WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Laboratório Checap drogaria_santana

:: ‘Destaque1’

Jovem morre após confronto com a Polícia Militar em Tucano

Share Button
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um jovem identificado como ‘Alan do Jorro’ morreu após um confronto entre policiais militares da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Nordeste e suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas em Tucano, região sisaleira da Bahia, na noite desta quinta-feira (23). A Polícia Militar informou que uma guarnição foi até o bairro Matadouro Velho após receber denúncia anônima sobre indivíduos armados que estariam comercializando entorpecentes. Os militares foram recebidos a tiros e revidaram, de acordo com a PM. Alan foi baleado e chegou a ser levado para o hospital do município, mas não resistiu aos ferimentos. Ainda segundo a PM, um revólver calibre 32 e uma sacola contendo 23 porções de maconha foram encontrados com ele. O material foi apresentado no plantão regional da Polícia Civil em Euclides da Cunha, onde o caso foi registrado.

Notícias de Santaluz

Foto: Divulgação/PM

Foto: Divulgação/PM

Prefeitura de Santaluz antecipa salários de todos os servidores e paga aumento de 12,84% aos professores

Share Button
Centro Administrativo de Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz

Centro Administrativo de Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz

A prefeitura de Santaluz informou que antecipou para esta sexta-feira (24) o pagamento de janeiro de todos os servidores públicos municipais. Pela lei, o salário poderia ser pago até o quinto dia útil do mês seguinte ao trabalhado, ou seja, dia 7 de fevereiro. No caso dos professores, além da antecipação do salário, que é uma das marcas da gestão da prefeita Quitéria Carneiro, a remuneração de janeiro foi paga com o reajuste de 12,84% do piso salarial nacional do magistério, que passou de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. Na última terça-feira (21), a Confederação Nacional de Municípios (CNM) divulgou nota alertando que cumprir o pagamento com o reajuste tem sido a principal preocupação dos gestores municipais nesse início de ano (lembrar). Por meio de sua assessoria, a prefeita Quitéria Carneiro afirmou que “graças à boa administração e ao controle do gasto público em todos os seus aspectos, tivemos disponibilidade financeira para cumprir mais uma vez nosso compromisso de valorizar os profissionais da educação, pagando o novo piso salarial nacional dos professores já agora em janeiro, o que tem sido uma dificuldade para grande parte dos municípios brasileiros.”

Notícias de Santaluz

Homem é baleado por ex-cunhado durante emboscada na zona rural de Santaluz

Share Button
Homem relatou que foi baleado após emboscada | Foto: Pixabay/Ilustração

Homem relatou que foi baleado após emboscada | Foto: Pixabay/Ilustração

Luiz dos Santos de Jesus, de 31 anos, foi baleado com tiro de espingarda durante uma emboscada na noite desta quinta-feira (23), em uma estrada vicinal no povoado Algodões, zona rural de Santaluz, região sisaleira da Bahia. De acordo com a Polícia Militar, o homem relatou que estava chegando em sua propriedade rural quando foi surpreendido por um ex-cunhado, que o baleou na altura do tórax e fugiu em seguida. Conforme a polícia, Luiz acredita que a separação entre o acusado e a sua irmã teria motivado o crime. A vítima foi socorrida por populares e levada para o hospital da cidade, onde recebeu os primeiros atendimentos, e depois foi encaminhada para outra unidade em Salvador. O estado de saúde do homem é estável. A PM fez buscas pelo acusado, mas não conseguiu encontrá-lo. A Polícia Civil investiga o caso.

Notícias de Santaluz

Mourão assina decreto para permitir militar inativo no serviço público

Share Button
Foto: Antonio Cruz/Ag. Brasil

Foto: Antonio Cruz/Ag. Brasil

O vice-presidente Hamilton Mourão, no exercício da Presidência devido à viagem do presidente Jair Bolsonaro à Índia, assinou nesta quinta-feira (23) um decreto com regras sobre a contratação de militares da reserva para atuar em órgãos federais, informou a assessoria do Palácio do Planalto. Essa é uma das medidas anunciadas pelo governo para reforçar o atendimento nas agências do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e reduzir a demora na concessão de benefícios pelo órgão. Segundo o G1, o decreto foi publicado na noite desta quinta-feira em edição extra do “Diário Oficial da União” e prevê que os militares serão escolhidos em um chamamento público, de modo voluntário – ou seja, sem convocação obrigatória. Quem for chamado vai ganhar 30% adicionais sobre o que já recebe como inativo. O pagamento do adicional é de responsabilidade do órgão, fundação ou autarquia que celebrar o contrato. O prazo máximo de convocação desses militares é de quatro anos. Passado esse prazo, o órgão não pode renovar contrato com aqueles militares, e nem convocar outros: terá que propor uma solução de longo prazo que utilize mão de obra civil. O chamamento ainda dependerá de aprovação prévia dos ministérios da Defesa e da Economia.

Santaluz e mais 6 municípios da região sisaleira passam a integrar subseção da Justiça Federal em Feira de Santana

Share Button
Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

O presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), desembargador Carlos Moreira Alves, decidiu alterar as áreas de jurisdição da seção judiciária da Bahia e das subseções judiciárias de Alagoinhas, Bom Jesus da Lapa, Campo Formoso, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus, Itabuna, Jequié, Paulo Afonso e Vitória da Conquista. A medida passa a valer no próximo dia 3 de fevereiro, com redistribuição dos processos. Com a mudança, os municípios de Queimadas, Quijingue, Retirolândia, Santaluz, São Domingos, Tucano e Valente, localizados na região sisaleira do estado, deixam de integrar as subseções de Paulo Afonso e Campo Formoso, passando a fazer parte da subseção judiciária de Feira de Santana.

Notícias de Santaluz

Veja como vai ficar a reorganização das varas da Justiça Federal na Bahia

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Mulher sem mãos e pernas tem pedido de benefício negado pelo INSS por não poder assinar papel

Share Button
Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Uma mulher sem mãos e pernas teve um pedido de benefício negado por não poder assinar os documentos oficiais que autorizam o pagamento do auxílio pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Porto Velho. Em entrevista ao Jornal de Rondônia 1ª Edição, a ex-sinaleira Cleomar Marques conta que entrou com três pedidos no INSS em 2019, mas todas as solicitações foram negadas. Uma delas porque Cleomar não poderia assinar os papéis. “Uma servidora puxou os papéis e perguntou: ‘quem vai assinar? Você assina?’. Eu disse que não podia assinar, mas sim a minha filha ou minha mãe. A mulher então olhou e disse: ‘ah, então não vale’. Daí ela pegou, rasurou o papel e jogou fora”, afirma. Mesmo com a negativa do INSS, Cleomar fez um novo requerimento para tentar um benefício assistencial à pessoa portadora de deficiência,que também foi indeferido por ela ter uma renda per capita familiar superior a 1/4 do salário mínimo, ou seja, uma média de R$ 238,50. À Rede Amazônica, o INSS informou que a renda foi apurada com as informações do Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais do governo. Em um terceiro requerimento, a ex-sinaleira teve a solicitação de benefício indeferida porque o INSS alegou “falta do período de carência”. Cleomar diz que precisa do auxílio do INSS, pois não pode trabalhar e sua filha fica em casa para ajudá-la na alimentação e banho, por exemplo. Atualmente, mãe e filha dependem de doações para sobreviver. “Olha, é um constrangimento para mim tudo isso. Eu trabalhava, tinha minha vida e agora sou dependente dos outros. É a minha filha, única que mora comigo, que faz tudo para mim”, desabafa.

Baiano que dá aula de jiu-jitsu na China visita Santaluz

Share Button
Foto: Divulgação

Guilherme participou de treino especial em Santaluz | Foto: Divulgação

Alunos da Escola Santaluz Jiu-Jitsu receberam nesta terça-feira (21) a vista de Guilherme Araújo, baiano que mora na China, onde divide a rotina entre atleta e professor de jiu-jitsu. Durante um treino especial, ele fez uma demonstração de técnicas utilizando movimentos de forma dinâmica.

Natural do município de Nordestina, na região sisaleira da Bahia, Guilherme Araújo teve o primeiro contato com a arte suave milenar enquanto servia ao Exército Brasileiro, em Fortaleza (CE). Antes de ir viver na China, ele se mudou para o Rio de Janeiro, onde conviveu durante quatro anos com o mestre Júlio César Pereira, que o levou a realizar seu sonho de ser faixa preta e representar uma das maiores equipes do mundo: a GFTeam.

Foto: Divulgação

Gulherme Araújo (esquerda) e o coordenador da Escola Santaluz Jiu-Jitsu, Herikinho Reis | Foto: Divulgação

“A busca constante pelo conhecimento é um dos fatores que contribuem para que nossa equipe dispute as competições em alto nível. E quando o conhecimento vem de pessoas como o sensei Guilherme, dono de vasta bagagem internacional, eleva ainda mais o nível dessa capacitação. Por isso, ficamos felizes pela oportunidade dada aos nossos alunos-atletas e ainda mais pela consideração demonstrada por ele a mim e ao mestre Vugner”, destaca Herikinho Reis, coordenador da Escola Santaluz Jiu-Jitsu.

Notícas de Santaluz

Homem morre afogado ao tentar atravessar açude na zona rural de Santaluz

Share Button
Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Um homem identificado como Tito Lima dos Santos, de 56 anos, morreu nesta quarta-feira (22) após se afogar em um açude no povoado Várzea da Pedrinha, zona rural de Santaluz, região sisaleira da Bahia. Segundo o Notícias de Santaluz apurou, ele saiu cedo para cuidar dos animais em sua propriedade rural e algum tempo depois foi encontrado morto. Populares consideram que o homem foi surpreendido pelo aumento do nível do açude, que tem acumulado água das chuvas dos últimos dias. Ainda de acordo com populares, a vítima era acostumada a atravessar a represa. O corpo do homem foi retirado da água por populares e deixado às margens do açude. Equipes das polícias Civil, Militar e do Departamento de Polícia Técnica (DPT) foram acionadas.

Notícias de Santaluz

Policiais Civis e Penais aprovam paralisação das atividades por 48 horas a partir de segunda-feira (27)

Share Button
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A Assembleia Unificada dos Policiais Civis e Policiais Penais baianos, realizada na terça-feira (21), no auditório do Sinpojud, em Salvador, aprovou ‘estado de greve’ das duas categorias e paralisação das atividades por 48 horas a partir da próxima segunda-feira (27) em protesto à PEC 159/2020 – reforma da previdência. Segundo o Acorda Cidade, o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (Sinspeb), Reivon Pimentel, explicou os pontos de insatisfação da categoria. “Primeiro a questão da integralidade e imparidade. Foi concedido para os policiais militares e negado para os civis e penais; pensão por morte. Para os policiais militares os familiares vão receber 100% da remuneração do falecido, enquanto nós vamos receber 60%; abono permanência. Hoje o servidor que adquire o direito à aposentadoria, mas resolve permanecer na ativa, tem a devolução integral da sua contribuição previdenciária. O governador nessa nova PEC quer reduzir, então o servidor aposentado que quiser permanecer na ativa vai pagar pra trabalhar”, disse. Conforme a publicação, o sindicalista considera que a PEC é ‘perversa e desigual’. “O governador Rui Costa tratou os iguais com desigualdade. Deu um tratamento para os colegas policiais militares, que é merecido, visto que tantos os policiais penais, civis e militares todos os dias arriscam as vidas para proteger a sociedade. Mas já que fazemos parte do tripé da segurança pública, nós exigimos do governador um tratamento igual”, afirmou.

Aumento do piso dos professores e queda do FPM podem gerar impacto negativo aos cofres municipais, alerta CNM

Share Button
Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

Em um comunicado divulgado nesta terça-feira (21), a Confederação Nacional de Municípios (CNM) alertou para as dificuldades que podem ser geradas pelo aumento de 12,84% no valor do piso nacional do magistério público, o qual passou de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24, para a carga horária de 40 horas. Pelos cálculos da equipe técnica do órgão, o reajuste causará impacto de aproximadamente R$ 8,7 bilhões nos cofres municipais.

A CNM também alertou para a perspectiva real de queda da transferência do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), principal fonte de receita para grande parte das cidades brasileiras, que começaram 2020 recebendo menos recursos que no mesmo período do ano passado.

“Se as estimativas se concretizarem, o primeiro trimestre deste ano será de tendência de queda. A última vez que isso ocorreu foi em 2016”, diz trecho da nota divulgada pela CNM.

Instituído pela Lei 11.738/2008, o piso salarial nacional para os profissionais do magistério público da educação básica deve ser atualizado anualmente, no mês de janeiro. O aumento deve considerar o mesmo porcentual de crescimento do valor anual mínimo por aluno dos anos iniciais do ensino fundamental urbano do Fundeb nos dois exercícios imediatamente anteriores.

De acordo com a CNM, a melhor forma de resolver a questão é adotar o critério de reajuste pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que fechou 2019 em 4,48%.

Notícias de Santaluz







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia