WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Laboratório Checap drogaria_santana

:: ‘Destaque1’

Jovem é preso e adolescente apreendido com drogas durante ação da PM em Serrinha e Barrocas

Share Button
Mateus foi preso em Serrinha ao ser flagrado com droga que seria entregue em Barrocas | Foto: Divulgação

Mateus foi preso em Serrinha ao ser flagrado com droga que seria entregue em Barrocas | Foto: Divulgação

Mateus Souza Oliveira, de 20 anos, morador da cidade de Barrocas, na região sisaleira da Bahia, foi preso nesta quarta-feira (21) com doze porções de maconha dentro de uma sacola ao desembarcar de um veículo no bairro Urbis, em Serrinha, que fica na mesma região.

Segundo a Polícia Militar, o jovem foi abordado por uma guarnição da Companhia de Emprego Tático Operacional do 16º Batalhão e ao ser questionado sobre a droga afirmou que iria entregar os entorpecentes em uma residência na localidade conhecida como ‘Rua de Baixo’, em Barrocas.

Porções de drogas apreendidas com a dupla | Foto: Divulgação

Porções de drogas apreendidas com a dupla | Foto: Divulgação

Conforme a PM, os policiais foram até o endereço indicado por Mateus e apreenderam um adolescente de 17 anos, que tentou fugir da abordagem e se livrar de uma sacola plástica contendo cinco porções de maconha, mas foi alcançado. A dupla foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil para as medidas cabíveis.

Notícias de Santaluz

Prefeitura de Santaluz amplia oferta de serviços de saúde para moradores da zona rural

Share Button
Foto: Divulgação/Prefeitura de Santaluz

Foto: Divulgação/Prefeitura de Santaluz

Consulta médica, aferição de pressão arterial e atendimento odontológico – com realização de procedimentos como limpeza, aplicação de flúor, restauração e extração, entre outros – foram serviços oferecidos nesta quarta-feira (22) pela Prefeitura de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, aos moradores do povoado Rio do Peixe, marcando o lançamento oficial do projeto itinerante ‘Saúde na Comunidade’.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Santaluz

Foto: Divulgação/Prefeitura de Santaluz

Centenas de moradores do Rio do Peixe e do entorno foram atendidos em duas unidades móveis climatizadas e especialmente equipadas, estacionadas em frente a sede da associação do povoado, onde também ocorreu a marcação de exames e realização de alguns procedimentos.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Santaluz

Foto: Divulgação/Prefeitura de Santaluz

Segundo a administração municipal, a prefeita Quitéria Carneiro idealizou o ‘Saúde na Comunidade’ com a proposta de “facilitar a vida das pessoas, levando atendimento de qualidade aos mais distantes locais do município”. Por meio de nota divulgada nas redes sociais, a prefeitura informou que o projeto conta com um cronograma que seguirá por toda a zona rural.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Santaluz

Foto: Divulgação/Prefeitura de Santaluz

Além da oferta dos serviços de saúde, também é realizada distribuição de sopa durante a ação, por meio do programa ‘Gente Forte’.

Notícias de Santaluz

Santaluz: jogos no Barreirinho abrem a 2ª Copa Integração de Futebol Society Amador neste domingo

Share Button
Mucambinho, atual campeão, e Barreirinho, atual vice da Copa Integração de Futebol Society Amador | Foto: Divulgação

Mucambinho, atual campeão, e Barreirinho, atual vice da Copa Integração de Futebol Society Amador | Foto: Divulgação

A segunda edição da Copa Integração de Futebol Society Amador começa neste domingo (26), em Santaluz, na região sisaleira da Bahia, com a participação de 5 equipes das comunidades de Barreirinho, Mucambinho, Pedra da Minação, Riacho dos Passos e Sítio Novo II, em grupo único. As partidas da rodada de abertura serão realizadas no Barreirinho, quando o time da casa e a Pedra da Minação se enfrentam em jogo marcado para as 15h15. Mucambinho e Sítio Novo II duelam a partir das 16h15. A cada domingo, os jogos serão realizados em uma das comunidades participantes. Organizada pelo desportista Fagno, com apoio da Liga Desportiva Luzense, a Copa Integração terá duas fases. Na primeira, os times farão jogos entre si dentro da mesma chave. Classificam-se os dois melhores, que se enfrentam na grande decisão, prevista para acontecer no dia 30 de junho.

Notícias de Santaluz

Três carros se envolvem em acidente na BA-120, entre Santaluz e Valente, mas ninguém fica ferido

Share Button
Foto: Leitor do Notícias de Santaluz

Foto: Leitor do Notícias de Santaluz

Três carros se envolveram em um acidente nesta quarta-feira (22), no trecho da rodovia BA-120 que liga os municípios de Santaluz e Valente, região sisaleira da Bahia. Segundo o Notícias de Santaluz apurou, o acidente foi provocado por um veículo modelo Fiorino, que trafegava sentido Santaluz e após ultrapassar uma caçamba bateu de frente com um Uno Mille, com placa de Feira de Santana (BA), que seguia na direção contrária. Os dois carros saíram da pista, sendo que o Uno capotou diversas vezes. Um veículo Fiat Toro que vinha atrás não conseguiu parar a tempo e acabou atingido na lateral. Ainda de acordo com as informações apuradas, cinco pessoas estavam nos três carros. Apesar da gravidade do acidente, segundo uma testemunha, houve apenas danos materiais e ninguém ficou ferido.

Notícias de Santaluz

Foto: Leitor do Notícias de Santaluz

Foto: Leitor do Notícias de Santaluz

Foto: Leitor do Notícias de Santaluz

Foto: Leitor do Notícias de Santaluz

Um quinto das famílias brasileiras troca gás por lenha ou carvão

Share Button

Por O Globo

Lares que preparam alimentos com lenha ou carvão já são 14 milhões | Foto: Pixabay

Lares que preparam alimentos com lenha ou carvão já são 14 milhões | Foto: Pixabay

Um quinto das famílias brasileiras já usa lenha ou carvão para cozinhar. São 14 milhões de lares preparando alimentos dessa forma, alta de 27% ou mais 3 milhões de domicílios nos últimos dois anos. No Sudeste a expansão foi maior, de 60%. Os dados são da pesquisa Pnad Contínua, do IBGE. O aumento do desemprego e a alta no preço do botijão de gás explicam esse salto. Entre 2016 e 2018, período contemplado pelo levantamento, o gás de cozinha acumulou alta de 24% e a taxa média de desemprego passou de 11,5% para 12,3%. O Nordeste concentra 35% ou 4,8 milhões dos lares que fazem uso de lenha ou carvão. No Sudeste, onde o salto foi o maior entre todas as regiões, no ano passado havia 2,9 milhões de famílias preparando alimentos dessa forma. Em 2001, o governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB) criou o Vale Gás, programa de distribuição de renda para auxiliar a população mais carente a comprar o botijão. O benefício, porém, foi encerrado em 2008 e incorporado pelo Bolsa Família. Em fevereiro do ano passado, o governo federal, ainda sob o comando de Michel Temer, afirmou que estava estudando medidas para reduzir o preço do gás para as famílias de baixa renda, mas não foi implementada nenhuma ação. No último mês de abril, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o preço do gás de cozinha vai cair pela metade em até dois anos , dentro do plano do governo de fazer um “choque de energia barata”. Para isso, ele afirmou ser preciso “quebrar o monopólio” do refino do petróleo, mercado concentrado nas mãos da Petrobras, e da distribuição do combustível.

Aneel promove reajuste no valor das bandeiras tarifárias da conta de luz

Share Button
Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (21) um reajuste nas bandeiras tarifárias amarela e vermelha, nos patamares 1 e 2. A informação é do G1. Na amarela, o reajuste passou de R$ 1 a R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) – o que corresponde a uma alta de 50%. O patamar da bandeira vermelha 1 passou de R$ 3 para R$ 4 a cada 100 kWh, numa alta de 33,3%, e o patamar 2 da bandeira vermelha, por sua vez, foi de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos, alta de 20%. A cobrança a mais objetiva que a arrecadação com as bandeiras fique o mais próximo possível do valor extra gasto com a geração de energia. Em 2017, a conta da bandeira sofreu um déficit de R$ 4,4 bilhões e, em 2018, o rombo foi de cerca de R$ 500 milhões. Para o diretor-geral da Aneel, André Pepitone, o reajuste evitará que a conta da bandeira tarifária sofra novo déficit em 2019. Esses déficits foram incluídos nos reajustes das tarifas.

Homem esfaqueia ex, invade igreja e mata mais três em Minas

Share Button

Por G1 Triângulo Mineiro

Igreja em Paracatu foi alvo de tragédia na noite de terça (21) | Foto: Ailton Pinheiro/Arquivo pessoal

Igreja em Paracatu foi alvo de tragédia na noite de terça (21) | Foto: Ailton Pinheiro/Arquivo pessoal

Um homem armado invadiu uma igreja evangélica na noite desta terça-feira (21) em Paracatu, região Noroeste de MG, e matou pelo menos três pessoas. Antes da chacina, ele matou a ex-namorada com uma facada no pescoço. De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar, a intenção de Rudson Aragao Guimaraes era matar o pastor do local que, segundo a PM, é casado com a ex-namorada dele, mas conseguiu fugir. Sobre o crime, a Polícia Militar também informou que primeiro o assassino foi até a casa da mãe dele no Bairro Bela Vista, onde estava a ex-namorada. Armado com uma faca ele surpreendeu a vítima com um golpe no pescoço. A vítima chegou a ser socorrida por testemunhas, mas não resistiu. Logo em seguida, o autor pulou a grade de proteção da Igreja Batista Shalom, situada no mesmo bairro, e disparou contra os fiéis que participavam de uma reunião. Na ocasião, foram mortas duas mulheres, de idades ainda não informadas, e o pai do pastor. Os militares chegaram à igreja após atenderem a primeira ocorrência. Eles foram informados de que um homem havia invadido a igreja e se deslocaram. Neste momento uma das vítimas chegou a ser feita refém e os policiais tentaram negociar. Contudo, ele matou esta vítima instantes depois e acabou sendo atingido por um tiro vindo da polícia. O autor foi encaminhado em estado grave para o hospital e permanece internado em estado grave. Ainda conforme a PM, algumas pessoas tentaram invadir o hospital para matar o homem, mas a multidão foi contida.

Convidado de honra, bilionário paga dívidas de todos estudantes que estavam se formando em faculdade

Share Button

Por Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Robert F. Smith possui uma fortuna estimada em quase R$ 20,5 bilhões. (Foto: YouTube)

Robert F. Smith possui uma fortuna estimada em quase R$ 20,5 bilhões | Foto: YouTube

Robert F. Smith, o negro mais rico dos Estados Unidos, fez o anúncio recente de que irá pagar as dívidas estudantis de todos os estudantes da Morehouse College, em Atlanta. O valor estimado a ser doado ultrapassa os R$ 140 milhões. Smith anunciou a doação na frente de todos os estudantes — em sua maioria negros — durante a formatura da turma. O bilionário era o convidado de honra da cerimônia. O ato foi celebrado por importantes personalidades e ativistas da igualdade entre negros e brancos, como o diretor de cinema Spike Lee, em seu Instagram, e a filha de Martin Luther King Jr., Bernice. O bilionário começou sua carreira como engenheiro químico da Goodyear e frequentou a escola de negócios da Universidade Columbia. Mais tarde, ele criaria o Vista Equity Partners, empresa que cria aportes para companhias de software. O negócio é o responsável pela fortuna de R$ 20,5 bilhões de Smith, segundo estima a Forbes. O empresário diz acreditar no ensino como base para o crescimento da sociedade e ascensão de famílias pobres. Além da doação aos estudantes, Smith já investiu R$ 20 milhões no Museu Nacional de História Afro-Americana e Cultura dos Estados Unidos.

Governadores de 13 estados e do DF divulgam carta aberta contra decreto de armas de Bolsonaro

Share Button

Por Andréia Sadi – Repórter da TV Globo e da GloboNews

Foto: Marcos Corrêa/PR

Foto: Marcos Corrêa/PR

Governadores de 13 estados e do Distrito Federal divulgaram nesta terça-feira (21) uma carta aberta contra o decreto de armas, editado pelo presidente Jair Bolsonaro, no começo do mês.

Na avaliação do grupo, o decreto que amplia o direito do cidadão à arma vai aumentar a violência no país.

“Achamos que isso não vai ajudar, pelo contrário. O que aguardamos é sermos chamados pelo governo federal para debatermos a política de segurança pública do país”, afirmou ao blog o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), um dos signatários do documento.

Na carta (veja abaixo), as autoridades de 13 estados e mais o Distrito Federal afirmam que “as medidas previstas pelo decreto não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros. Ao contrário, tais medidas terão um impacto negativo na violência – aumentando por exemplo, a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos – e aumentarão os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias”.

Camilo Santana disse que não há previsão de entrega direta ao presidente Bolsonaro, com quem os governadores do Nordeste estarão reunidos na sexta-feira, na primeira viagem do presidente à região.

Além de Santana, assinam a carta Ibaneis Rocha (DF), Rui Costa (BA), Flavio Dino (MA), Renato Casagrande (ES), Helder Barbalho (PA), entre outros.

Nesta segunda-feira (21), o Jornal Nacional revelou que o decreto de Bolsonaro que regulamenta o uso e porte de armas no país libera compra de fuzil por qualquer cidadão.

O documento permite que as pessoas consigam comprar arma produzida pela Taurus. O Fuzil T4 foi criado em 2017 e se enquadra em novas especificações.

O decreto das armas está em vigor desde o início de maio. Ainda não há um cronograma para regulamentação, mas, desde que foi anunciado, o decreto dividiu opiniões.

O Ministério Público Federal, em Brasília, pediu a suspensão do decreto. Atualmente, existem três ações contra o decreto na Justiça Federal e três no Supremo Tribunal Federal (STF).

Veja a íntegra da carta dos governadores:

Carta dos Governadores sobre o Decreto Presidencial n. 9.785 (07 de maio de 2019) e a Regulação Responsável de Armas e Munições no País

Como governadores de diferentes estados do país, manifestamos nossa preocupação com a flexibilização da atual legislação de controle de armas e munições em razão do decreto presidencial n. 9.785 (07 de maio de 2019) e solicitamos aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da União que atuem tanto para sua imediata revogação como para o avanço de uma efetiva política responsável de armas e munição no país.

Sabemos que a violência e a insegurança afetam grande parte da população de nossos estados e que representam um dos maiores obstáculos ao desenvolvimento humano e econômico do Brasil. Nesse contexto, a grande disponibilidade de armas de fogo e munições que são usadas de maneira ilícita representa um enorme desafio para a segurança pública do país e é preciso enfrentá-lo.

Por essa razão, é urgente a implementação de ações que melhorem a rastreabilidade das armas de fogo e munições durante toda a sua existência, desde sua produção. Também é fundamental aumentar os meios de controle e fiscalização para coibir os desvios, enfrentar o tráfico ilícito e evitar que as armas que nascem na legalidade caiam na ilegalidade e sejam utilizadas no crime. Reconhecemos que essas não são soluções mágicas, mas são condições necessárias para a melhoria de nossa segurança pública.

Diante deste cenário, e a partir das evidências disponíveis, julgamos que as medidas previstas pelo decreto não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros. Ao contrário, tais medidas terão um impacto negativo na violência – aumentando por exemplo, a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos – e aumentarão os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias.

As soluções para reverter o cenário de violência e insegurança no país serão fortalecidas com a coordenação de esforços da União, Estados e Municípios para fortalecer políticas públicas baseadas em evidências e para implementar o Plano Nacional de Segurança Pública e Defesa Social, fortalecendo a prevenção focalizada nas populações e territórios mais afetados pela violência e a repressão qualificada da criminalidade.

Reforçamos nosso compromisso com o diálogo e com a melhoria da segurança pública do país. Juntos, podemos construir um Brasil seguro para as atuais e futuras gerações.

IBANEIS ROCHA

Governador do Distrito Federal

FLÁVIO DINO

Governador do Estado do Maranhão

WELLINGTON DIAS

Governador do Estado do Piauí

PAULO CÂMARA

Governador do Estado de Pernambuco

CAMILO SANTANA

Governador do Estado do Ceará

JOÃO AZEVEDO

Governador do Estado da Paraíba

RENATO CASAGRANDE

Governador do Estado do Espírito Santo

RUI COSTA

Governador do Estado da Bahia

FÁTIMA BEZERRA

Governadora do Estado do Rio Grande do Norte

RENAN FILHO

Governador do Estado de Alagoas

BELIVALDO CHAGAS

Governador do Estado de Sergipe

WALDEZ GÓES

Governador do Estado do Amapá

MAURO CARLESSE

Governador do Estado do Tocantins

HELDER BARBALHO

Governador do Estado do Pará

Lavrador de 51 anos tem pedra de 1,3 Kg e 18 cm retirada da bexiga em cirurgia na Bahia

Share Button

Por G1 BA

Pedra, retirada inteira da bexiga de paciente, pesa 1,3 kg | Foto: Renan Oliveira Barreto

Pedra, retirada inteira da bexiga de paciente, pesa 1,3 kg | Foto: Renan Oliveira Barreto

Um lavrador de 51 anos passou por uma cirurgia em um hospital de Jacobina, na região norte da Bahia, para a retirada de uma pedra de mais de 1,3 Kg e com 18 cm de comprimento que estava na bexiga.

O procedimento ocorreu no Hospital Antônio Teixeira Sobrinho, na segunda-feira (20). O médico que realizou o procedimento, o cirurgião João Cleber Coutiunho, disse que essa é uma das maiores pedras em bexiga já registradas.

O médico afirmou que o paciente relatou que há 10 anos sentia ardência ao urinar e um peso no pé da barriga, mas somente em janeiro ele procurou saber as causas. Exames identificaram um cálculo de 10 cm na bexiga e o paciente, então, foi encaminhado para Salvador, onde foi alertado sobre a necessidade de realização da cirurgia.

O procedimento cirúrgico durou cerca de 1h e, além do médico João Cleber, outros cinco especialistas participaram da operação.

O paciente, que não teve nome divulgado, ainda está internado, mas segundo os médicos, está bem e falando.

O médico explica que as pedras na bexiga geralmente são causadas pela inflamação do órgão. Isso ocorre quando o corpo está desidratado ou a urina está muito concentrada, fazendo com que ela forme cristais na bexiga, que podem acumular ao longo do tempo e criar uma pedra cada vez maior.

Pedra, retirada inteira da bexiga de paciente, pesa 1,3 kg | Foto: Renan Oliveira Barreto

Pedra, retirada inteira da bexiga de paciente, pesa 1,3 kg | Foto: Renan Oliveira Barreto

Outros casos

Em 2017, um americano de 64 anos teve uma pedra de 12 cm removida de sua bexiga. A pedra, de 770 gramas, foi comparada a um ovo de avestruz. Em 2012, um paciente de 43 anos que vinha se queixando de dores urinárias teve uma pedra de 1,025 kg retirada da bexiga em Wuhan, na província de Hubei, na China. A equipe médica ficou surpresa quando descobriu a massa em um raio-X realizado no paciente de 43 anos, que vinha se queixando de dores urinárias. Três anos antes, em 2009, médicos retiraram uma pedra de 2,4 quilos de uma mulher de 40 anos também China.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia