WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Destaque2’

Datafolha: 41% acham que situação econômica do país vai piorar

Share Button

Por G1

Foto: Mário Oliveira/Secom Manaus

Foto: Mário Oliveira/Secom Manaus

Pesquisa Datafolha divulgada na noite desta segunda-feira (4) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra que 41% dos brasileiros acreditam que a situação econômica do país vá piorar nos próximos meses. Para 28%, ela permanecerá como está, totalizando 69% que consideram que a situação não vai melhorar. Outros 28% acham que haverá melhora.

Os percentuais do levantamento são:

41% acham que a situação econômica do país vai piorar;

28% acham que a situação econômica do país vai ficar como está;

28% acham que a situação econômica do país vai melhorar.

A pesquisa Datafolha foi realizada entre os dias 8 e 10 de dezembro de 2020, com 2.016 pessoas, por telefone. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Os percentuais são semelhantes aos da pesquisa feita pelo instituto em agosto do ano passado:

41% acham que a situação econômica do país vai piorar;

29% acham que a situação econômica do país vai ficar como está;

29% acham que a situação econômica do país vai melhorar.

Em levantamento feito em dezembro de 2019, antes da pandemia de Covid-19, os números foram:

43% acham que a situação econômica do país vai melhorar;

31% acham que a situação econômica do país vai ficar igual;

24% acham que a situação econômica do país vai piorar.

Prefeito que tomou posse vestido de vaqueiro reduz o próprio salário em 92%

Share Button
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Empossado na última sexta-feira (1), o novo prefeito de Jacobina, Tiago Dias (PCdoB) assinou o primeiro decreto, que reduz o próprio salário em 92%, o que vai equivaler ao valor do salário mínimo, ou seja, R$ 1.100 pelos próximos 12 meses. “Primeiro decreto assinado e o local escolhido foi o Construindo o Amanhã. Assumo o compromisso de reduzir o meu salário para um salário mínimo. Estamos em um momento de pandemia e quero fazer a minha parte para trazer dias melhores para nossa cidade”, disse o prefeito, segundo o portal A Tarde. A posse de Thiago Dias foi marcada pela ida do gestor até a Câmara Municipal montado em um boi e vestido com trajes de vaqueiro (lembrar).

Cozinheiro morre após receber descarga elétrica em pousada de Trancoso

Share Button

Por G1 BA e TV Santa Cruz

Foto: Reprodução/ TV Bahia

Foto: Reprodução/ TV Bahia

Um cozinheiro morreu após receber uma descarga elétrica dentro de uma pousada em Trancoso, distrito de Porto Seguro, no sul da Bahia. O caso aconteceu por volta das 20h de sexta-feira (1º), no Quadrado, no Centro. A vítima trabalhava no momento em que o acidente aconteceu. Ele chegou a ser socorrido e levado para um posto de saúde da região, mas não resistiu. Outros funcionários chegaram a sentir a descarga elétrica, mas sem maior intensidade. A pousada, onde também funciona um restaurante à noite, fechou após o ocorrido. O estabelecimento ainda não se posicionou sobre o caso.

Epidemiologista diz que o mundo vai experimentar ‘overdose de sexo’ com o fim da pandemia

Share Button
Foto: Freepik

Foto: Freepik

De acordo com estudos do epidemiologista social Nicholas Christakis, da Universidade de Yale, dos EUA, em 2024 o mundo viverá uma “overdose de sexo, sacrilégios e gastança” com o final da pandemia da Covid-19. “Durante as epidemias, aumenta a religiosidade, as pessoas se tornam mais abstêmias, economizam dinheiro, ficam avessas ao risco e estamos vendo tudo isto agora, assim como aconteceu por centenas de anos durante as epidemias”, explicou ao jornal britânico “The Guardian” o especialista, que está lançando um livro sobre o tema. Para reforçar sua tese, ele fez uma associação com os anos posteriores a 1920, que serviram de resposta à gripe espanhola, que dominou o mundo em 1918. “As pessoas buscarão implacavelmente as interações sociais”, disse Christakis, nomeando a licenciosidade sexual, um reverso da religiosidade e um boom econômico como tendências prováveis.

Conselho de secretários de Saúde diz que há risco de não haver seringas para vacinação

Share Button

Por Folhapress

Foto: Freepik

Foto: Freepik

O presidente do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), Carlos Lula, afirmou nesta quarta-feira (30) que o Ministério da Saúde demorou a se mexer e o país corre o risco de ter vacina, mas não ter seringas e agulhas.

“O ministério demorou muito nesta aquisição, que já era para ter acontecido”, disse Lula. “A gente vai acabar não encontrando porque a gente não tem a produção adequada para essa quantidade de demanda, e isso a gente sabe há meses.”

Nesta terça-feira (30), o ministério realizou um pregão para tentar adquirir 331 milhões seringas e agulhas, mas as negociações fracassaram. A pasta conseguiu fornecedor apenas para 7,9 milhões, menos de 3% do previsto.

O preço cobrado pelas empresas ficou acima do valor estimado pelos técnicos do governo federal, o que frustrou o pregão.

Lula disse que é hora de os técnicos do ministério se reunirem com a indústria nacional para discutir o assunto. “Talvez pontuar a necessidade de a gente não exportar agulha e seringa agora, igual ao que foi feito em relação aos respiradores”, afirmou.

O presidente do Conass defendeu até a requisição administrativa se houver recusa injustificada por parte das empresas em fazer essa entrega ao ministério.

Ele frisou ainda que, a exemplo dos respirados nos primeiros meses da pandemia, a compra de seringas e agulhas deve ocorrer de forma centralizada “e não numa disputa entre os estados e os municípios”.

Em nota divulgada nesta quarta, o ministério afirmou que espera fechar o contrato para o fornecimento das 7,9 milhões seringas e agulhas em janeiro. Esse montante faz parte de um lote de 31 milhões de unidades.

“[A contratação] ainda carece de avaliação da documentação de habilitação técnica, bem como validação da proposta pela área demandante”, informou.

A pasta não comentou o que pretende fazer em relação aos outros três lotes previstos no edital, totalizando 300 milhões seringas e agulhas.

“Os itens 1, 2, e 3 restaram fracassados porque os lances ofertados pelos licitantes ficaram superiores ao preço estimado pelo Ministério da Saúde e mesmo com tentativas de negociação não foi possível chegar ao valor estabelecido”, afirmou.

Lula disse que o Brasil sempre foi referência em programas de imunização. “Infelizmente, a gente acabou ficando atrás na vacinação contra a Covid-19, inclusive em relação ao insumos necessários para que a vacinação ocorra.”

Preso é flagrado por equipe de TV fugindo de cadeia

Share Button
Preso foi flagrado fugindo da cadeia de Guarapuava | Foto: Reprodução/RPC

Preso foi flagrado fugindo da cadeia de Guarapuava | Foto: Reprodução/RPC

Um preso foi flagrado fugindo da cadeia pública de Guarapuava, na região central do Paraná, na manhã desta quarta-feira (30), pela equipe de reportagem da RPC. A fuga ocorreu por volta das 11h. O repórter cinematográfico Eduardo Andrade gravou o momento. Segundo o G1, a equipe de reportagem estava em frente ao Instituto Médico-Legal (IML) da cidade, quando começou uma movimentação na delegacia, localizada ao lado do IML. Segundo agentes do Departamento Penitenciário (Depen), o preso fugiu pela ala onde os detentos tomam sol. O fugitivo foi recapturado pela Polícia Militar e pelos agentes do Depen ainda nas proximidades da delegacia. Ninguém ficou ferido.

Polícia encerra festa com cerca de 700 pessoas na casa de Elba Ramalho em Trancoso; imóvel estava alugado

Share Button

Por G1 BA

Foto: Divulgação/SSP

Foto: Divulgação/SSP

Uma festa particular foi encerrada pela Polícia Militar em um imóvel luxo em Trancoso, distrito de Porto Seguro, no sul da Bahia. O evento, que tinha cerca de 700 pessoas, aconteceu na noite de terça-feira (29), na casa de Elba Ramalho. O imóvel, entretanto, estava alugado para turistas de São Paulo.

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou sobre a situação, mas não revelou o nome do dono do imóvel. Elba Ramalho, no entanto, se posicionou nas redes sociais, informando que a casa é dela, mas que estava alugada desde o dia 25 de dezembro até 4 de janeiro.

“A minha casa está alugada e eu não sabia que estava tendo uma festa nessa proporção. No momento da festa eu estava na igreja, na missa. É chato, porque nós artistas precisamos dar exemplo, eu sou muito responsável com a minha vida e com a vida dos outros. Eu não sei quem vai responder por isso. A polícia parou a festa que estava acontecendo na minha casa, mas não foi uma festa feita por mim, eu não estava presente, eu nem sabia dessa festa”, disse.

Elba informou que sabe quem são os contratantes, mas não tem relação de amizade com eles.

“Eu sei quem são, mas não conheço essas pessoas. É um contrato feito através de uma empresa”, disse.

De acordo com a SSP-BA, a polícia chegou ao local após uma denúncia anônima. O evento, que segundo apuração inicial teve ingresso comercializado através de redes sociais, foi encerrado e o público dispersado.

O responsável pela festa ilegal foi identificado e será apresentado na Delegacia Territorial (DT) de Porto Seguro.

O Governo do Estado publicou um decreto, no início de dezembro, que proíbe a realização de shows e festas na Bahia, independentemente do número de participantes.

Pagamento do auxílio emergencial chega ao fim nesta terça sem previsão para 2021

Share Button

Por G1

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A Caixa Econômica Federal (CEF) paga nesta terça-feira (29) a última parcela do Auxílio Emergencial a 3,2 milhões de pessoas. Isso encerra o calendário de pagamentos do programa, lançado em abril deste ano para apoiar trabalhadores autônomos e desempregados afetados pela pandemia. Ao todo, 68 milhões de brasileiros foram socorridos. Até o momento não há nenhuma indicação de que haverá um novo auxílio em 2021 ou lançamento de um novo programa social ou substituto do Bolsa Família. De acordo com o Ministério da Cidadania, em 2021, só serão efetuados pagamentos resultantes de contestações administrativas e extrajudiciais e de decisões judiciais. Parlamentares seguem defendendo a prorrogação do auxílio por dois ou três meses em 2021, por meio da ampliação do estado de calamidade pública, mas o ministro da Economia, Paulo Guedes, tem reafirmado que o programa irá acabar no final de 2020. Vale lembrar que, ao longo de janeiro, prossegue apenas o calendário de liberação de saques em dinheiro e transferências bancárias para os trabalhadores que até então só puderam movimentar a última parcela do auxílio através do aplicativo Caixa TEM.

Bahia registra 748 casos da Covid-19 em 24h; total chega a 484.485 e mortes somam 9.041

Share Button

Por G1 BA

 Foto: Divulgação/Governo da Bahia

Foto: Divulgação/Governo da Bahia

A Bahia registrou 748 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h, segundo dados divulgados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), na tarde desta segunda-feira (28). De acordo com a secretaria, a taxa de crescimento foi de 0,2% no número de casos e de 0,3% no de pessoas recuperadas da doença (1.330). O boletim epidemiológico ainda contabiliza 30 óbitos, que ocorreram em datas diferentes. O número total de mortes, desde o início da pandemia, é 9.041, o que representa uma letalidade de 1,87%. Segundo a Sesab, são 484.485 casos confirmados desde que a pandemia começou, em março. Desses, 469.734 já são considerados recuperados e 5.710 encontram-se ativos. Até esta segunda, o coeficiente de incidência da doença no estado foi de 3.257,47/100 mil habitantes. Pacientes do sexo feminino são os mais atingidos pela Covid-19 na Bahia (54,58% do casos), seguidos por pessoas do sexo masculino (45,22%) e 0,20% sem informação.

Secretaria de Educação da Bahia solicita ao MEC adiamento das provas do Enem

Share Button
Foto: Carol Garcia/GOVBA

Foto: Carol Garcia/GOVBA

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia encaminhou ofício ao Ministério da Educação (MEC) solicitando o adiamento das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o mês de maio de 2021. As provas, na versão impressa, estão marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e, na versão digital, para 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Esta é a segunda vez que a Secretaria da Educação do Estado envia ofício ao MEC e também ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pela execução do Enem, requerendo a prorrogação da aplicação do exame.

No ofício atual, o secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, aponta o aumento expressivo das taxas de contaminação pelo novo Coronavírus, que teve crescimento recente acentuado em todo território brasileiro. “Entendemos que não é razoável expor milhões de estudantes ao risco de aglomeração e contaminação quando o adiamento das provas – não falamos em cancelamento – terá impactos financeiros e logísticos administráveis e plenamente justificáveis face ao valor incalculável de tantas vidas”, afirmou o secretário.

Jerônimo lembrou também que o quadro de desigualdade econômica, ainda mais evidenciado pelo contexto de suspensão das aulas, coloca em situação de desvantagem os estudantes com menor acesso aos bens de consumo e de cultura e que precisam de mais tempo para a preparação. “Reiteramos todos os argumentos que apresentamos anteriormente ao Inep e ao MEC, notadamente, o incentivo que o Enem representa para os estudantes concluintes da escola pública que sonham ingressar no Ensino Superior. Esta geração já vem sofrendo as consequências, no curto prazo, dessa tragédia mundial e não podemos, como gestores de políticas educacionais, comprometer também suas perspectivas de médio e longo prazos”, acrescentou.

Só na rede estadual de ensino da Bahia, neste ano, 67 mil estudantes se inscreveram para fazer o Enem, segundo informou a Secretaria da Educação do Estado.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia