de Covid-19 precisam ser reduzidos, são eles: o número de casos ativos, o número de óbitos e as taxas de ocupação de leitos e pessoas aguardando por leitos”, explicou Rui Costa.

O governador lembrou que a Bahia está enfrentando um dos piores momentos desde o início da pandemia, com mais de 15 mil casos ativos e uma taxa de 74% de ocupação dos leitos de UTI dedicados para atender pacientes com casos mais graves da doença. “É uma situação extremamente delicada que exige medidas enérgicas para conter avanço do vírus na Bahia. No momento ainda não é possível o retorno das aulas, mas com este diálogo estamos abrindo o caminho para que possamos voltar quando a pandemia estiver controlada. Neste momento, é extremamente importante que a população faça sua parte e evite aglomerações”.

Para conter a transmissão acelerada da Covid-19 e das cepas identificadas na Bahia no último mês, o governador decretou que, a partir de sexta-feira (19), ficará restrita a circulação de pessoas nas ruas e o funcionamento de serviços não essenciais no período das 22h às 5h em quase toda a totalidade do território baiano, com exceção das regiões oeste, de Irecê e de Jacobina, que apresentam os três menores índices de ocupação de leitos de UTI para Covid-19. O decreto vale por sete dias.

Protocolo

Foto: Paula Fróes/GOVBA

Os parâmetros apresentados pelo governador fazem parte do protocolo unificado para a volta às aulas que contempla regras de higienização, distanciamento social e sobre a obrigatoriedade do uso da máscara. Também será obrigatória a aferição de temperatura para acesso ao ambiente escolar e a adequação dos ambientes para evitar aglomeração. Nas salas de aulas, haverá distanciamento seguro entre as carteiras e cada estudante precisará levar seu recipiente para beber água.

Além disso, o pacto prevê que o retorno irá ocorrer seguindo um modelo híbrido, em que as turmas serão divididas em 50%, com aulas em dias alternados. No dia em que o estudante não estiver na escola, ele terá material pedagógico digital e impresso para utilizar em casa.

Na terça-feira (16), o protocolo foi apresentado pela Secretaria da Educação do Estado, em audiência pública virtual promovida pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

Homem é morto a tiros enquanto andava de moto em Serrinha

Share Button

Fotos: Redes Sociais

José Márcio Barreto dos Santos, conhecido como ‘Mangaba’, de 37 anos, foi morto a tiros na noite desta terça-feira (16), em Serrinha, na região sisaleira da Bahia. O crime aconteceu por volta das 19h45 no bairro Rodoviária. O homem estava em uma motocicleta na Terceira Travessa Álvaro Augusto, quando foi abordado e baleado com disparos de arma de grosso calibre. Uma ambulância do Samu foi acionada, mas a vítima morreu ainda no local. O corpo foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT). Autoria e motivação do crime são desconhecidas. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Notícias de Santaluz

Pelo 2⁰ dia consecutivo, Santaluz registra mais curas do que novos casos de Covid-19

Share Button

Equipes da Guarda Municipal e das vigilâncias Epidemiológica e Sanitária realizam ação de conscientização | Foto: Divulgação/Prefeitura

Mais 13 casos de Covid-19 e 32 novas curas clínicas foram registradas em Santaluz, na região sisaleira da Bahia, de acordo com boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na noite desta terça-feira (16). Pelo segundo dia consecutivo, o número de pessoas consideradas curadas foi maior do que a quantidade de novos casos registrados. A cidade totaliza agora 1.895 diagnósticos positivos, 1.662 curas, 24 mortes e 209 casos ativos da doença. Há ainda 82 suspeitas de infecção sendo investigadas.

Notícias de Santaluz

TCM determina que ex-prefeito de Cansanção devolva R$ 1,1 milhão aos cofres públicos

Share Button

Foto: Reprodução

O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM) determinou nesta terça-feira (16) que o ex-prefeito da cidade de Cansanção, na região sisaleira, Paulo Henrique Passos Andrade, o ‘Paulinho’, devolva, com recursos pessoais, R$ 1,1 milhão aos cofres públicos. Na decisão, que é passível de recurso, o órgão disse que o ex-gestor fez uso irregular de verba do Fundeb, nesse mesmo valor, para pagar diaristas nos exercícios de 2016 e 2017. O tribunal apontou falhas como contabilização equivocada de processos de pagamento e ausência de comprovação das despesas, ressaltando que não foram encaminhados recibos contendo assinaturas dos servidores terceirizados. Além disso, o conselheiro Fernando Vita, relator do processo de denúncia, considerou como irregular a acumulação indevida de dois cargos de secretário [de Finanças e Educação] por Luiz Henrique Passos Andrade, que é irmão de Paulinho. Segundo o TCM, o ex-prefeito ainda foi multado em R$ 25 mil e deverá ser denunciado ao Ministério Público por improbidade administrativa.

Notícias de Santaluz

Governador decreta toque de recolher em cidades da Bahia a partir de sexta-feira

Share Button

Por G1 BA

Foto: Reprodução/Twitter

O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou nesta terça-feira (16) toque de recolher na Bahia por causa do avanço da pandemia de Covid-19 no estado. Medida passa valer a partir de sexta-feira (19).

A medida, segundo o governador, ocorre por causa da alta taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado. Nesta terça, a taxa de ocupação nos leitos de UTI é de 74%. O toque de recolher será válido por 7 dias, das 22h às 5h.

Ainda de acordo com Rui Costa, a medida será válida para a maior parte das cidades baianas, exceto nas regiões de Irecê, Jacobina, na região de Alagoinhas e no oeste do estado.

O governador já havia anunciado que não descartaria o toque de recolher no estado. Na ocasião, ele disse que a medida seria “para evitar o pior”.

No último sábado (13), o governador também já tinha feito um alerta para colapso na saúde, já que diversos hospitais estão com 100% de ocupação das UTIs.

Nesta terça-feira, por exemplo, as cidade de Ilhéus e Itabuna estão com mais de 90% dos leitos de UTI ocupados para tratamento da Covid-19.

Ainda nesta terça-feira, de acordo com dados da Secretaria Estadual da Saúde, a Bahia registrou 3.849 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Do total de casos, 609.546 já são considerados recuperados e 15.084 encontram-se ativos. O boletim ainda contabilizou 66 óbitos em diferentes datas, o que representa uma letalidade de 1,71%. O total de mortes pela doença no estado, desde o início da pandemia é 10.864.

Secretário de Saúde da Bahia testa positivo para a Covid-19

Share Button

Foto: Reprodução/Twitter

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, testou positivo para a Covid-19. A informação foi divulgada por ele mesmo em uma rede social nesta terça-feira (16). “Amigos. Depois de 11 meses tentando escapar do vírus, testei positivo para Covid-19 hoje (16). Permanecerei em isolamento, em casa, cumprindo agenda virtual de trabalho. Estou bem, com sintomas leves, com medicamentos sintomáticos. Essa doença é muito seria!”, escreveu o secretário em sua conta no Twitter.

Bahia corre risco de colapso no sistema de saúde

Share Button

Por Jornal Nacional | G1

Foto: Divulgação/Governo da Bahia

O aumento de casos de Covid colocou o estado da Bahia em alerta para o risco de colapso no sistema de saúde.

São pelo menos nove unidades de saúde da Bahia em situação crítica, com 100% de ocupação de leitos de UTI ou clínicos. No Sul da Bahia, ocupação máxima em três das principais hospitais da região – foi em uma delas que dona Margarida, de 93 anos, passou pelo menos dois dias tentando uma vaga.

“Estavam tentando um leito de UTI para ela para intubar, mas, infelizmente, não deu tempo. Na madrugada de quarta (10) para quinta (11) ela morreu no apartamento mesmo, não conseguiram um leito de UTI”, lamentou José Carlos Filho, sobrinho de dona Margarida.

Em Feira de Santana, segunda maior cidade do estado, o hospital de campanha para Covid está com 88% de ocupação dos leitos de UTI.

“O que realmente se espera é que continue esse número de casos ainda elevado por algum tempo. No sábado, por exemplo tivemos até engarrafamento de ambulâncias para entrar no hospital de campanha”, relatou Francisco Mota, diretor médico do hospital de campanha.

Em Salvador, sinal de alerta: a procura por atendimento nas UPAs mais que dobrou nos últimos dez dias.

“Nesse ritmo de evolução, a demanda vai ser muito maior do que a oferta, e aí você pode sim viver um sistema de colapso na cidade de Salvador, pela primeira vez, por conta de descuidos que parte da população está tendo neste momento”, alertou o secretário de Saúde de Salvador, Léo Prates.

Foto: Agência Petrobras/Reprodução

A Bahia está hoje com níveis de transmissão iguais aos de agosto de 2020, quando os número ainda eram muito altos. Outro motivo de preocupação é que o estado também já registrou dez casos da variante brasileira.

Por causa do avanço da doença, o governo do Bahia prorrogou a suspensão de aulas até o dia 21 de fevereiro, mas este fim de semana uma liminar da Justiça atendeu ao pedido do Sindicato dos Donos de Escolas Particulares e autorizou o retorno imediato das aulas.

Nesta segunda (15), estudantes da rede particular voltaram às salas depois de 11 meses.

“Nós podemos voltar organizadamente, atendendo aos protocolos, de maneira facultativa, como o sindicato das escolas particulares sempre pregou nesse momento de pandemia”, defendeu Jorge Coelho, do sindicato dos donos de escola.

No início da noite, a liminar foi suspensa a pedido da Procuradoria-geral do estado. Com isso, as aulas presenciais voltaram a ser suspensas. O governador Rui Costa diz que há riscos do sistema de saúde entrar em colapso.

“Infelizmente se esse ritmo for mantido nós teremos obrigação para salvar vidas de fazer restrições caso contrário o sistema de saúde não terá capacidade de atender pacientes”, disse.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia