WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Drogaria Santana

Adrivana Cunha Hospital de Olhos


:: ‘Destaque1’

Mulher morre durante homenagem do Dia das Mães em Câmara de Vereadores de cidade da Bahia

Share Button

Por TV Sudoeste e g1 Bahia

Mulher era uma das 19 homenageadas na sessão solene | Foto: Redes sociais

Uma mulher morreu durante uma cerimônia de Dia das Mães promovida pela Câmara Municipal de Vereadores de Barreiras, no oeste da Bahia, na quarta-feira (4). Ela era uma das 19 mães do município homenageadas na noite.

Senhorinha de Souza de Almeida, que não teve a idade revelada, foi indicada para a homenagem pelo vereador Rodrigo Macumbo. Ela recebia a placa de honra ao mérito na presença de familiares quando passou mal e caiu.

Também não foi revelado se a vítima tinha alguma comorbidade ou problema de saúde.

A mulher foi socorrida por médicos que estavam na sessão e prestaram os primeiros socorros. Ela chegou a ser reanimada por equipes do Serviço de Atendimento Móvel (Samu), mas não resistiu.

A sessão solene foi suspensa após a confirmação da morte.

Vítima foi socorrida pelo Samu, mas não resistiu. Ainda não há informações sobre causa da morte | Foto: Redes sociais

Expediente suspenso

O presidente da Câmara, Otoniel Teixeira, suspendeu o expediente na Câmara de Vereadores nesta quinta (5) e na sexta-feira (6).

Na manhã desta quinta-feira (5), uma nota foi publicada no site da Câmara Municipal de Barreiras. No texto, o presidente da Casa afirma que Senhorinha estava bastante emocionada durante a sessão.

“Todo público presenciou o momento em que a homenageada fez questão de agradecer a honraria recebida, declarando que aquele momento proporcionado pela Câmara de Vereadores representava um dos mais felizes da vida dela, junto com sua numerosa família”, escreveu.

Na nota, Otoniel Teixeira também prestou solidariedade à família da homenageada em nome de todos os vereadores.

O corpo de Senhorinha está sendo velado na manhã desta quinta, na casa da família, na comunidade de Serra Talhada. O sepultamento está marcado para 16 horas no Cemitério do Mucambo.

Sobrevivente de câncer que perdeu perna corre 104 maratonas em 104 dias

Share Button

Por BBC

Jacky Hunt-Broersma, de 46 anos, correu 42 quilômetros todos os dias desde meados de janeiro, levando normalmente cerca de cinco horas | Foto: Arquivo Pessoal via BBC

Uma mulher que começou a correr depois de ter a perna esquerda amputada por causa de um câncer pode entrar para o Guinness Book, o livro dos recordes, por mais maratonas consecutivas.

Jacky Hunt-Broersma, de 46 anos, correu 42 quilômetros todos os dias desde meados de janeiro, levando normalmente cerca de cinco horas.

No último sábado (30), ela completou sua 104ª maratona em 104 dias consecutivos — uma conquista que ela espera que seja certificada pelo Guinness Book.

Um porta-voz da organização disse que a certificação do recorde levaria cerca de três meses.

Acordar no domingo — finalmente um dia de folga — foi uma experiência bizarra para Jacky.

“Parte de mim estava muito feliz por ter terminado”, disse ela à BBC de sua casa no Arizona, nos EUA.

“E a outra parte continuou pensando que eu preciso correr.”

Seu corpo também está se recuperando do esforço em busca do recorde, apesar de ter parado.

Jacky — que nasceu e foi criada na África do Sul, e também morou na Inglaterra e na Holanda — se sente grata, porque correr deu a ela a confiança que temia nunca recuperar.

Em 2002, médicos na Holanda a diagnosticaram com sarcoma de Ewing, um tipo raro de câncer ósseo.

Em duas semanas, amputaram sua perna esquerda para salvar sua vida. Ela tinha apenas 26 anos.

“Foi uma montanha-russa”, relembra. “Tudo aconteceu muito rápido.”

Nos primeiros dois anos, Jacky sofreu com a mudança em sua vida. Ela estava com raiva por ter câncer e envergonhada por ser diferente. Usava calça comprida em público para que as pessoas não notassem a prótese.

Quase por um capricho, ela começou a correr em 2016.

Ela já havia aplaudido o marido em eventos de corrida de longa distância, mas nunca tinha pensado em fazer isso, achava que era só “para gente louca”.

Ela comprou então uma prótese especial para corredores de longa distância — e se inscreveu para participar de sua primeira corrida de 10 km.

Na véspera da prova, ela mudou sua inscrição para a categoria meia maratona — e, desde então, não olhou para trás, explorando distâncias maiores e terrenos diferentes.

“Sou uma pessoa de tudo ou nada, então me joguei”, explica. “Adoro ultrapassar limites e ver até onde posso ir.”

No início do ano, Jacky deu a si mesma uma nova meta: o recorde de mais maratonas consecutivas.

O recorde feminino do Guinness é de 95 maratonas — estabelecido há dois anos por Alyssa Amos Clark, uma corredora não amputada de Vermont, nos EUA — que conquistou a proeza como uma estratégia para lidar com a pandemia de covid-19.

O recorde masculino do Guinness é de Enzo Caporaso, da Itália, com 59 maratonas — embora o ultramaratonista espanhol Ricardo Abad tenha supostamente corrido 607 maratonas consecutivas, terminando em 2012.

Então Jacky — que é mãe de dois filhos e trabalha como treinadora de resistência — começou a correr com o recorde em mente, certificando-se de que corresse sempre pelo menos a distância de uma maratona.

Ela disputou provas mundialmente famosas, como a Maratona de Boston e a Lost Dutchman no Arizona. Mas, como não há maratonas agendadas todos os dias, ela também correu em caminhos de terra locais, trilhas na vizinhança e até mesmo em sua própria esteira em casa.

E quando a corredora britânica Kate Jayden bateu o recorde de Alyssa ao completar 101 corridas, Jacky continuou correndo para ultrapassá-la e “fechar o mês [de abril]” com uma maratona final.

Ao todo, ela correu 2.734 milhas (cerca de 4.400 quilômetros). O Guinness Book disse à agência de notícias AP que levaria cerca de 12 a 15 semanas para revisar as evidências e certificar o recorde.

Documentando essas corridas nas redes sociais, Jacky arrecadou mais de US$ 88 mil para a Amputee Blade Runners, uma organização sem fins lucrativos que fornece próteses de corrida como a dela para pessoas com membros amputados.

As corridas têm sido principalmente um jogo mental, diz ela, mas também cobram um preço físico.

Ela tem que usar revestimentos e meias com suas próteses, e precisa massagear, alongar e colocar gelo no coto da perna diariamente. Notavelmente, ela permaneceu livre de lesões durante todo o feito.

Na verdade, Jacky gostaria de ter começado a correr mais cedo.

“Correr fez uma grande diferença no meu estado mental e me mostrou o quão forte meu corpo pode ser. Isso me deu uma aceitação total de quem eu sou e que posso fazer coisas difíceis.”

E ela está determinada a continuar. Seu próximo desafio é a Moab, uma corrida cansativa de 240 milhas (cerca de 386 quilômetros), no Estado americano de Utah, em outubro.

Idosa de 121 anos é ‘descoberta’ após atendimento médico na Bahia e pode ser a mais velha do mundo

Share Button

Por g1 BA e TV Oeste

Foto: Reprodução/TV Oeste

A idosa Maria Gomes dos Reis, de 121 anos, foi “descoberta” pela Prefeitura de Bom Jesus da Lapa, no oeste da Bahia, após passar mal e precisar de um atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A baiana pode ser a pessoa mais velha do mundo.

Segundo consta em sua certidão de nascimento, Maria Gomes dos Reis nasceu em 16 de junho de 1900, no povoado Bela Vista, em Bom Jesus da Lapa, onde mora até hoje.

Acamada, a aposentada mora com a neta Célia Cristina, já que todos os filhos já morreram.

“Dou comidinha na boca, nós temos que fazer tudo, trocar faldas. A minha vida agora está resumida em cuidar dela”, contou Célia.

A neta de Maria Gomes disse que a avó era bem ativa.

“Ela criou os netos e bisnetos. Ela que cuidava de tudo. Era bem ativa até pouco tempo, cozinhava, lavava roupas”, disse.

Foto: Reprodução/TV Oeste

Francesa é a mais velha, diz Guinness

A pessoa mais velha do mundo, reconhecida pelo “Guinness Book”, o Livro dos Recordes, era a japonesa Kane Tanaka, de 119 anos, que morreu no dia 19 de abril deste ano.

Agora, o título passou a ser da freira francesa Lucile Randon, de 118 anos, nascida em 11 de fevereiro de 1904. Embora nenhum órgão oficial atribua o título, a irmã Andrés se tornou a pessoa mais velha e “de longe”, já que é seguida por uma polonesa de 115 anos, disse Laurent Toussaint à Agência France-Presse (AFP).

“A idade avançada a gente sabe que ela tem, mas saber que ela é a mais velha do mundo? A gente fica até abismada”, brincou a neta de Maria Gomes.

Família na quinta geração

Apesar das delicadezas e dos cuidados, a idosa está acamada há pouco mais de oito anos. Antes disso, não faltava uma missa.

São 13 bisnetos, seis tataranetos e a família tem a expectativa de que Maria Gomes veja a 5ª geração nascer.

Além da neta Célia Gomes, as bisnetas Vitória Stefani e Ivanilde Gomes cuidam de todas as burocracias que a aposentada precise.

“Sou responsável por ela, porque ela não tem condições de se locomover para fazer prova de vida. Eu que resolvo algumas coisas por ela”, contou Vitória Stefani.

A jovem afirma que a bisavó ainda conversa com as pessoas, apesar das dificuldades e do esquecimento.

“Ela ainda tem noção de muita coisa, conversa com a gente, as vezes ela esquece quem é, agora que com mais frequência ela não está lembrando”, contou Vitória.

Ivanilde foi morar com Maria quando tinha 6 anos e é muito grata pela educação e apoio oferecidos pela idosa.

“Nunca me faltou nada, e ela sempre falava a seguinte frase, que eu levo para a minha vida: ‘Vai estudar, menina’. Se hoje eu consegui fazer uma graduação foi graças ao incentivo que eu tive da minha bisavó”, disse.

Pesquisa Opnus: com apoio de Lula e Rui, Jerônimo fica 12 pontos atrás de ACM Neto

Share Button

Por Bahia Notícias

Fotos: Hyago Cerqueira/Destaque 1

A distância entre ACM Neto (UB) e Jerônimo Rodrigues (PT) na disputa pelo Palácio de Ondina, no cenário com o apoio de aliados, fica em 12 pontos, segundo pesquisa Opnus/Salvador FM divulgada nesta quarta-feira (4). Segundo o levantamento, o ex-prefeito de Salvador – que aparece como candidato independente – soma 44% das intenções de voto. Ele é seguido pelo ex-secretário de Educação associado ao apoio de Lula e Rui Costa, que tem 32%. Na terceira posição, o ex-ministro João Roma (PL) aparece com 12% quando tem sua imagem colada a de Jair Bolsonaro (PL). Kleber Rosa manteve 1% com apoio de Guilherme Boulos. Não sabe ou não respondeu representa 7% e branco/nulo 4%. A pesquisa realizada pelo Instituto Opnus, encomendada pela Rádio Salvador FM, ouviu 1.500 pessoas por telefone entre os dias 28 de abril e 2 de maio. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BA-07794/2022.

Abril é o mês com menor número de mortes por Covid-19 desde o início da pandemia

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

O Brasil registrou em abril deste ano o menor número de mortes por Covid-19 desde março de 2020, quando os primeiros óbitos foram notificados.

Conforme dados do Ministério da Saúde, 3,7 mil pessoas morreram pela doença no mês passado. O número apresentado corresponde a uma queda de 95,4% nas mortes em relação a abril de 2021, mês com o maior número de óbitos em toda a pandemia.

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a queda nos registros acontece em um momento em que o país já vacinou 91,8% do público acima de 12 anos com a primeira dose de vacina contra a Covid-19 e 86,8% com as duas doses ou dose única do imunizante.

Para o Ministério da Saúde, a queda nas notificações se deve, entre outras medidas, à vacinação. A pasta ainda reforça a importância da população completar o ciclo vacinal com as doses de reforço.

Homem é preso acusado de abuso sexual e estupro contra enteada de 12 anos na Bahia

Share Button

Por g1 BA

Foto: PF/Divulgação

Um homem de 36 anos foi preso na segunda-feira (02), em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, acusado de abuso sexual e estupro contra a enteada de apenas 12 anos. De acordo com a Polícia Federal (PF), há indícios de que o suspeito registrava imagens do crime e negociava online.

Em nota, a PF informa que o conteúdo produzido era negociado na deepweb, rede de conexão na na internet que não entra no radar de sites de buscas e dificulta a localização de usuários.

Para chegar ao suspeito, a PF informou que as investigações foram iniciadas em 2021.

Os delitos praticados são enquadrados nos artigos 240 e 242-A do Estatuto da Criança e do Adolescente e no artigo 217-A do Código Penal, tendo as penas previstas de oito a 15 anos de prisão.

A PF informou ainda que a prisão preventiva do acusado foi deferida pela 2ª Vara de Camaçari. O objetivo é afastar a vítima do acusado, uma vez que convivia e dependia financeiramente dele no núcleo familiar.

O Conselho Tutelar e outros órgãos da rede de apoio de Camaçari foram acionados para assistir a garota e sua família.

Homem natural de Santaluz é encontrado morto ao lado de motocicleta às margens da BA-120

Share Button

Acidente aconteceu no trecho da BA-120 entre Santaluz e Valente | Foto: Google Street View/Ilustração

Um homem identificado como Gilberto da Silva Santos, de 53 anos, foi encontrado morto às margens da rodovia BA-120, entre Santaluz e Valente. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) informou que foi acionada na manhã desta segunda-feira, por volta de 8h, após o corpo da vítima ser encontrado ao lado de uma motocicleta. Ainda de acordo com a polícia, moradores disseram ter ouvido um barulho no início da madrugada, e em seguida viram um carro deixando o local. Conforme a PRE, a suspeita é de que o carro tenha atingido a traseira da motocicleta e depois o motorista se evadiu. A moto foi periciada e liberada. A PRE disse que nenhum suspeito foi localizado até a publicação desta matéria. O corpo de Gilberto, que era natural de Santaluz, foi encaminhado para necropsia no Departamento de Polícia Técnica de Serrinha.

Notícias de Santaluz

Com surto em alta, Brasil chega em 4 meses ao mesmo patamar de casos de dengue de todo o ano passado

Share Button

Por g1

Mosquito Aedes aegypti | Foto: Pixabay

Com um surto em alta, o Brasil registrou nos quatro primeiros meses deste ano o mesmo nível de casos de dengue verificados oficialmente em todo o ano de 2021.

Foram 542 mil casos até 23 de abril, segundo dados do Ministério da Saúde divulgados nesta segunda-feira (2). No ano passado inteiro, o Brasil somou 544 mil casos.

O boletim epidemiológico do governo federal aponta um aumento de 113% nos casos da doença na comparação com o ano passado.

Segundo dados do boletim, até 16 de abril, a região Centro-Oeste apresentou a maior taxa de incidência de dengue, com 920,4 casos a cada 100 mil habitantes. Por lá, o destaque negativo fica para o estado de Goiás, que lidera a incidência da doença em todo o país, com 1.366 casos a cada 100 mil habitantes.

O número representa cerca de 5 vezes a incidência nacional (254 casos/100 mil hab.).

Outro destaque fica para as unidades federativas que já superaram o índice absoluto de casos de 2021. Foram elas: Rondônia (5.139), Tocantins (16.846), Maranhão (1.771), Piauí (5.220), Rio Grande do Norte (6.278), Minas Gerais (37.169), Paraná (65.437), Santa Catarina (36.979), Rio Grande do Sul (27.461), Goiás (98.455) e Distrito Federal (29.928).

O estado de São Paulo tem o maior número de casos, com mais de 126 mil registros. Em abril, a cidade de Votuporanga chegou a decretar epidemia de dengue.

Já os municípios que mais registram casos foram Goiânia (31.189), Brasília (29.928) e Palmas (9.080). Além delas, São José do Rio Preto e Votuporanga, em São Paulo, seguem a lista com 7 mil e 6 mil casos, respectivamente.

Mortes

Ainda segundo as informações do Ministério da Saúde, até o momento, foram confirmados 160 óbitos por dengue em todo o país. Os estados que apresentaram o maior número de óbitos foram: São Paulo (56), Santa Catarina (19), Goiás (19) e Bahia (16).

A pasta informou que investiga ainda outros 228 óbitos prováveis pela doença.

Homem é atingido com golpes de facão após discussão em bar na zona rural de Valente

Share Button

Foto: Ilustração

Um homem de 28 anos foi atingido com golpes de facão em um bar localizado no povoado Lagoa de Cima, zona rural do município de Valente, região sisaleira da Bahia, na noite de domingo (1). De acordo com informações da Polícia Militar, que foi acionada para atender a ocorrência, a esposa da vítima relatou que o crime ocorreu após uma discussão. O motivo do desentendimento não foi informado. Conforme a PM, o homem foi socorrido para o hospital da cidade e em seguida transferido para outra unidade em Feira de Santana. O estado de saúde dele é desconhecido. A Polícia Militar disse que fez buscas pela região, mas não encontrou o autor do crime. A corporação informou ainda que orientou a família da vítima a registrar um boletim de ocorrência na delegacia da cidade, que deve investigar o caso.

Notícias de Santaluz

Gasolina sobe 2,35% nos postos em abril, mesmo sem aumento da Petrobras

Share Button

Por Estadão Conteúdo

Foto: Marcelo Brandt/G1

Mesmo sem reajuste pela Petrobras desde o dia 11 de março, o preço médio do litro da gasolina nos postos de abastecimento fechou abril em alta de 2,35% contra o mês anterior, com preço médio de R$ 7,495, segundo dados do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). Já o etanol, concorrente do combustível fóssil, avançou 4,37% se comparado a março, com o litro comercializado em média a R$ 5,936.

“No comparativo com janeiro deste ano, a alta chega a 9% para a gasolina e de 3,1% para o etanol, segundo o último levantamento da Ticket Log. Quando comparamos com um ano atrás, os motoristas brasileiros já estão pagando 31,5% mais caro para abastecer com gasolina e até 30% para o etanol”, destaca Douglas Pina, diretor-geral de Mainstream da Divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil, dona da Ticket Log.

No recorte regional, não houve redução no preço da gasolina e o maior acréscimo do país foi registrado nas bombas do Centro-Oeste (3,44%), que passou de R$ 7,264 para R$ 7,514.

Mesmo tendo a gasolina com o preço médio mais caro de todo o território nacional (R$ 7,584), o litro do combustível no Nordeste avançou 1,65% e foi o menos afetado com as variações de alta. Já os postos da Região Sul comercializam a menor média, a R$ 7,142.

Assim como para a gasolina, nenhuma região apresentou recuo no preço do etanol, mas sim altas que chegaram a 6,54%, como é o caso do Sudeste. Mesmo comercializando o etanol pelo maior preço médio do País (R$ 6,162), a região menos afetada com as altas foi o Norte, com avanço de 1,73%. A menor média para o litro do etanol foi registrada nas bombas do Centro-Oeste, apesar de a região apresentar a maior alta no preço do combustível, de 5,86%.

Nos destaques por Estado, o Distrito Federal registrou o maior aumento do País para a gasolina (4,45%), que passou de R$ 7,437 para R$ 7,768. Porém, o maior preço médio para o combustível foi encontrado nos postos do Piauí, a R$ 8,150. O valor da gasolina fechou em queda na Bahia e o Estado registrou o maior recuo no preço entre os demais (2,58%), com o valor de R$ 7,560 passando para R$ 7,365. Já o menor preço médio foi encontrado no Amapá, a R$ 6,943.

Já São Paulo, apesar de apresentar o menor preço médio do País para o litro do etanol, liderou com a maior alta para o combustível (8,61%) entre todos os Estados, que passou de R$ 4,693 para R$ 5,097. O Pará se destacou com o maior preço médio, a R$ 6,685. Nenhum Estado brasileiro apresentou baixa no valor do etanol.

“O etanol vinha apresentando redução de preço desde dezembro do ano passado. Porém, em março começou a registrar altas e o valor do litro segue em uma disparada que já supera os acréscimos da gasolina”, informou Pina.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia