WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Notícias’

Santaluz tem 9ª cura de coronavírus, descarta mais 5 casos e confirma três

Share Button
Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

Santaluz, na região sisaleira da Bahia, registrou nesta terça-feira (2) mais uma cura clínica de paciente com Covid-19, aumentando para 9 o número de recuperados. Trata-se de uma mulher, moradora do povoado Nova Campina, que apresentou sintomas da doença após retornar de uma viagem a Salvador.

Ainda de acordo com o boletim divulgado pela prefeitura nesta terça-feira, mais 5 casos suspeitos foram descartados depois de análises feitas pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen).

Três novos casos foram confirmados no município, sendo um por meio de análise laboratorial e dois via testes rápidos. Os pacientes são um homem de 78 anos, morador da zona rural, que está internado em uma ala do hospital da cidade exclusiva para atendimento de pacientes com Covid-19, e duas mulheres, sendo uma de 41 anos e a outra de 73 anos, que estão em isolamento domiciliar. Com a atualização, Santaluz contabiliza 14 casos confirmados da doença.

No boletim desta terça-feira aparece ainda cinco novas suspeitas de infecção pelo novo coronavírus, contabilizando 14 casos sob investigação.

A prefeitura também divulgou a lista das localizações com casos confirmados de Covid-19. De acordo com os dados, o centro da cidade concentra o maior número de pessoas infectadas: são 6. Os bairros Jardim Luzense e Recreio contabilizam 2 casos, cada. Já os bairros Manoel Lima e os povoados Formigueiro, Nova Campina e Serra Branca registram 1 caso, cada.

Notícias de Santaluz

Mulher de 45 anos é o 11º caso de coronavírus em Santaluz

Share Button
Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

O município de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, confirmou neste sábado (30) mais um caso de infecção pelo novo coronavírus. A paciente é uma mulher de 45 anos, que teve o diagnóstico confirmado por meio de exame encaminhado ao Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen). Ela está assintomática e permanece em isolamento domiciliar. Conforme boletim divulgado pela secretaria municipal de Saúde, Santaluz registrou 11 casos positivos de Covid-19 até este sábado, sendo que 7 pessoas já estão recuperadas. O município investiga 18 casos suspeitos e 53 já foram descartados.

Notícias de Santaluz

‘O prefeito de Valente não criou uma estrutura para o combate à Covid-19’, acusa vereador

Share Button
Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias
Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias

O município de Valente registra até o momento 49 casos da Covid-19, com dois óbitos. De acordo como o vereador Lomanto Queiroz (Solidariedade), desde o início, “são inúmeros os erros do prefeito Marcos Adriano (PSDB) no combate à pandemia”.

Segundo o vereador, o prefeito Marcos Adriano participou na terça-feira (26) de uma entrevista a uma emissora de TV, “quando informou que Valente não tem uma estrutura hospitalar preparada para atender os casos da Covid-19 e que ainda busca a compra de equipamentos para montar a estrutura”.

Lomanto Queiroz questiona porque o prefeito não estruturou a cidade desde o aparecimento do primeiro caso. “Nós estamos no ciclo da epidemia, estamos numa alavanca epidemiológica, essa preparação já deveria ter acontecido. E hoje, Valente é o município da região do Sisal com o maior número de casos da Covid-19”, disse.

“O Hospital de Valente está sucateado, a cidade não tem estrutura para receber casos mais graves da Covid-19”, declarou Lomanto Queiroz.

Segundo o parlamentar, era necessário adotar medidas rápidas como Isolamento social verticalizado apenas nos horários de funcionamento do comércio local de bens e serviços essenciais; medidas de bloqueio (barreiras) de forma rígida e com aparelhos medidores de temperaturas desde o início da pandemia, principalmente em pessoas de fora que chegam no município; distribuição em massa de máscaras reutilizáveis (de pano) para todos os munícipes como forma de proteção; testes em massa das famílias em linhas de risco, como pessoas hipertensas, diabéticas e com problemas renais, entre outras iniciativas.

“O prefeito, no início da pandemia se comportava igual a fole de sanfona – não sabia se abria ou se fechava o município. Erros primários foram cruciais para o avanço da pandemia em Valente”, disse Lomanto Queiroz.

As informações são do site Política Livre

OMS suspende testes com hidroxicloroquina contra a Covid-19

Share Button

Por G1

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

A Organização Mundial de Saúde (OMS) suspendeu nesta segunda-feira (25) o uso da hidroxicloroquina em pesquisas que ela coordenava com cientistas de 100 países. A suspensão temporária foi tomada até que a segurança da droga seja reavaliada, já que estudos recentes mostraram que ela não é eficaz contra a Covid-19 e pode aumentar a taxa de mortalidade. A OMS diz que estão mantidos os demais testes dentro da iniciativa internacional batizada de “Solidariedade”. Além do medicamento agora vetado, os pesquisadores ainda avaliam em pacientes o resultados de três tipos de antivirais e de um remédio usado para tratar esclerose múltipla. O diretor-geral da entidade, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que a suspensão foi determinada depois da divulgação dos resultados do estudo publicado na sexta-feira (22) na revista científica “The Lancet”. A pesquisa, feita com 96 mil pessoas, apontou que não houve eficácia das substâncias contra a Covid-19 e detectou risco de arritmia cardíaca nos pacientes que as utilizaram. A OMS já havia anunciado que era contra o uso amplo da cloroquina para tratar a Covid-19. Quando o Brasil passou a orientar que pacientes com quadros leves pudessem usar o medicamento, os diretores da entidade ressaltaram que a droga só deveria ser usada dentro de “ensaios clínicos”, que são os testes dentro de pesquisas médicas. “Os autores reportaram que, entre pacientes com Covid-19 usando a droga, sozinha ou com um macrolídeo [classe de antibióticos da qual a azitromicina faz parte], estimaram uma maior taxa de mortalidade”, afirmou Tedros.

Seguindo medida estadual, prefeitura de Santaluz determina fechamento de todo o comércio nos dias 25 e 26 de maio

Share Button
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Seguindo decisão do governo estadual de antecipação de feriados em Salvador e interior da Bahia, a prefeitura de Santaluz determinou o fechamento do comércio na cidade [inclusive bares e estabelecimentos que vendem alimentos] na segunda e terça-feira, 25 e 26 de maio, respectivamente. O governador Rui Costa definiu que duas datas de comemoração regional, o 24 de junho (São João) e o 2 de julho (Independência da Bahia), serão transferidas para estes dois dias em toda a Bahia. A medida visa reduzir a taxa de disseminação do novo coronavírus no estado. Com isso, a prefeitura de Santaluz editou um decreto autorizando, na próxima segunda e terça-feira, somente o funcionamento de postos de combustíveis, oficinas mecânicas, borracharias, serviços de saúde e emergência, farmácias, distribuidoras de água e gás, padarias e delivery de comidas (almoço, pizza, hambúrguer, entre outros). As empresas que descumprirem o decreto podem ter o alvará de funcionamento cassado e produtos recolhidos.

Notícias de Santaluz

Gerente do Banco do Brasil de Santaluz relata suspeita de tentativa de sequestro

Share Button
Agência do Banco do Brasil de Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz/Arquivo

Agência do Banco do Brasil de Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz/Arquivo

A gerente do Banco do Brasil de Santaluz, na região sisaleira da Bahia, relata ter sido possivelmente vítima de tentativa de sequestro na noite desta terça-feira (5). O Notícias de Santaluz apurou que a mulher contou à polícia que estava saindo da agência junto com um vigilante quando observou uma movimentação estranha de quatro homens encostados em um carro modelo Gol, de cor azul, estacionado em frente ao banco junto ao carro dela. Como medida de segurança, a gerente e o vigilante voltaram para dentro da agência e acionaram a Polícia Militar, mas quando os policiais chegaram os suspeitos já tinham deixado o local em direção à BA-120, pela Avenida Nilton Oliveira Santos. A polícia faz rondas na região e busca imagens de câmeras de segurança que possam ajudar a identificar os suspeitos.

Notícias de Santaluz

Em meio a pandemia, homem é preso por fazer delivery de droga

Por G1

Foto: Polícia Civil do Pará

Foto: Polícia Civil do Pará

Um homem foi preso em Novo Repartimento, no sudeste do Pará, suspeito de realizar serviços de delivery de entorpecentes durante a pandemia de Covid-19 no município.

De acordo com informações divulgadas pela Polícia nesta sexta-feira (24), o suspeito, conhecido na região como “Grande”, foi preso durante uma entrega. O homem foi encaminhado para delegacia e está a disposição da Justiça

De acordo com a Polícia Civil, o homem estava sendo monitorado pela suspeita de atuação no “disk droga”. Ele atendia pedidos de usuários por telefone e entregava entorpecente de motocicleta em pontos da cidade.

O suspeito foi abordado na tarde de quarta (22), enquanto realizava um dos serviços de entrega. Com o homem, foi apreendida a quantia de R$ 4.300,00, além das drogas. Na casa do suspeito, foi encontrado mais R$ 900 em espécie.

Segundo a Polícia, a droga, a motocicleta e o dinheiro foram apreendidos na ação foram encaminhados à Delegacia. O usuário que foi flagrado comprando o entorpecente assinou um termo circunstanciado de ocorrência e responde em liberdade.

Serrinha confirma 4º caso de Covid-19; um paciente já está recuperado

Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

A Secretaria de Saúde de Serrinha, na região sisaleira da Bahia, confirmou na manhã desta segunda-feira (13) mais um caso de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O paciente é um idoso de 85 anos, residente na cidade, que se encontra em isolamento domiciliar. Com este, sobe para 4 o número de casos confirmados no município. Um dos pacientes já está recuperado. A vigilância epidemiológica ainda aguarda o resultado de exame de uma pessoa.

Notícias de Santaluz

Prefeitura de Santaluz e comitê de enfrentamento ao coronavírus decidem ampliar prazo de abertura do comércio

Share Button
Foto: João Garcia/Foto Luz Stúdio/Arquivo

Foto: João Garcia/Foto Luz Stúdio/Arquivo

Uma decisão conjunta da Prefeitura de Santaluz e do comitê local de prevenção e enfrentamento à pandemia do novo coronavírus prorroga, pela segunda vez, a vigência do decreto publicado em 30 de março deste ano que autoriza a abertura do comércio na cidade. As feiras livres e as aulas continuam suspensas em todo o território do município.

Com a prorrogação, todo o comércio pode funcionar desta segunda (13) até a próxima sexta-feira (17), das 8h às 18h.

Entretanto, apenas estabelecimentos considerados essenciais poderão ficar abertos de segunda-feira até o domingo (19), durante todo o dia, respeitando os critérios da lei municipal que regulamenta o funcionamento do comércio aos domingos e feriados.

Para todo comércio, a abertura é condicionada a uma série de regras, como restringir o acesso de clientes para evitar aglomerações e fazer a higienização dos estabelecimentos, além de disponibilizar aos clientes e funcionários álcool gel e outros meios eficazes de higienizar as mãos.

Os estabelecimentos comerciais também devem criar mecanismos para evitar a formação de filas. Caso haja necessidade, um funcionário do estabelecimento deve fazer o controle sempre atendendo ao distanciamento de 2 metros entre as pessoas.

De acordo com a prefeitura e o comitê de contingenciamento, o quadro do novo coronavírus é dinâmico com constantes atualizações diárias e, portanto, as medidas podem ser estendidas novamente ou até mesmo revogadas, dependendo da situação epidemiológica no município.

Santaluz descartou nove suspeitas de Covid-19 desde o começo do monitoramento. Nenhum caso positivo da doença foi registrado na cidade até este domingo (12).

Agentes dos departamentos de Vigilância Sanitária e Epidemiológica e demais equipes das secretarias da Saúde, da Educação, da Assistência Social e de outros setores da administração municipal atuam rotineiramente realizando ações de combate e prevenção ao novo coronavírus.

Notícias de Santaluz

Sírio-Libanês proibiu presença de médicos da rede em reunião com Bolsonaro sobre cloroquina

Foto: Isac Nóbrega/PR

Foto: Isac Nóbrega/PR

Os médicos do Hospital Sírio-Libanês foram proibidos de participar da reunião realizada nessa quarta-feira (10) com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O veto partiu da alta cúpula da rede, que possui unidades em São Paulo e Brasília. Segundo informações do blog de Bela Megale, no jornal O Globo, os gestores avaliaram que ainda é prematuro tecer qualquer conclusão sobre o uso da cloroquina em tratamentos para coronavírus, pauta da reunião. O presidente vem defendendo a efetividade do remédio, mesmo que sem comprovação. Junto com o Hospital do Coração e o Hospital Albert Einstein, o Sírio-Libanês tem realizado uma pesquisa sobre a eficiência da medicação, com a participação de 1.400 pacientes de 70 hospitais de todo Brasil. Mesmo assim, em entrevista à coluna, o médico Luciano Cesar Pontes de Azevedo, um dos coordenadores da pesquisa e funcionário do Sírio, ressaltou que vai demorar “ao menos dois meses” para que se chegue a uma conclusão.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia