WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Laboratório Checap drogaria_santana

:: ‘Destaque2’

Toffoli propõe mudar lei para impedir prescrição enquanto houver recursos

Share Button
Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF

Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, enviou nesta segunda-feira (28) proposta aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre, para impedir a prescrição (quando o tempo máximo para punição pela irregularidade é atingido) até o fim do julgamento de recursos nos tribunais superiores. A proposta é alterar o Código Penal e estabelecer que “enquanto pendente de julgamento os recursos especial (no STJ) ou extraordinário (no STF) ou os respectivos agravos” o prazo de prescrição não será contabilizado. Ao colunista do G1 e da Globo News Valdo Cruz, Toffoli afirmou que Maia e Alcolumbre gostaram da proposta. A alteração legal foi sugerida em meio ao julgamento no Supremo sobre a validade das prisões após condenações confirmadas na segunda instância da Justiça. O placar está em 4 votos a 3 para manter o entendimento que autoriza as prisões e permite os recursos aos tribunais superiores, mas com o réu já preso. Faltam os votos de quatro ministros, e o julgamento será retomado no dia 7 de novembro. Se virar lei, mudança proposta por Toffoli poderia reduzir impactos em eventual decisão do STF que só autorize prisão após o trânsito em julgado, quando não houver mais recursos pendentes. Isso porque evitaria que processos prescrevessem enquanto aguardam análise pelo Supremo ou pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Égua de raça é vendida por R$ 1,075 milhão em leilão no Rio Grande do Sul

Share Button

Por Globo Rural

Foto: Andréia Odriozola/AgroEffetive/Divulgação

Foto: Andréia Odriozola/AgroEffetive/Divulgação

Tudo indica que a crise econômica do país passa distante dos palcos estrelados dos leilões de qualidade e tradição. O martelo continua vibrante. A égua JA Capitu, da raça crioula e colecionadora de títulos, foi negociada por R$ 1,075 milhão no remate da Crioulos JA e Cabanha Mais Um, ambas de São Lourenço do Sul, Rio Grande do Sul, (RS), realizado no domingo (27). “Ela foi Reservada Campeã Potranca Maior em Pelotas 2006, melhor exemplar a Campo do Passaporte de Pelotas 2014. É mãe de JA Impulso, Reservado de Grande Campeão da Expointer 2012, de JA Mate Amargo, Campeão Potranco Maior da Expointer 2015, e de JA Padroeira, Grande Campeã de Pelotas 2018”, afirma o proprietário da JA, José Antônio Anzanello. O faturamento do pregão foi a R$ 4,3 milhões na comercialização de 40 lotes.

Pau Brasil: Grupo armado invade delegacia, solta preso e deixa carcereiro baleado

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Reprodução / Radar 64

Foto: Reprodução / Radar 64

Um grupo armado invadiu a delegacia de Pau Brasil, no sul da Bahia, na madrugada desta segunda-feira (28) e tirou um jovem que estava preso. O detento solto foi identificado como Davi de Jesus Araújo, de 20 anos. Na ação, o único carcereiro identificado como Valfredo foi baleado. O homem foi levado em estado grave para o Hospital de Base, em Itabuna, na mesma região. Não há mais informações sobre o estado de saúde dele. Segundo a delegacia local, o fato ocorreu por volta das 1h40. A suspeita é que o grupo tinha entre seis a sete membros. Eles chegaram até a delegacia e renderam o carcereiro, tomando a chave da cela onde estava Davi. Antes de fugir, o bando atirou no carcereiro e em uma viatura policial. A suspeita é que os acusados atuam no tráfico de drogas da região.

Homem fica gravemente ferido após carro invadir contramão e bater de frente com carreta

Share Button

Por G1 BA

Acidente entre carro e caminhão em rodovia no oeste da Bahia | Foto: Blogbraga/Edivaldo Braga

Acidente entre carro e caminhão em rodovia no oeste da Bahia | Foto: Blogbraga/Edivaldo Braga

Um homem ficou gravemente ferido depois que o carro que dirigia bateu de frente com uma carreta carregada com algodão, na manhã do domingo (27), em um trecho da BR-242, na cidade de Barreiras, no oeste da Bahia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima voltava de uma festa no município e estava a caminho de Luís Eduardo Magalhães, quando perdeu a direção do veículo e invadiu a contramão, em uma região conhecida como Cerradão. Após a colisão, o condutor ficou preso nas ferragens do carro. Ele foi removido do veículo por bombeiros militares, socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para um hospital da região. O carro ficou parcialmente destruído.

Morre o ator e diretor Jorge Fernando, aos 64 anos

Share Button

Por G1 Rio

Jorge Fernando no lançamento da novela 'Êta Mundo Bom', de 2016 | Foto: Globo / Paulo Belote

Jorge Fernando no lançamento da novela ‘Êta Mundo Bom’, de 2016 | Foto: Globo / Paulo Belote

Morreu neste domingo (27), aos 64 anos, o ator e diretor Jorge Fernando. Ele estava internado no Hospital CopaStar, em Copacabana, Zona Sul do Rio. Jorge Fernando era diretor da TV Globo e seu último trabalho aconteceu este ano, na novela das 19h “Verão 90”. Foi o retorno dele após dois anos afastado da TV, tempo em que se recuperou de um AVC. Em nota, o Hospital Copa Star informou que ele morreu após dar entrada no fim da tarde deste domingo, devido a uma parada cardíaca “em decorrência de uma dissecção de aorta completa”. Na Globo, Jorge Fernando dirigiu vários sucessos, como as novelas “Rainha da Sucata” e “Alma Gêmea”. Ator, diretor, escritor e humorista, Jorge Fernando foi um artista completo que ajudou a revolucionar a forma de se fazer televisão no Brasil. Seu primeiro contato com a arte de atuar foi ainda adolescente na escola onde estudava no Méier, Zona Norte do Rio. Na TV, ele estreou como ator em 1978, no seriado “Ciranda, Cirandinha”. Na década seguinte, Jorge Fernando trabalhou em várias produções, mas foi do outro lado das câmeras, como diretor, que ele encontrou sua verdadeira paixão. Desde então, ele dirigiu 34 novelas, minisséries e seriados. Sua estreia como diretor foi em “Coração Alado”, de Janete Clair, em 1980.

Bolsonaro dá agasalho do Flamengo a presidente da China e diz que é ‘o melhor time da atualidade’

Share Button
Presidente da China, Xi Jinping, recebe agasalho do Flamengo de Jair Bolsonaro em Pequim | Foto: Yukie Nishizawa/Pool/AFP

Presidente da China, Xi Jinping, recebe agasalho do Flamengo de Jair Bolsonaro em Pequim | Foto: Yukie Nishizawa/Pool/AFP

Ao lado do presidente da China, Xi Jinping, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (25) que 1,3 bilhão de chineses torcerão pelo Flamengo no fim do mês de novembro, quando o time joga a final da Copa Libertadores contra o argentino River Plate. Bolsonaro também presenteou Xi com um agasalho do clube, que considerou ter o melhor time de futebol do Brasil na atualidade. “O Brasil todo é Flamengo e com toda a certeza 1 bilhão e 300 milhões de chineses também serão Flamengo no final do mês que vem. Então, presenteá-lo com uma camisa do melhor time brasileiro no momento”, afirmou o presidente brasileiro. Em 2018, a população chinesa era de 1.395.380.000 pessoas, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas da China. Bolsonaro é palmeirense e botafoguense, mas já havia aparecido em público com a camisa do Flamengo em junho, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, numa partida contra o CSA. Na ocasião, ele e o ministro Sérgio Moro vestiram as camisas que ganharam de torcedores. A visita à China faz parte de um périplo de Bolsonaro por países da Ásia e do Oriente Médio. Ele também esteve no Japão, onde participou da entronização do imperador Naruhito, e ainda deverá ir aos Emirados Árabes, ao Catar e à Arábia Saudita.

Homem é morto a tiros no velório da tia na Bahia

Share Button
Foto: Reprodução / TV Bahia

Foto: Reprodução / TV Bahia

Um homem morreu e outras duas pessoas ficaram feridas após serem baleadas em um cemitério de Camaçari, cidade da região metropolitana de Salvador, nesta quinta-feira (24). O caso ocorreu no bairro da Gleba H. De acordo com o G1, informações preliminares apontam que a vítima estava no velório da tia, quando os criminosos já chegaram atirando. Ele tentou fugir, entrando no cemitério, mas morreu ao ser baleado. Outras duas pessoas também foram baleadas durante o crime. Não há informações sobre o estado de saúde delas.

Fabrício Queiroz: ‘Tem mais de 500 cargos lá, cara, na Câmara e no Senado. 20 continho caía bem’

Share Button
O ex-assessor Fabrício Queiroz e Flávio Bolsonaro | Foto: Reprodução/Facebook

O ex-assessor Fabrício Queiroz e Flávio Bolsonaro | Foto: Reprodução/Facebook

Oito meses depois de ser exonerado do gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio, o ex-policial Fabrício Queiroz continua sendo consultado sobre nomeações no Legislativo e admite ainda ter “capital político”. O Globo obteve um áudio de WhatsApp, de junho deste ano, no qual o ex-assessor sugere a um interlocutor como proceder para fazer indicações políticas em gabinetes de parlamentares. Procurado pelo Globo, Queiroz admitiu, por nota, que mantém a influência por ter “contribuído de forma significativa na campanha de diversos políticos no Estado do Rio de Janeiro”. Por nota, Flávio Bolsonaro negou que tenha aceitado indicações do ex-assessor e que mantenha qualquer contato com ele desde o ano passado. Queiroz é investigado pelo Ministério Público do Rio por suposta prática da rachadinha — quando os servidores comissionados devolvem parte dos salários. Ele esteve no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio entre 2007 e 2018 e, no período, emplacou sete parentes na estrutura.

Bahia é quarto estado mais caro para morrer, revela estudo

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

A Bahia está entre os estados em que se precisa trabalhar mais dias para pagar um enterro, de acordo com um levantamento divulgado nesta semana. O estudo mostra que o brasileiro deve trabalhar, em média, 39 dias para arcar com os custos de um enterro completo. A depender do rendimento médio no estado, a quantidade de dias varia. Na Bahia, os dados apontam ser necessário trabalhar 54 dias para custear as despesas. A Bahia está atrás apenas do Maranhão (64 dias), Alagoas (56) e Piauí (55). O Distrito Federal foi apontado como a localidade em que se trabalha menos para pagar o enterro: 19 dias. Dados da Associação Brasileira de Empresas Funerárias e Administraras de Planos Funerários (Abredif), indicam que o custo médio de um enterro no Brasil é de R$ 2,5 mil. A entidade também apontou o custo médio de vários componentes de um enterro: caixão (28%) R$ R$ 894,54; transporte (28%) R$ 898,45; velório (15%) R$ R$ 472,46; sepultamento (14%) R$ 433,42; decorações (12%) R$ 369,54; outros (3%) R$ 106,96.

Ativistas jogam tinta preta na entrada do Palácio do Planalto; 19 foram detidos

Share Button
Ativistas jogam tinta preta na frente do Palácio do Planalto, em Brasília | Foto: Carolina Cruz/G1

Ativistas jogam tinta preta na frente do Palácio do Planalto, em Brasília | Foto: Carolina Cruz/G1

Ativistas ambientais do Greenpeace jogaram tinta preta na entrada do Palácio do Planalto, em Brasília, na manhã desta quarta-feira (23). O ato simula as manchas de óleo que, desde setembro, atingem o litoral nordestino. Por volta das 10h30, 19 manifestantes foram detidos. De acordo com o G1, o grupo foi levado para delegacia após o DF Legal – órgão de fiscalização do governo local – notificar os organizadores por descarte irregular de lixo em área pública. Os ativistas foram liberados às 13h. Vestido de preto, o grupo levantou faixas com críticas à “lentidão” do governo federal para conter as manchas nas praias. Os manifestantes posicionaram barris em frente à sede da Presidência da República – simulando recipientes de petróleo – e espalharam areia sobre uma lona azul, para representar o mar. Em seguida, despejaram um líquido preto, mistura de óleo e tinta. Em nota, a Presidência da República afirmou que não vai comentar o ato. O Ministério do Meio Ambiente disse ao G1 que houve “depredação do patrimônio público”. “Não bastasse não ajudar no esforço de limpeza das praias, o Greenpeace ainda depreda patrimônio público.”







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia