WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Laboratório Checap

rios

drogaria_santana


:: ‘Destaque1’

Escolas da rede estadual terão câmeras de reconhecimento facial, anuncia governador

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O governo do Estado planeja expandir o novo sistema de videomonitoramento inteligente para escolas e unidades de saúde. A previsão, segundo o governador Rui Costa (PT), é de já no mês de janeiro publicar a licitação do pacote de rastreamento, que consiste na instalação de câmeras de reconhecimento facial em “todas as escolas”. “Todo mundo, professor, aluno, servidor, vai ter que registrar sua entrada e a sua saída da escola todo dia pra gente ter segurança de quem está [na unidade escolar] e, ao mesmo, a família ter a segurança de que o filho, de fato, está na escola”, anunciou o governador na manhã desta terça-feira (18). Rui explica que a medida se faz necessária diante do contexto atual em que muitos jovens dizem estar na escola, mas, na verdade, são recrutados por criminosos e a família nem sabe. Esse pacote será lançado em meio à “Rede Governo de Comunicação”, que integra ainda a licitação de rádios com a tecnologia LTE para os policiais. Essa nova ferramenta vai permitir que os agentes possam receber e enviar fotos e vídeos de um criminoso que precisa ser localizado, por exemplo. “Ou seja, a gente pode estar filmando toda a ação policial pra depois divulgar pra imprensa”, exemplifica o petista.

Ação conjunta desarticula esquema de desvio de mais de R$ 100 milhões da saúde na Bahia

Share Button
Foto: Divulgação/MP-BA

Foto: Divulgação/MP-BA

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), deflagrou na manhã desta terça-feira (18), em parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU), Receita Federal do Brasil (RFB) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), a operação ‘Pityocampa’ para desarticular uma organização criminosa responsável por desviar recursos da saúde pública de Feira de Santana. 

Conforme o MP-BA, as práticas geraram para a Administração Municipal, entre 2016 e 2017, um prejuízo de aproximadamente 24 milhões de reais. Entretanto, a estimativa inicial do total de recursos desviados por meio desse esquema supera o montante de R$100 milhões, nos últimos três anos, uma vez que a cooperativa vinha atuando em vários municípios baianos.

A ação cumpre 23 mandados de busca e apreensão contra os profissionais da saúde, empresários e agentes públicos envolvidos no esquema. Outros 10 mandados de prisão temporária estão sendo cumpridos, mas não foram divulgados os nomes dos alvos. Também foram expedidos mandados em Aracaju, São Paulo e Fortaleza.

Foto: Divulgação/MP-BA

Foto: Divulgação/MP-BA

Segundo o MP-BA, a ação é resultado de uma investigação iniciada em 2016 pela Promotoria de Justiça do município, com o apoio do Gaeco. De acordo com os promotores de Justiça responsáveis pela investigação, foi constatado que a cooperativa que fornecia mão de obra na área da saúde recebeu, entre 2007 e 2018, quase um R$ 1 bilhão proveniente de contratos celebrados com diversos municípios baianos e com o Governo do Estado.

Foram identificadas diversas irregularidades nos processos de contratação da cooperativa, como a ausência de projeto básico ou termo de referência, vícios nas cotações de preços para definição do orçamento de referência, cláusulas restritivas no edital e irregularidades na própria condução dos certames, com favorecimento para a cooperativa investigada. Além disso, foi constatada a falta de controle sobre os pagamentos realizados, o que permitiu a ocorrência de superfaturamento.

Foto: Divulgação/PRF

Foto: Divulgação/PRF

Nas investigações do Gaeco da Bahia, verificou-se também fraude nas escalas de plantão de profissionais como médicos, odontólogos e enfermeiros, gerando excedentes financeiros que eram repassados aos integrantes da organização criminosa depois de passar por mecanismo de lavagem de dinheiro, envolvendo transações para “laranjas” e empresas de fachada.

Notícias de Santaluz

Ex-PM suspeito de elo com assassinato de Marielle é preso no RJ

Share Button

 Por TV Globo

Marielle foi morta em março desse ano | Foto: Reprodução/JN

Marielle foi morta em março desse ano | Foto: Reprodução/JN

Policiais da 82ª DP (Maricá) prenderam na manhã desta terça-feira (18) o ex-policial militar Renato Nascimento Santos. Segundo a delegada Carla Tavares, Renatinho Problema, como é conhecido, tem dois mandados de prisão expedidos por homicídio. A Divisão de Homicídios informa que o ex-PM é suspeito de ser um dos ocupantes do carro onde estava o assassino da vereadora Marielle Franco e do motorista dela, Anderson Gomes. Renatinho é apontado como integrante da milícia de Orlando Curicica, citado em delação como o mandante da morte de Marielle. Orlando, que está preso, nega e afirma que foi forçado a assumir a autoria do crime. Renatinho Problema foi pego em Guapimirim, na Baixada Fluminense. Ele é suspeito de integrar milícia e tinha dois mandados de prisão por homicídio e outro por porte ilegal de arma. Outro ex-PM que acompanhava Renatinho foi preso em flagrante por porte ilegal de arma. Quinta-feira passada (13), agentes da Divisão de Homicídios foram às ruas para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão, mas ninguém foi preso. A vereadora do PSOL Marielle Franco e o motorista dela, Anderson Gomes, foram mortos no Estácio, bairro na Região Central do Rio, no dia 14 de março. O caso é tratado como sigiloso pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. A Polícia Federal se ofereceu para assumir as investigações, mas o estado declinou. Do pouco que foi dito das investigações, destacam-se dois momentos: A delação que acusou o vereador Marcello Siciliano e o miliciano Orlando Curicica – ambos negam; A afirmação do secretário de Segurança, general Richard Nunes, de que Marielle foi morta por supostamente ameaçar grilagem de terras da milícia.

Número de novos integrantes do Mais Médicos em atividade na Bahia dobra e chega a 594

Share Button

Por G1 BA

Foto: Karina Zambrana /ASCOM/MS

Foto: Karina Zambrana /ASCOM/MS

O número de novos integrantes do programa Mais Médicos em atividade na Bahia dobrou desde o último balanço parcial divulgado e chegou a 594, segundo informações passadas ao G1, nesta segunda-feira (17), pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Os dados foram contabilizados até as 17h da sexta-feira (14). O prazo para a entrega de documentação foi prorrogado pelo Ministério da Saúde e vai até esta terça (18). Na Bahia, foram ofertadas 853 vagas. De acordo com os dados divulgados nesta segunda pela Sesab, até a última sexta, 717 médicos já tinham se apresentado nas unidades de saúde onde se inscreveram para trabalhar. Contudo, 76 desistiram das vagas, 3 serão remanejados para outras unidades e 44 ainda não tinham começado a trabalhar. Além disso, outros 136 médicos ainda estavam com a entrega de documentos pendente. Em todo o país, segundo o Ministério da Saúde, 2.476 médicos ainda não tinham se apresentado nas unidades de saúde até esta segunda-feira, o que equivale a cerca de 30% do total de inscritos nacionalmente. Das 8.517 vagas oferecidas no primeiro edital, 106 não foram preenchidas, a maioria em distritos indígenas. As inscrições para o programa foram abertas no dia 20 de novembro, com o objetivo de selecionar brasileiros para substituir os médicos cubanos do programa, após Cuba decidir retirar profissionais do país, citando “referências diretas, depreciativas e ameaçadoras” feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro.

Mulher denuncia marido por abuso da própria filha de 9 anos em Serrinha

Share Button
Foto: Portal Clériston Silva

Foto: Portal Clériston Silva

Genivaldo Santana da Paixão, conhecido como ‘Nem’, de 40 anos, foi conduzido à Delegacia Territorial (DT) de Serrinha na manhã deste domingo (16) sob a suspeita de ter abusado sexualmente da própria filha de nove anos de idade. O caso ocorreu na fazenda Guanabara, zona rural do município. De acordo com o boletim de ocorrência, a mãe da vítima contou que havia saído de casa por volta das 10h e, quando retornou, encontrou a porta de um dos quartos fechada. Ao abrir, ela flagrou o esposo sem roupas e a filha vestindo a calcinha e chorando. Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, à mãe, a menina disse que o pai a abusou introduzindo o dedo em suas partes íntimas. A mãe, por sua vez, chamou uma guarnição da Polícia Militar, que conduziu o suspeito até a Delegacia Territorial. A garota confirmou a mesma versão a autoridade policial. 

As informações do Portal Clériston Silva – colaborou o repórter Reny Maia

CDL de Santaluz realiza campanha para renegociação de dívidas no comércio local

Share Button
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O encerramento do ano se aproxima e a inadimplência do consumidor segue em patamares recordes. Dados apurados pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) apontam que o volume de consumidores com contas em atraso e registrados em listas de inadimplentes cresceu 6,03% no último mês de novembro na comparação com igual mês do ano passado. Diante desse cenário, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, realiza neste mês de dezembro a campanha ‘Nome Limpo’, voltada para a renegociação de dívidas em lojas conveniadas à entidade. Segundo o presidente da CDL, Rodrigo Santana, o objetivo é auxiliar as renegociações entre as empresas e os consumidores inadimplentes, possibilitando a liquidação de débitos com excelentes condições. “É uma boa oportunidade para o consumidor sair da inadimplência e começar o ano com o nome limpo. A nossa expectativa é renegociar a maior quantidade possível de dívidas e diminuir a taxa de inadimplência no comércio local”, afirma Rodrigo. “O consumidor com o nome inserido em cadastros de devedores, ou com contas em atraso, deve procurar o estabelecimento onde a dívida foi contraída e aproveitar as excelentes condições que estão sendo oferecidas durante o período da campanha”, explica o presidente da CDL de Santaluz.

Notícias de Santaluz

Homem e filha adolescente são sequestrados em Retirolândia e liberados em Feira de Santana

Share Button
Foto: Ilustração

Foto: Ilustração

Um homem de 31 anos, morador da cidade de Retirolândia, na região sisaleira da Bahia, ficou cerca de duas horas sequestrado junto com a filha, de 16 anos, na noite deste domingo (16). De acordo com a Polícia Militar, a esposa do homem foi até o pelotão local e disse que por volta das 20h30 as vítimas estavam no veículo da família, um carro modelo JAC J3 Turin, quando foram rendidas por dois indivíduos armados na rua Otávio Mangabeira, próximo ao centro de abastecimento do município. Conforme a PM, por volta das 23h30, o homem entrou em contato com a mulher dizendo que ele e a filha tinham sido deixados na cidade de Feira de Santana. Não há maiores detalhes a respeito do caso. A PM disse que orientou as vítimas a prestarem queixa sobre o ocorrido.

Notícias de Santaluz

Jovem é preso por porte ilegal de arma em São Domingos

Share Button
Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Um jovem foi preso por porte ilegal de arma de fogo neste domingo (16) na cidade de São Domingos, região sisaleira da Bahia. De acordo com a Polícia Militar disse que chegou a Victor Emanuel Araújo Pita após receber denúncia anônima informando que um indivíduo com vários hematomas e demonstrando estar assustado havia comprado roupas no centro de abastecimento do município e seguido em direção a uma empresa beneficiadora de sisal. Ainda de acordo com a PM, uma guarnição foi até o local indicado e flagrou o suspeito com um revólver calibre 38, com uma munição intacta. A Polícia Militar informou que no sábado (15) já tinha recebido denúncias de que um indivíduo estaria armado na zona rural entre os municípios de Retirolândia e São Domingos, mas não soube afirmar de que pessoa se tratava. Victor foi encaminhado à delegacia da cidade, onde o caso foi registrado. 

Notícias de Santaluz

Prefeitura de Queimadas cede à pressão popular e reduz taxa da Contribuição de Iluminação Pública

Share Button
Taxa de iluminação pública foi reduzida após apresentação de projeto de iniciativa popular | Foto: Divulgação

Taxa de iluminação pública em Queimadas foi reduzida após apresentação de projeto de iniciativa popular na Câmara Municipal | Foto: Divulgação

A prefeitura de Queimadas, na região sisaleira da Bahia, cedeu à pressão popular e reduziu a taxa de Contribuição de Iluminação Pública (CIP) no município. Em setembro do ano passado, representantes de alguns setores da sociedade protocolaram na Câmara de Vereadores um projeto de iniciativa popular para reduzir a cobrança do imposto de 25% para 3%. O professor Sérgio de Mainar, que participou da mobilização, afirmou que após a entrega da proposta na Câmara o prefeito André Andrade cedeu e enviou à Casa um projeto de reformulação do código tributário do município estabelecendo o percentual de 10% para a cobrança da taxa mensal que é paga no mesmo boleto da conta de luz. “Já tem pessoas recebendo suas contas de energia elétrica com o novo percentual, uma prova inequívoca de que quando se tem uma luta organizada a vitória é certa”, afirma o professor Sérgio de Mainar. Segundo ele, novas mobilizações devem acontecer no ano que vem, visando um novo reajuste da taxa, para ao menos 5%. A reportagem tentou entrar em contato com o prefeito André Andrade, mas as ligações caíram na caixa postal.

Notícias de Santaluz

Orquestra com instrumentos feitos de sisal se apresenta nesta quarta-feira (19) em Santaluz

Share Button
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Depois de se apresentar no município de Tucano, Ichu, São Domingos e Araci, a orquestra Sisaleira chega à Santaluz. O concerto ocorrerá no auditório do Sisal Clube a partir das 18 horas desta quarta-feira (19), durante o Sarau Social promovido pela Prefeitura. A prefeita Quitéria Carneiro e as secretárias Aline Cunha, da Assistência Social, e Maria Lucineide, da Educação, estarão presentes no evento.

A orquestra faz parte do projeto o “Som do Sisal”,  que é um laboratório de investigação técnica e sonora da cultura sisaleira criado em pleno sertão baiano, no município de Conceição do Coité.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Os instrumentos foram construídos nas oficinas de luteria das atividades do projeto Santo Antonio no Bairro Alto da Colina em Conceição do Coité.  Violões, rabecas, cavaquinhos, ukulelês e violinhas, todos com a madeira do sisal, compõem a inovadora e sustentável orquestra. Esses instrumentos que ganharam forma pelas mãos dos professores de Luteria Teo Nascimento e Webson Santana, também vêm recebendo um toque especial da pirografia artística do jovem Artur Ariston.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Tudo começou em 2012, quando o coordenador artístico da Orquestra Santo Antônio, Josevaldo Nim, convidou o estudante de luteria, Webson Santana, para construir instrumentos musicais com sisal, inspirados na violinha de Buriti que é encontrada no povoado de Mumbuca, Jalapão/TO.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O reaproveitamento dos resíduos da cadeia produtiva do sisal já é uma realidade no projeto O Som do Sisal, que agora tem um novo desafio de criar sua primeira orquestra. Para alcançar este objetivo estão acontecendo ações de cooperação, formação e intercâmbio cultural em dez municípios integrantes do território do Sisal. As oficinas de iniciação musical estão sendo ministradas nas cidades de Conceição do Coité, Retirolândia e Valente, e os espetáculos ocorrerão em outras sete cidades como Santaluz, Serrinha, São Domingos, Ichu, Tucano, Teofilândia e Araci. Esses municípios receberão ainda exposições fotográficas.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A criação da primeira orquestra com instrumentos de sisal faz parte dos novos desafios que o grupo Som do Sisal busca. A última ação foi a sua primeira turnê internacional, devolvendo o sisal ao México em forma de música patrocinado pelo Fundo de Cultura, a partir do edital de Mobilidade Artística. (veja aqui). O projeto recebeu prêmios de inovação e empreendedorismo (FAPESB 2015; LAUREATE BRASIL, 2016), e ganhou notoriedade através de reportagens nos programas Como Será? e Aprovado, na Rede Globo (veja aqui).

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Os concertos musicais estão sendo realizados em escolas, espações públicos e culturais com acesso gratuito para o público. O repertório musical é autoral e apresenta a cultura sisaleira nas composições, valorizando e difundindo a história do seu povo. Junto a realização de cada concerto, será montada uma exposição fotográfica que retrate a cultura, a paisagem e a vida do homem sisaleiro. O projeto Orquestra Sisaleira tem o apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura e das Secretarias da Fazenda e de Cultura da Bahia.

Notícias de Santaluz – com informações do projeto Som do Sisal



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia