WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Laboratório Checap drogaria_santana

:: ‘Destaque1’

Governo aumenta o preço das loterias; Mega-Sena passará a R$ 4,50

Share Button

Por G1

Bilhetes para apostas nas loterias | Foto: Marcelo Brandt/G1

Bilhetes para apostas nas loterias | Foto: Marcelo Brandt/G1

O Ministério da Economia autorizou a Caixa Econômica Federal a aumentar os preços das apostas das loterias no país. A Mega-Sena, que hoje custa R$ 3,50, passará a R$ 4,50, um aumento de 28,6%. O banco deverá definir a data em que os novos valores entram em vigor.

A portaria que autoriza o aumento foi publicada nesta quinta-feira (31) no Diário Oficial, e foi elaborada pela Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria do ministério.

A última atualização no preço da aposta da Mega-Sena ocorreu em 2015, quando passou de R$ 2,50 para R$ 3,50.

Veja abaixo os novos valores:

Dupla-Sena: a aposta simples, ou mínima, passa de R$ 2,00 para R$ 2,50;

Loteca: a aposta múltipla mínima obrigatória passa de R$ 2,00 para R$ 3,00;

Loteria Federal: a portaria não faz menção se haverá mudança;

Lotofácil: a aposta simples, ou mínima, passa de R$ 2,00 para R$ 2,50;

Lotogol: a aposta simples, ou mínima, passa de R$ 1,00 para R$ 1,50;

Lotomania: a aposta única passa de R$ 1,50 para R$ 2,50;

Mega-Sena: a aposta simples, ou mínima, passa de R$ 3,50 para R$ 4,50;

Quina: a aposta simples, ou mínima, passa de R$ 1,50 para R$ 2,00;

Timemania: a aposta única passa de R$2,00 para R$ 3,00.

O aumento deverá entrar em vigor num domingo ou feriado nacional, após pelo menos 3 dias de propaganda em rádio, TV, jornais e revistas e internet.

A portaria também autoriza a Caixa a, a partir de 2020, fazer reajustes sem necessidade de autorização do governo desde que o percentual seja inferior ou igual à inflação acumulada nos 12 meses desde o aumento anterior. Para reajuste superiores, o banco ainda vai precisar do aval do governo.

Operação de combate à pedofilia e pornografia infantil prende suspeitos em 7 cidades da Bahia

Share Button
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A Polícia Civil cumpriu 19 mandados de busca e apreensão, na manhã desta quinta-feira (31), em operação contra crimes de armazenamento, troca, disponibilização, transmissão e comercialização de imagens e vídeos que contenham cenas de sexo explícito ou pornográficas envolvendo crianças e adolescentes na internet. Doze pessoas tinham sido presas em flagrante até por volta das 8h, nos municípios de Salvador, Alagoinhas, Aratuípe, Baianópolis, Cruz das Almas, Feira de Santana e Simões Filho. A ação faz parte de uma força-tarefa batizada de “Operação Dirty Web”, desencadeada pelo Ministério Público do Estado da Bahia, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco) e a 1ª Promotoria de Justiça de Itamaraju, no sul do estado.

Notícias de Santaluz

Após denúncia, PM encontra casa com 13 pés de maconha em Serrinha

Share Button
Foto: Divulgação/PM

Foto: Divulgação/PM

A Polícia Militar apreendeu pés de maconha em uma casa em Serrinha, região sisaleira da Bahia, nesta quarta-feira (30). Ninguém foi preso. De acordo com a corporação, militares da Companhia de Emprego Tático Operacional (Ceto) do 16º Batalhão chegaram até local após denúncia de que na rua José Sarney, que fica no bairro Vaquejada, havia uma residência abandonada, que funciona como ponto de venda e plantio de drogas.

Foto: Divulgação/PM

Foto: Divulgação/PM

No imóvel, conforme a PM, foram encontrados treze pés de maconha e três porções do mesmo entorpecente, além de 78 pinos e sacos plásticos comumente utilizados para embalar drogas. Todo o material foi encaminhado à delegacia da cidade para as medidas cabíveis.

Notícias de Santaluz

‘Caneta Azul, Azul Caneta’: música criada por vigilante vira meme e é cantada por famosos

Share Button

Por G1

Foto: Reprodução/TV Mirante

Foto: Reprodução/TV Mirante

Publicado no dia 18 de outubro, o vídeo do vigilante e compositor amador Manoel Gomes cantando “Caneta Azul”, música escrita por ele, está prestes a completar 5 milhões de visualizações no YouTube.

Os versos do maranhense sobre uma caneta perdida por ele viraram meme com ajuda da divulgação das redes sociais de famosos. Simaria (da dupla com Simone) e Tirulipa, entre outras celebridades, postaram vídeos cantando a música. E a tal caneta, ele garante, ainda não apareceu.

Wesley Safadão, Pablo do Arrocha e Alok cantaram trechos de “Caneta Azul” em shows recentes.

“Eu ia para o colégio e perdi a caneta azul. Lá no colégio eu perdia uma, perdia outra, aí ninguém me deu a caneta que tava meu registro nela. Eu não achei e, no outro dia, fiz a música”, disse Manoel à TV Mirante, afiliada da TV Globo.

Na segunda (28), ele foi até um cartório registrar a música, em Balsas (MA). Manoel tem 49 anos de idade e diz que compõe desde os 15. São mais 20 letras escritas. “Em breve, estarão todas registradas essas músicas”, garantiu.

Ele também participou do show de Thiago Brava, no sábado (26), em Porto Nacional (TO). “Como que pode uma música tão simples estourar desse jeito? Sucesso está nas coisas simples e a gente querendo dificultar. Manoel tem lágrima na voz”, disse Brava.

“Fiz o show e fiquei muito feliz. Foi para 15 mil pessoas”, comemorou Manoel.

Homem é flagrado com 400 mil euros na mala em aeroporto a caminho da Bahia

Share Button

Por G1

Foto: Polícia Federal/Divulgação

Foto: Polícia Federal/Divulgação

Um homem, de 41 anos, foi autuado em flagrante ao desembarcar com 400 mil euros no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, na Zona Sul do Recife. Com a cotação desta quarta-feira (30), em que um euro valia R$ 4,46, o valor apreendido equivale a aproximadamente R$ 1,78 milhão. A apreensão foi a maior já feita de euros nesse aeroporto, segundo a Polícia Federal. O homem foi identificado como um taxista, morador de Belém. Ele embarcou no Pará, com destino ao estado da Bahia, fazendo conexão em Pernambuco. O dinheiro estava dividido em notas de 50, 100, 200 e 500 euros, segundo a PF. Em depoimento, o homem disse que recebeu orientação de outra pessoa para entregar o montante no Aeroporto de Salvador. Pelo serviço de transporte, o homem disse que receberia R$ 1 mil. Ainda segundo a PF, as investigações continuam para identificar os reais donos do dinheiro, sua origem e destinação. Autuado em flagrante, o homem foi encaminhado à audiência de custódia e liberado para responder ao processo em liberdade, ficando à disposição da Justiça Federal de Pernambuco.

Santaluz: homem perde quase R$ 1 mil após cair em golpe no WhatsApp, depois acha R$ 300 e devolve ao dono

Share Button
Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

O servidor público Frederico Alexandre do Carmo Souza, de 46 anos, morador de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, caiu em um golpe financeiro aplicado via WhatsApp. ‘Fredão’, como é conhecido, conta que no dia 19 de outubro desse ano recebeu uma mensagem de texto supostamente enviada por um amigo, que pedia um empréstimo no valor de R$ 960.

“Ele se passou pelo meu amigo solicitando que eu depositasse o dinheiro na conta de alguém, alegando que o seu limite diário de transferência havia excedido. Me disse que devolveria o dinheiro no mesmo dia. Como fazemos parte de um grupo de ciclismo e estamos fazendo uma compra de uniformes, não suspeitei, pois achei que se tratava disso, e prontamente fiz o que ele pediu”, conta Frederico.

Falsário apagou mensagens depois que Frederico fez depósito de R$ 960 | Foto: Arquivo Pessoal

Falsário apagou mensagens depois que Frederico fez depósito de R$ 960 | Foto: Arquivo Pessoal

Somente depois de ter feito um depósito bancário para uma agência da Caixa Econômica Federal de Mongaguá/SP (2158) Frederico descobriu que, na verdade, a conta do WhatsApp do amigo havia sido clonada.

“O criminoso usou o mesmo número clonado para tentar aplicar o golpe em outros colegas nossos. Descobri que tinha sido vítima de um golpe apenas quando um colega fez um alerta num grupo de WhatsApp, afirmando que a conta do nosso amigo no mensageiro havia sido clonada e que alguém estava pedindo dinheiro em nome dele. Várias pessoas receberam a mesma mensagem. Inclusive, teve um colega nosso que só não transferiu R$ 600 para o criminoso porque o aplicativo da conta bancária travou no momento da transação”, diz Frederico, revelando que entrou em contato com o falsário, mas o criminoso não respondeu e ainda apagou todas as mensagens que tinha enviado anteriormente.

Pagando o mal com o bem

Quando alguém nos faz mal, é comum termos a vontade de ‘pagar na mesma moeda’. Mas Frederico decidiu agir de maneira bem diferente e virou exemplo de honestidade ao realizar uma boa ação.

No último sábado (26), uma semana após ter sofrido o golpe financeiro que levou o equivalente a seu salário de servidor público, ele encontrou R$ 300 reais em uma agência do Bradesco.
“Entrei no banco e percebi que um dos caixas eletrônicos estava contando cédulas. De repente, a máquina liberou trezentos reais. Guardei o dinheiro, pois não sabia de quem era e, por ser um sábado, não havia expediente bancário para que eu pudesse relatar o caso a algum funcionário”, conta.

Frederico devolveu ao dono dinheiro encontrado em terminal de banco | Foto: Arquivo Pessoal

Frederico devolveu ao dono dinheiro encontrado em terminal de banco | Foto: Arquivo Pessoal

Na manhã desta terça-feira (29), Frederico retornou à agência e contou a história ao gerente e identificou o dono do dinheiro. “Ele disse que é um senhor que mora na cidade de Valente. O gerente entrou em contato com ele e depositamos o dinheiro na sua conta bancária. Talvez para muito que passaram pela situação que passei uns dias antes, e com contas para pagar, seria uma oportunidade de compensar parte do prejuízo do golpe, porém eu jamais me igualaria a um ladrão. Se eu precisava do dinheiro que me roubaram, aquele senhor que perdeu os trezentos reais também precisa, e o dinheiro é dele, não meu”, afirma Frederico. Agora, é chamar por Deus e recuperar o prejuízo”, conclui.

Notícias de Santaluz

Menina de 6 anos é atacada por pit bull na Bahia e passa por cirurgia para reconstruir braço

Share Button

Por G1 BA

Foto: Arquivo Pessoal

Foto: Arquivo Pessoal

Uma menina de 6 anos foi atacada por um pit bull na frente da casa onde mora, na cidade de Ipiaú, no sul da Bahia, na terça-feira (29). Emelly Vitória voltava da escola quando foi surpreendida pelo animal, que pertence ao vizinho da família da garota e fugiu de casa no momento em que ela passava na porta do imóvel. Segundo o pai da vítima, Nelson Lopes, a menina foi mordida no pescoço e no braço direito, e, por causa dos ferimentos, precisou passar por três cirurgias. Um dos procedimentos, segundo ele, foi para reconstruir as fibras do braço da garota. “Ela [Emelly] vinha do colégio e quando ela passou a vizinha abriu o portão e o cachorro saiu e foi direto nela”. A menina está internada no Hospital Manoel Novaes, na cidade vizinha de Itabuna, e tem a mãe como acompanhante. Porém, o primeiro atendimento foi dado pelo pai, que é socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Ilhéus. Nelson Lopes estava em casa quando a filha foi mordida e foi chamado pelo outro filho, de 10 anos, que presenciou o ataque. O socorrista conta que precisou apertar o pescoço do cachorro para que ele largasse a menina. Antes de Nelson chegar, foi um homem que passava no local que ajudou a criança. “Tinha um rapaz de bicicleta passando. Ele jogou a bicicleta e foi ajudar. A primeira mordida foi no pescoço, depois desceu para o braço. O pessoal batendo, ele [o cachorro] ficou mais nervoso. Quando eu cheguei, eu tive a iniciativa de apertar a garganta dele. Se eu não chegasse na hora ele iria arrancar o braço dela”. Ainda segundo Nelson, não é a primeira vez que uma criança é atacada pelo animal na rua. Ao menos outros dois casos já teriam ocorrido antes. “O dono do animal falou que vai ajudar com o que precisar. A gente tem amizade, mas vem falando que poderia ocorrer alguma coisa pior, como já aconteceu”. A situação foi registrada na delegacia da cidade. Segundo o delegado Rodrigo Fernando, titular da unidade policial, o proprietário do pit bull pode ser indiciado por lesão corporal culposa.

Bolsonaro é citado em investigação do assassinato de Marielle e caso pode ir ao STF

Share Button
Foto: Marcos Corrêa/PR

Foto: Marcos Corrêa/PR

Uma citação ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) na investigação da morte da vereadora Marielle Franco pode levar o caso ao Supremo Tribunal Federal. Em 14 março de 2018, horas antes do assassinato da vereadora, o ex-policial militar e suspeito do assassinato, Élcio Queiroz, anunciou na portaria do condomínio em que tem casa o presidente, que iria visitar Bolsonaro. O ex-policial militar acabou indo até a casa de Ronnie Lessa, outro ex-PM que é vizinho de Bolsonaro no condomínio Vivendas da Barra e suspeito do crime, segundo informações divulgadas pelo Jornal Nacional nesta terça-feira. O caderno de registros do condomínio informa que, às 17h10 no dia do crime, uma pessoa de nome Élcio com um Logan cor prata anunciou que iria até a casa número 58, que pertence ao presidente Jair Bolsonaro. No condomínio, também mora o filho Carlos Bolsonaro na casa 36. À polícia, o porteiro declarou que ligou para a casa 58. E que uma pessoa que se identificou como “seu Jair” liberou a entrada de Queiroz. O suspeito, no entanto, foi até a casa 66, onde mora Ronnie Lessa. O porteiro, então, telefonou novamente, e o mesmo “Seu Jair” anunciou que sabia para onde ele estava indo. Segundo o Jornal Nacional, a citação a Bolsonaro pode levar a investigação da morte de Marielle ao STF pelo fato de o presidente ter foro privilegiado – na época, ele era deputado federal.

Santaluz: Trilhar Saúde e Aventura convoca assembleia de eleição e prestação de contas

Share Button
Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz/Arquivo

Com o intuito de realizar prestação de contas e eleição da nova diretoria e conselho fiscal (biênio 2020/2021), a Associação Trilhar Saúde e Aventura, que reúne ciclistas de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, convoca os seus associados para participarem de uma assembleia geral ordinária que será realizada no dia 29 de novembro, à partir das 19h, na sede da CDL. Clique aqui e confira a íntegra do Edital de Convocação número 002/2019.

Notícias de Santaluz

4ª Copa Ericson de Handebol reúne equipes de várias cidades em Santaluz

Share Button
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

No sábado (26), Santaluz sediou a quarta edição da Copa Ericson de Handebol. Promovido pelo projeto Handebol Solidário, com apoio da Liga Desportiva Luzense (LDL) e da Prefeitura Municipal, o evento acontece desde 2015 em homenagem ao estudante Ericson Silva Bispo, que faleceu aos 15 anos. Este ano, o torneio reuniu na quadra poliesportiva da Escola Municipal Dulcelita Bahia de Araújo, equipes das cidades de Valente, Jacobina, Andaraí, Itaeté, Serrinha e Tucano, além de Santaluz. “É um evento que organizamos em memória de Ericson, que deixou um legado de amor ao esporte e muitas saudades nos corações daqueles que conviveram com ele”, afirma a idealizadora do torneio e responsável pelo Projeto Handebol Solidário, Luciana Conceição dos Santos, a ‘Nega Lu’.

Notícias de Santaluz







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia