WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Notícias’

Geddel pede ao STF para parcelar multa de R$ 1,6 milhão em 20 vezes

Share Button
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A defesa do ex-ministro Geddel Vieria Lima (MDB) entrou com pedido no Supremo Tribunal Federal para parcelar a multa de 1.590 salários mínimos imposta pela Corte no dia 22 de outubro do ano passado. Segundo a coluna Satélite, do jornal Correio, a multa, em valores atualizados, chega a aproximadamente R$ 1,6 milhão. Geddel foi condenado a 14 anos e 10 meses de prisão por lavagem de dinheiro no caso referente ao bunker de R$ 51 milhões descoberto pela operação Lava Jato em um apartamento no bairro da Graça em Salvador. A defesa solicitou o pagamento em 20 prestações, mas, ainda de acordo com a coluna Satélite, não menciona a pena em que Geddel foi condenado a pagar também R$ 52 milhões por danos morais coletivos. O relator do caso, ministro Edson Fachin, pediu que a Procuradoria-Geral da República se manifeste sobre o caso. O ministro condicionou a concessão do regime semiaberto para Geddel ao pagamento da multa e dos danos morais. O pedido de parcelamento foi feito, segundo a coluna, pelo advogado Roberto Podval, que não consta na relação de profissionais responsáveis pela defesa de Geddel no caso do bunker, mas é famoso por representar políticos e empresários implicados na Lava Jato e em casos de corrupção, como o ex-ministro petista José Dirceu e o governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

Anvisa suspende retenção de receita para venda de ivermectina e nitazoxanida

Share Button
Foto: Prefeitura de Itajaí/Divulgação

Foto: Divulgação

A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) revisou, nesta terça-feira (1), a exigência de retenção de receita médica para os medicamentos Ivermectina e Nitazoxanida. A decisão vale a partir da publicação no Diário Oficial da União. De acordo com a Anvisa, a ação faz parte do monitoramento constante de substâncias sujeitas a controle em virtude da emergência de saúde pública de importância internacional relacionada ao novo coronavírus. Ainda segundo a Anvisa, a alteração foi adotada visando garantir o acesso da população ao tratamento de verminoses e parasitoses bastante conhecidas e bem significativas, já que os medicamentos, no momento, não se encontram sob ameaça de desabastecimento de mercado. A decisão considera ainda que a Ivermectina e a Nitazoxanida já são de prescrição médica e não vêm sendo utilizados em doenças e pacientes crônicos.

Notícias de Santaluz

Santaluz tem quinze novos casos positivos e mais oito pessoas curadas da Covid-19

Share Button
Lavar as mãos é uma das principais formas de prevenção ao coronavírus | Foto: Pixabay

Lavar as mãos é uma das principais formas de prevenção ao coronavírus | Foto: Pixabay

Santaluz registrou nesta terça-feira (1) mais quinze diagnósticos positivos de contaminação pelo novo coronavírus. São cinco paciente do sexo masculino e dez do sexo feminino, com idade entre 08 e 76 anos, residentes no centro da cidade (5), nos bairros Loteamento Brasil (2), Manoel Lima (1), Jardim Luzense (1), Nova Esperança (1), Castro Alves (1), São Pedro (1), nos povoados Rose (1), Barreirinho (1) e Tanque do Simão (1). Com a atualização, a cidade passa a contabilizar 470 confirmações de Covid-19 desde o começo da pandemia, das quais 355 pessoas já se recuperaram – entre elas dois homens e seis mulheres, com idade entre 22 e 82 anos, que tiveram alta clínica nas últimas 24 horas. O município agora tem 104 casos ativos da doença e investiga 85 suspeitas.

Notícias de Santaluz

Empresa brasileira vai produzir ventilador pulmonar desenvolvido pela Nasa

Foto: Agência Petrobras/Reprodução

Foto: Agência Petrobras/Reprodução

Uma parceria da empresa de medicamentos brasileira Russer e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) vai permitir a produção de ventiladores pulmonares a partir de um projeto desenvolvido pela Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa). O equipamento é utilizado no tratamento de pacientes da covid-19, em quadros mais graves que precisam de apoio para garantir a respiração. A homologação na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foi obtida na semana passada. Inicialmente, a Russer deve produzir 300 ventiladores pulmonares por mês. Ainda não há previsão de quando o produto estará no mercado. Segundo do diretor geral do Senai, Rafael Lucchesi, a vantagem do respirador é seu preço. Enquanto no mercado a média de preço está entre R$ 50 mil e R$ 60 mil, este deverá custar R$ 20 mil. Além do preço, o projeto vai ampliar a produção nacional desse equipamento. “É uma vantagem robusta e vai ter uma cadeia nacionalizada de componentes e isso é importante para a produção”, disse Lucchesi à Agência Brasil.

Idoso é encontrado morto às margens de estrada na zona rural de Santaluz

Share Button
Foto: Reprodução

Corpo foi retirado do local em ambulância | Foto: Reprodução

Um homem de 77 anos foi encontrado morto às margens de uma estrada vicinal nas imediações do povoado Alagoinhas, zona rural de Santaluz, região sisaleira da Bahia, na manhã desta sexta-feira (28). De acordo com informações da Polícia Militar, o corpo não apresentava sinais de agressão e uma médica que esteve no local atestou o caso como morte natural. O corpo foi encaminhado ao hospital em uma ambulância, e os parentes do idoso foram orientados pela polícia a providenciar velório e enterro.

Notícias de Santaluz

Itens que não podem ser deixados de lado no contrato de aluguel de um imóvel em Feira de Santana

Share Button
Foto: Pixabay

Foto: Pixabay

Quando uma pessoa está prestes a assumir uma casa para alugar em Feira de Santana, muita coisa deve ser pensada e colocada num contrato firmado por ela e pelo dono do imóvel, exatamente para resguardar ambos os lados de qualquer problema futuro. O contrato precisa ser o mais detalhado possível, e deve conter exigências e pedidos dos dois lados, assim como o preço da locação, direitos e deveres do inquilino e do dono, requisitos para o proprietário pedir o imóvel de volta antes do término do contrato, e várias outras questões relacionadas ao aluguel. Nunca se deve assumir um compromisso do tipo sem um contrato, porque isso pode acabar te complicando legalmente no futuro.

O mercado imobiliário está passando por um momento complicado na atualidade, sendo que a crise econômica vem deixando as relações entre locador e locatário um pouco tensas, às vezes. Com muita gente perdendo o emprego e tendo dificuldade de pagar o aluguel por conta disso, fazer um contrato para resguardar o direito do dono nunca foi tão importante. Óbvio que esse é um momento difícil para todo mundo, ainda mais com a eclosão da pandemia do coronavírus, que só fez deixar as coisas ainda mais complicadas. Por isso, fazer um contrato é importante para sistematizar todas as informações, além de não deixar margem para nenhum tipo de mal entendido futuro.

No processo de firmar o compromisso com o dono de um apartamento para alugar em Feira de Santana, o contrato é imprescindível para te dar garantias e preservar os seus direitos. No texto, devem constar a condição financeira do inquilino, assim como do seu fiador (caso tenha um), informações de contato, e sem esquecer das obrigações do locatário para com a preservação do imóvel. Alguns itens são mais importantes do que outros e mais urgentes de serem colocados em contrato, e é exatamente sobre eles que o nosso artigo trata. Sendo assim, confira abaixo uma série de itens que não podem ser deixados de lado no contrato de aluguel de um imóvel.

Preço do aluguel
A quantia que será paga todo mês ao locador, deve ser expressamente definida no corpo de texto do contrato. Ele deverá ser acordado entre as duas partes, de modo que ambas fiquem satisfeitas com o resultado. Além disso, é preciso especificar de que maneira os pagamentos serão feitos, já que isso ajudará a não ter nenhuma confusão. Assim, as datas em que os pagamentos serão realizados, os prazos até não ser preciso aplicar multa e possíveis descontos, deverão ser informados no contrato. Algumas taxas extras que podem ser necessárias, como obras no condomínio e fundo de reserva, por exemplo, são de responsabilidade do dono do imóvel.

Estado do imóvel
Deve-se colocar no contrato, um relatório sobre a vistoria no imóvel antes dele ser entregue ao locatário, para assim saber como estava o seu estado de conservação e todos os detalhes envolvidos. O imóvel deve apresentar boas condições, tendo todas as suas imperfeições listadas, como marcas nas portas, amassos em armários, estado ruim da pintura, dentre outros. Isso é importante constar no contrato, porque todos esses detalhes serão revistos na vistoria de quando o imóvel for entregue, analisando possíveis danos ocasionados pela estada do inquilino. Caso isso tenha acontecido, o locatário será responsabilizado e terá que arcar com as despesas para consertar todas as avarias.

Dados do dono e do inquilino
No contrato de aluguel, precisa estar constado todos os documentos importantes de ambas as partes, a fim de que tudo fique bem claro. No contrato, é preciso informar o nome completo do dono e do inquilino, o número de CPF dos mesmos, o endereço residencial da pessoa no momento em que ela está assinando o contrato, a assinatura dos dois e o estado civil. No caso de o locatário estar casado no momento, os documentos do parceiro também devem estar relacionados no contrato.

Para a assinatura do contrato, também é possível que o locador exija um comprovante de renda, de pelo menos 3 vezes o valor do aluguel. Em casos em que foi solicitado um fiador ou um cheque caução, esse comprovante pode ser dispensado pelo dono.

Dados do fiador
Em alguns casos em que o locador necessite de mais garantias do que o simples contrato, a presença de um fiador na negociação pode ser solicitada. Todos os dados sobre a renda e informações de contato necessários para o locatário, serão pedidos também para o fiador, para que assim o dono ou o corretor possa entrar em contato com ele, caso ocorra inadimplência por parte do inquilino. Achar um fiador nem sempre é fácil, mas alguém de confiança e que sabe que você é responsável sempre é possível de ser encontrado.

Multas
A existência da possibilidade de haver multas, é a responsável muitas vezes por ambos os lados andarem direitinho na linha. Primeiro, o tempo de vigência do contrato deve ser especificado no texto, assim como as condições em que a rescisão será feita, caso ela seja solicitada. O inquilino tem o direito de pedir para deixar a casa, mediante o pagamento da multa estabelecida por quebrar o contrato antes do prazo.

O dono do imóvel também tem o direito de pedir para o locatário sair da casa, desde que ofereça 90 dias para que ele encontre uma nova residência. Nesse caso, o dono não precisa pagar uma multa rescisória. Caso o proprietário queira vender o imóvel, o inquilino sempre terá a preferência. Além de tudo isso, é sempre importante registrar as informações sobre o reajuste do aluguel, bem como os índices que serão utilizados para calcular tal reajuste.

Para você que curtiu o nosso artigo sobre os itens que não devem ser deixados de lado no contrato de aluguel de um apartamento, fica aqui o nosso convite para voltar ao nosso site e ler mais alguns dos nossos posts. Você não irá se arrepender!

Artigo escrito por Matheus Coelho

Santaluz: homem e mulher são feridos com golpe de facão durante confusão em bar

Share Button
Foto: Ilustração

Foto: Ilustração

Um jovem identificado como José Nedson Oliveira Ramos Júnior, de 22 anos, foi ferido com golpe de facão em Santaluz, região sisaleira da Bahia, na noite deste domingo (23). De acordo com a Polícia Militar, a agressão aconteceu durante confusão em um bar. O jovem foi levado para o hospital da cidade, onde levou pontos na mão esquerda. Em seguida foi transferido para o Hospital Geral do Estado, com quadro de saúde estável. De acordo com relatos de populares, uma mulher que é ex-companheira do agressor também teria sido atingida na mão, o que lhe causou um ferimento leve. O agressor, identificado como Robson, que teria agido por ciúmes da ex, fugiu do local e não foi encontrado, conforme a polícia.

Notícias de Santaluz

Cerca de 100 cabeças de gado morrem após frio de 9°C em Mato Grosso

Share Button
Foto: Arquivo pessoal

Foto: Arquivo pessoal

A chegada da massa de ar frio que derrubou as temperaturas em todo o país causou prejuízo para os pecuaristas de Mato Grosso. No município Reserva do Cabaçal, a 412 km de Cuiabá, cerca de 100 cabeças de gado morreram na madrugada de sábado (22), conforme levantamento preliminar feito pelos próprios fazendeiros em um raio de 5 km.

Os termômetros marcaram 9°C, mas, segundo relatos de fazendeiros da região, a sensação térmica chegou a 0°C durante a madrugada.

O pecuarista Amauri Nazaro contou ao G1 que cria touro reprodutor da raça nelore. Somente na fazenda dele foram encontrados 12 animais mortos e outros oito debilitados. Até agora, o prejuízo é de R$ 150 mil. Para tentar reanimá-los, o proprietário está aplicando medicamentos, no entanto, ele acredita que mais cinco devem morrer.

“A gente ouve muito falar que na propriedade de ‘fulano’ morreu um em outra dois. Tem muita gente também que nem sabe, porque isso nunca aconteceu aqui, nunca teve isso aqui”, contou.

Na propriedade do prefeito Tarcisio Ferrari, cerca 27 cabeças de gado morreram com o frio. Na fazenda de outro vizinho de Amauri foram encontrados 21 animais mortos e outros também debilitados. “Morreram os mais novos, pois a propriedade é plana e o gado fica exposto ao vento”, disse Amauri ao G1.

O pecuarista contou ainda que em outra propriedade dele não ocorreu mortes, pois o gado estava protegido com a mata fechada. “O gado se abrigou na mata. Creio que a mata é um refúgio bom para frio”, disse.

Neste domingo (23), as temperaturas na região voltaram a subir. A mínima foi de 12°C e a máxima de 33°C, conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Para segunda-feira (24) a mínima é de 16°C e a máxima de 36°C.

Prefeitura de Santaluz renova decreto que regulamenta funcionamento do comércio, mas ainda não descarta novo lockdown

Share Button
Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

A Prefeitura de Santaluz renovou nesta sexta-feira (21) o decreto que regulamenta o funcionamento dos estabelecimentos comerciais no município durante a pandemia do novo coronavírus. As medidas agora têm validade até 23h59 do dia 31 de agosto.

De acordo com o documento, todo o comércio varejista e de atacado está autorizado a funcionar de segunda a sexta-feira, das 5h às 18h, inclusive bares, restaurantes e lanchonetes. Aos sábados, somente serviços essenciais podem funcionar.

Já no domingo, fica determinado o fechamento de todo o comércio da cidade, exceto farmácias, clínicas médicas, funerárias, padarias e postos de combustíveis. Restaurantes e lanchonetes, no entanto, continuam podendo realizar entregas por meio do serviço de delivery nos finais de semana.

Comércios com área de atendimento acima de 100m² permanecem sendo obrigados a medir a temperatura das pessoas, com termômetro infravermelho, antes da entrada nos estabelecimentos. Em caso de constatação de temperatura superior a 37,7 graus, o estabelecimento deve informar o caso imediatamente à VIEP.

Segundo fontes consultadas pelo Notícias de Santaluz, apesar da renovação do decreto que flexibiliza a abertura do comércio na cidade, o Comitê Municipal de Enfrentamento e Prevenção ao Coronavírus e a Prefeitura ainda não descartam a possibilidade de voltar a implementar medidas mais rígidas como o lockdown, caso o número de diagnósticos positivos de Covid-19 não se estabilize nos próximos dias.

Até a manhã desta sexta, Santaluz havia registrado 359 casos confirmados da doença, com 270 curas clínicas e dez mortes. Havia 79 casos ativos.

Notícias de Santaluz

Prefeitura de Santaluz investe R$ 1,5 milhão e entrega UBS e Complexo de Saúde da Mulher

Share Button
Foto: Notícias de Santaluz

Centro de Atendimento à Mulher foi inaugurado nesta sexta-feira | Foto: Notícias de Santaluz

Com investimento superior a R$ 1,5 milhão em recursos próprios do município, foram entregues nesta sexta-feira (14), pela prefeita de Santaluz, Quitéria Carneiro, junto com os secretários municipais Jamile Sena, da Saúde, e Wellington Goes, da Infraestrutura, a Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro São Pedro e o Centro de Atendimento à Mulher (CAM).

Foto: Notícias de Santaluz

Prefeita Quitéria é homenageada durante entrega de unidade de saúde | Foto: Notícias de Santaluz

Devido ao período de distanciamento social por conta da pandemia do novo coronavírus, as solenidades, realizadas sem a presença de público, foram transmitidas ao vivo pela internet, nas páginas oficiais da prefeitura, para evitar aglomeração. As unidades, no entanto, funcionaram logo após a entrega, com atendimento clínico geral, vacinação e fisioterapia.

Foto: Notícias de Santaluz

Unidade Básica de Saúde inaugurada no bairro São Pedro | Foto: Notícias de Santaluz

Construída em um ponto que favorece a conexão com outros localidades, a UBS do bairro São Pedro conta com uma equipe multiprofissional composta por médico, enfermeiro, técnico em enfermagem e fisioterapeuta, além de agentes comunitários de saúde.

Cerca de R$ 314 mil foram investidos no equipamento, que fica em frente a uma praça com área de lazer e academia de saúde, também entregue nesta sexta-feira.

Foto: Notícias de Santaluz

Centro de Atendimento à Mulher | Foto: Notícias de Santaluz

Elogiado por moradores da cidade, que já consideram a unidade o maior complexo de saúde feminina da região sisaleira, o Centro de Atendimento à Mulher realiza atendimento de nível hospitalar de grande porte, incluindo ambulatório e emergência.

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Mais de R$ 1,2 milhão foram investidos no equipamento, que dispõe de salas de estabilização, observação, triagem, pré-parto, parto e cuidados ao recém-nascido, além posto de enfermagem, consultórios médicos e enfermarias para adultos e crianças.

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

A obras se juntam a outros investimentos que elevam o patamar da rede pública de saúde do município, que recebeu recentemente duas ambulâncias convencionais e duas unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), entre elas uma UTI Móvel, fazendo Santaluz se tornar referência em assistência emergencial para outros municípios da microrregião.

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia