WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Destaque3’

Ator José de Abreu quer mensagens de Dallagnol para provar que procurador agiu como ‘canalha’

Share Button

Foto: Reprodução

O ator José de Abreu, através de seus advogados, vai ingressar com um pedido no Supremo Tribunal Federal (STF) para ter acesso às mensagens hackeadas do procurador da República Deltan Dallagnol.

Nas mensagens, o promotor conversa com colegas e com o ex-juiz Sergio Moro sobre processos da operação Lava Jato, em especial, o do tríplex de Lula. A informação foi apurada e publicada pela coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com a matéria, os advogados Fernando Hideo e Pedro Serrano, querem provar, através das mensagens, que “tudo o que José de Abreu falou sobre Dallagnol, na dimensão da honra objetiva, é verdadeiro”.

O procurador pede na Justiça indenização de R$ 41,8 mil ao artista. José de Abreu já chamou Dallagnol de canalha, bandido sem caráter, vagabundo, verme, bandido da pior espécie, rato, idiota e imbecil, além ainda de associá-lo a uma organização criminosa.

A coluna Painel indica que o pedido será endereçado ao ministro Ricardo Lewandowski, o relator da ação da Operação Spoofing, que apreendeu as mensagens.

Mulher que ganhou o equivalente a R$ 14 milhões na loteria britânica atualmente vive de benefício social

Share Button

Por G1

Callie Rogers torrou a fortuna em drogas, carros, festas e implantes de silicone | Foto: Reprodução/Daily Mail

Callie Rogers, que aos 16 anos se tornou a mais jovem ganhadora da loteria britânica, atualmente vive de benefícios sociais. A informação revelada pelo jornal “The Sun” estava em um processo judicial, em que Rogers foi proibida de dirigir por 22 meses após bater seu carro enquanto usava cocaína. Atualmente mãe de quatro filhos, Rogers tentou fugir da polícia, que precisou usar spray de pimenta para detê-la em uma estrada rural. Segundo o jornal “Daily Mail”, ela também foi condenada a usar tornozeleira eletrônica por 11 semanas e a obedecer um toque de recolher noturno em sua casa. A jovem ganhou 1,8 milhão de libras esterlinas em 2003 (mais de R$ 14 milhões atualmente), mas torrou a fortuna em drogas, carros, festas e implantes de silicone.

Bolsonaro diz a interlocutor que vai se vacinar contra Covid

Share Button

Por Gerson Camarotti – via G1

Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro afirmou a um interlocutor que vai se vacinar contra a Covid-19. Desde que se iniciaram os estudos sobre as vacinas, e os imunizantes começaram a ser produzidos, Bolsonaro afirmou reiteradas vezes que não iria se vacinar e que somente “imbecil” ou “idiota” o criticaria por isso. A decisão do presidente de se vacinar foi vista como uma mudança de comportamento, num momento em que ele tem sido cobrado a dar uma guinada em relação ao enfrentamento da pandemia. Há várias semanas, Bolsonaro vem sendo aconselhado por assessores a fazer um gesto público e se vacinar contra Covid-19. Num primeiro momento, mostrou forte resistência. Mas vem adotando uma mudança de comportamento com o agravamento da situação e o desgaste na popularidade.

Declarado parcial pelo STF em processos de Lula, Moro diz ter ‘tranquilidade’ sobre ‘acertos’ de decisões

Share Button

Por G1 PR

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ex-juiz Sergio Moro disse nesta quarta-feira (24) estar “tranquilo” sobre os “acertos” das decisões judiciais que tomou na Operação Lava Jato.

Na terça-feira (23), por 3 votos a 2, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) declarou em julgamento que o ex-juiz federal agiu com parcialidade ao condenar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá.

Com a decisão, a Segunda Turma anulou todo o processo do triplex, que precisará ser retomado da estaca zero pelos investigadores.

A sentença que condenou Lula continua anulada por outra decisão, do ministro Edson Fachin, que apontou a incompetência da Justiça Federal do Paraná para analisar os processos do petista e tornou sem efeito as condenações pela Operação Lava Jato de Curitiba.

Na nota desta quarta-feira, Moro pontuou que todos os acusados nas ações que julgou pela Lava Jato foram tratados nos processos e julgamentos com o devido respeito, com imparcialidade e sem qualquer animosidade da parte dele.

“Apesar da decisão da segunda turma do STF, tenho absoluta tranquilidade em relação aos acertos das minhas decisões, todas fundamentadas, nos processos judiciais, inclusive quanto aqueles que tinham como acusado o ex-Presidente”, escreveu.

O julgamento que concluiu pela suspeição de Moro, pela Segunda Turma do STF, foi resultado de uma ação impetrada em 2018 pela defesa de Lula.

Petrobras anuncia redução nos preços da gasolina e do diesel

Share Button

Por G1

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Petrobras vai reduzir o preço da gasolina e do diesel nas refinarias a partir desta quinta-feira (25), informou a companhia. É a segunda queda no preço da gasolina este ano e a primeira do diesel. O preço médio de venda da gasolina passará a ser de R$ 2,59 por litro, queda também de R$ 0,11 (-3,71%). O preço do diesel passa a ser de R$ 2,75, queda de R$ 0,11 (-3,85%). A redução no diesel vem após cinco altas consecutivas este ano. Já a gasolina subiu seis vezes antes de ter o preço reduzido na semana passada. Com a mudança, a gasolina passa a acumular alta de 40,76% desde o início do ano, enquanto o diesel subiu 36,14%. Em dezembro, o litro da gasolina custava em média R$ 1,84. Já o do diesel saía a R$ 2,02.

Bolsonaro dá posse a Marcelo Queiroga como ministro da Saúde

Share Button

Por TV Globo

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro deu posse nesta terça-feira (23) para o médico Marcelo Queiroga como novo ministro da Saúde. A cerimônia foi discreta, no Palácio do Planalto, e não constava na agenda do presidente. Queiroga substitui Eduardo Pazuello no pior momento da pandemia de Covid-19, com recordes sucessivos de mortes e contaminações. O Brasil já soma mais de 290 mil mortes pela Covid. Na terça-feira (16), um dia após a sua indicação, Queiroga afirmou que ser preciso “união da nação” para enfrentar a “nova onda” da pandemia. Em pronunciamento, o médico cardiologista defendeu o Sistema Único de Saúde (SUS) e citou a importância das “evidências científicas” em futuras ações da pasta, mas sinalizou que fará uma gestão de continuidade. Em discurso afinado com as preocupações do presidente Jair Bolsonaro, Queiroga se mostrou preocupado com o impacto do novo coronavírus na economia. “É preciso unir esforços do enfrentamento da pandemia com a preservação da atividade econômica”, disse o novo ministro.

Gilmar Mendes arquiva inquérito que investigava Aécio Neves por corrupção em Furnas

Share Button

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o arquivamento nesta segunda-feira (22) de inquérito que investigava o deputado Aécio Neves (PSDB-MG) por envolvimento em supostos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro relacionados ao recebimento de vantagens por empresas contratadas por Furnas Centrais Elétricas S/A. Gilmar atendeu a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). Em manifestação enviada ao STF, a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo afirmou que as investigações não reuniram elementos contra o deputado. A investigação sobre o parlamentar tucano era um desdobramento da Operação Lava Jato. Aécio foi considerado suspeito de ter recebido propinas, por intermédio do ex-diretor de Furnas Dimas Toledo, a partir de dinheiro desviado em contratos com empresas terceirizadas. A defesa de Aécio Neves afirmou, em nota, que o deputado foi vítima de abusos e que o arquivamento “não corrige danos causados” a ele. 

Mais de 60 armas e munições são furtadas de transportadora em SP

Share Button

Por Bom Dia SP

Foto: Divulgação

Mais de 60 armas e munições foram furtadas neste final de semana de uma transportadora em Cajamar, na Grande São Paulo. A Polícia Civil investiga o caso e tenta identificar quem cometeu o furto, além de buscar recuperar o armamento levado. De acordo com policiais ouvidos pela TV Globo, o furto ocorreu entre sábado (20) e domingo (21), quando a transportadora fica fechada sem funcionários. O crime foi descoberto nesta segunda-feira (22), quando os empregados voltaram ao trabalho. Pelo menos 67 pistolas, revólveres e munições foram furtados de dentro da empresa. A investigação busca imagens de câmeras de segurança para saber se elas gravaram a ação criminosa. Não havia informações de quantos criminosos participaram do furto do armamento até a última atualização desta reportagem. Também não foi informado para onde as armas e munições iriam antes do crime.

Ministério Público pede ao TCU para trocar Bolsonaro por Mourão na gestão da crise da Covid

Share Button

Por GloboNews e G1

Foto: Marcos Corrêa/PR

O subprocurador-geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União, Lucas Furtado, pediu nesta sexta-feira (19) ao TCU que afaste o presidente Jair Bolsonaro das funções administrativas e hierárquicas sobre os ministérios da Saúde, da Economia e da Casa Civil.

Não há prazo para o TCU analisar o pedido. Em casos assim, é designado um relator, que pode tomar decisão sozinho ou submeter o pedido ao plenário do tribunal.

Furtado também quer que o TCU reconheça “a legitimidade, a competência administrativa e a autoridade” do vice-presidente Hamilton Mourão para nomear as autoridades responsáveis pelos ministérios.

No documento, o procurador pede ao TCU para: “Determinar cautelarmente o afastamento do presidente da República das funções e competências administrativas e hierárquicas relacionadas ao comando dos Ministérios da Saúde, da Fazenda, da Casa Civil e de outros eventualmente identificados como responsáveis pela inércia e omissão na execução das políticas públicas de saúde no combate à pandemia da Covid-19.”

O procurador argumenta que haverá prejuízo aos cofres públicos se não houver atendimento à população durante a pandemia.

“Não se discute que toda estrutura federal de atendimento à saúde, com recursos financeiros, patrimoniais e humanos, terá representado inquestionável prejuízo ao erário se não cumprirem sua função de atender à população no momento de maior e mais flagrante necessidade. É inaceitável que toda essa estrutura se mantenha, em razão de disputas e caprichos políticos, inerte diante do padecimento da população em consequência de fatores previsíveis e evitáveis”.

Ao G1, ele afirmou que baseou o pedido no Artigo 44 da Lei Orgânica do TCU, segundo o qual:

“No início ou no curso de qualquer apuração, o Tribunal, de ofício ou a requerimento do Ministério Público, determinará, cautelarmente, o afastamento temporário do responsável, se existirem indícios suficientes de que, prosseguindo no exercício de suas funções, possa retardar ou dificultar a realização de auditoria ou inspeção, causar novos danos ao Erário ou inviabilizar o seu ressarcimento.”

No pedido ao TCU, Furtado argumenta que é necessário adotar medidas que induzam a um “nível mínimo de eficácia” a atuação dos órgãos federais responsáveis pelos serviços de atendimento à saúde.

Desde o início da pandemia, Bolsonaro tem contrariado as orientações de especialistas e de autoridades em saúde pública.

Enquanto a Organização Mundial de Saúde (OMS) orienta o isolamento social e o uso de máscaras, por exemplo, o presidente da República participa de aglomerações, é contrário a medidas restritivas e também critica a máscara, contrariando as medidas preconizadas por várias entidades médicas.

Rui Costa rebate Bolsonaro após ação do presidente no STF: ‘Aliado do vírus e da morte’

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Paula Fróes/GOVBA

Horas após a repercussão de uma ação apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Supremo Tribunal Federal (STF) [lembrar] contra os governos da Bahia, Rio Grande do Sul e Distrito Federal, o governador Rui Costa (PT) se pronunciou. Crítico à postura do capitão, o petista ficou indignado com mais essa tentativa de barrar as medidas restritivas no estado.

O governo federal quer que o STF estabeleça que medidas como o fechamento do comércio só possam ser adotadas mediante aprovação de lei pelo Poder Legislativo, e não por decretos, como tem ocorrido.

“Essa ação no STF é mais uma vez a tentativa dele de mostrar que é aliado do vírus, aliado da morte. Está tentando acelerar o número de mortes e a disseminação do vírus no Brasil. Ele vive da crise, do colapso, e como ele é incapaz, incompetente para gerir o país, quer aprofundar ainda mais a crise para tentar polarizar com uma parcela da sociedade”, declarou o governador, em nota enviada à imprensa após pedido dos jornalistas.

Além disso, o governador também reclamou das dificuldades criadas por Bolsonaro em meio ao momento atual, o mais crítico da pandemia em todo o país. “Além de não ajudar, o presidente faz questão de tentar atrapalhar. Infelizmente o presidente não se cansa de dar demonstrações de desprezo pela vida e desprezo pela dor do próximo”, finalizou.

O petista disse que já acionou a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para tomar as providências judiciais necessárias. De acordo com a PGE, a ação ainda não tem relator na Corte e o governo estadual nem sequer foi notificado. Na avaliação da Procuradoria, o STF vai manter as restrições dos estados.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia