WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Laboratório Checap drogaria_santana

:: ‘Notícias’

Repercussão negativa faz Fluminense de Feira desistir de contratar goleiro Bruno

Share Button
O goleiro Bruno Fernandes teve habeas corpus revogado pelo STF | Foto: Cristiane Mattos/ AFP

O goleiro Bruno Fernandes teve habeas corpus revogado pelo STF | Foto: Cristiane Mattos/ AFP

O Fluminense de Feira desistiu da contratação do goleiro Bruno. Segundo o GloboEsporte.com, o presidente do Touro do Sertão, o deputado estadual Pastor Tom (PSL), revelou que a decisão foi tomada após a repercussão negativa do caso. O dirigente havia afirmado ao Bahia Notícias que o clube tinha um acordo com o arqueiro, e que apenas aguardava uma decisão da Justiça para autorizar a transferência de presídio do atleta de 35 anos. Um vídeo em que a jornalista Jéssica Senra critica a decisão do clube em contratar o atleta também viralizou, e foi um dos motivos para que a agremiação desistisse do negócio. Bruno foi preso em 2010 e condenado em 2013 pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samudio e pelo sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. Ele também havia sido condenado por ocultação de cadáver, mas esta pena foi extinta, porque a Justiça entendeu que o crime prescreveu sem ser julgado em segunda instância. As penas válidas somadas, então, são de 20 anos e 9 meses. Em julho deste ano, o goleiro Bruno Fernandes obteve a progressão de pena para o regime semiaberto domiciliar. Com isso, ele poderá trabalhar, mas está impedido de deixar a cidade de Varginha, onde no dia 10 de cada mês precisa comparecer em Juízo para atualizar o seu endereço e prestar contas das atividades realizadas.

Ex-vereador morre após receber ligação de falso sequestro, diz família

Share Button

Por RPC Londrina

Disnei Leugi tinha 77 anos e passou mal na madrugada desta segunda-feira (6) | Foto: Arquivo Pessoal

Disnei Leugi tinha 77 anos e passou mal na madrugada desta segunda-feira (6) | Foto: Arquivo Pessoal

O ex-vereador de Apucarana, no norte do Paraná, Disnei Leugi, de 77 anos, morreu após sofrer um infarto na madrugada desta segunda-feira (6). Familiares disseram que ele passou mal após receber uma ligação de falso sequestro.

Segundo a família do ex-vereador, Disnei recebeu a chamada telefônica por volta das 4h30. Uma pessoa disse por telefone que a filha, o genro e três netas dele tinham sido sequestrados. Familiares disseram que o suspeito pediu dinheiro para o resgate.

Ainda conforme a família, a esposa do ex-vereador tentou socorrê-lo, mas ele sofreu um infarto fulminante. Ele tinha problemas de coração e havia passado por uma cirurgia recentemente, conforme os familiares.

Bolsonaro diz ser contra rever tarifa de energia solar, mas que decisão é da Aneel

Share Button
Foto: Marcos Corrêa/PR

Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro escreveu no Twitter nesta segunda-feira (6) que conversou com presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM) sobre a taxação da energia solar proposta pela Agência Nacional de Energia Elétrica. Segundo Bolsonaro, Maia colocará em votação na Câmara um projeto de lei em regime de urgência proibindo a taxação da energia solar. O mesmo fará o presidente do Senado. “Caso encerrado. Bom dia a todos!”, escreveu Bolsonaro. Com a meta de incentivar a geração de energia a partir do Sol, a Aneel estabeleceu, em 2012, que o dono da casa onde fossem instalados painéis solares não pagaria encargos, subsídios e tributos pela produção, pelo consumo ou pela distribuição do excedente de energia. A própria agência, porém, já previa uma revisão desta medida em 2019. No ano passado, houve uma grande discussão acerca do tema. De um lado, as distribuidoras de energia alegavam que os incentivos dados estavam gerando custos para elas e os demais consumidores, informou a Folha de S.Paulo Na outra ponta, o argumento era que o estímulo à energia limpa solar ainda se mostrava necessário porque o segmento não alcançou a maturidade desejada no país.

Raio atinge fazenda e mata 16 animais em cidade na Bahia

Share Button

Por G1 BA

Caso aconteceu em Itabela, no sul da Bahia | Foto: Burananet.com

Caso aconteceu em Itabela, no sul da Bahia | Foto: Burananet.com

Dezesseis animais morreram após um raio atingir uma fazenda na zona rural do município de Itabela, no sul da Bahia. Segundo informações do dono da fazenda Conjunto Limoeiro, o caso aconteceu na tarde de sábado (4). Os animais faziam parte de uma criação de gado da propriedade. De acordo com o fazendeiro, os animais estavam aglomerados perto de uma cerca quando o raio atingiu a fazenda e e morreram após receberem a descarga elétrica. O prejuízo estimado foi de R$ 40 mil. O fazendeiro informou que alugou umas retroescavadeira e enterrou os animais neste domingo (5), no mesmo local onde foram atingidos pelo raio. De acordo com a Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia Geral (Adab), neste caso, a orientação do órgão é de que os bovinos devem ser queimados ou enterrados. A carne é considerada imprópria para o consumo, já que estão infectadas.

Bahia teve 3,1 mil casos suspeitos de Zika até início de dezembro; 119,9% a mais que 2018

Share Button
Aedes pode transmitir doenças como chikungunya, dengue e zika | Crédito: NIAID

Aedes pode transmitir doenças como chikungunya, dengue e zika | Crédito: NIAID

O número de casos suspeitos de Zika na Bahia cresceu 119,9%, até 10 de dezembro de 2019, de acordo com o balanço mais recente da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). O estado também registrou aumento significativo nos casos de dengue e chikungunya. A pasta recebeu notificações de 3.160 casos prováveis de Zika no estado. No mesmo período de 2018, foram notificados 1.437 ocorrências prováveis. Conforme o Bahia Notícias, o boletim ainda indica que 186 municípios realizaram notificação para o agravo e existe um óbito em investigação por Zika, no município de Terra Nova.

Governo defende abstinência sexual contra gravidez precoce

A ministra de Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves | Foto: Valter Campanato/Ag. Brasil

A ministra de Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves | Foto: Valter Campanato/Ag. Brasil

Os ministérios da Mulher, Família e Direitos Humanos (MDH) e da Saúde querem incluir uma nova frente nas políticas adotadas para a prevenção da gravidez precoce e sexo seguro entre adolescentes: a abstinência sexual. Segundo o jornal O Globo, o ministério liderado pela ministra Damares Alves passou a preparar eventos públicos para promover a abstinência sexual, sob o pretexto de discutir iniciativas voltadas à prevenção da gravidez na adolescência. O ministério afirmou que usou como referência “estudos científicos e a normalização da espera como alternativa para iniciação da vida sexual em idade apropriada, considerando as vantagens psicológicas, emocionais, físicas, sociais e econômicas envolvidas, sem que isso implique em críticas aos demais métodos de prevenção”. Para Mariana Franzoi, professora do Departamento de Enfermagem da Universidade de Brasília (UnB), não se pode impor o modo como a sexualidade se manifesta. “É preciso saber respeitar os adolescentes, que já têm autonomia. Trabalha-se com educação sexual para que os adolescentes se cuidem e façam sexo seguro, quando eles quiserem”, declarou, em entrevista à publicação.

Prefeitura de Santaluz paga adicional de férias para servidores da Educação

Share Button
Centro Administrativo de Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz

Centro Administrativo de Santaluz | Foto: Notícias de Santaluz

A Prefeitura de Santaluz pagou, nesta sexta-feira (3), o valor referente ao adicional de férias para os servidores da educação. Ao todo, de acordo com o governo municipal, mais de R$ 727 mil foram depositados nas contas correntes dos funcionários. O dinheiro extra injetado pela prefeitura na economia do município deve continuar contribuindo diretamente com o aquecimento das vendas do comércio local neste início de ano, assim como aconteceu no período natalino, quando o governo municipal quitou a segunda parcela do 13º e antecipou o pagamento dos salários de dezembro aos mais de 1.300 servidores públicos. “Graças a um esforço muito grande, a Prefeitura de Santaluz segue com as contas equilibradas, possibilitando a antecipação dos pagamentos aos servidores e a quitação dos compromissos com os fornecedores, rigorosamente em dia, contribuindo para estimular a economia luzense, além de manter investimentos públicos, com a realização de obras necessárias para o desenvolvimento do município”, diz trecho de nota divulgada pela prefeitura.

Notícias de Santaluz

Bilhete que acertou a Mega da Virada custou R$ 2,8 mil

Por G1 MT

Foto: Lotérica Triunfo/Divulgação

Foto: Lotérica Triunfo/Divulgação

Moradores de Juscimeira (MT), a 163 km de Cuiabá, e caminhoneiros que passaram pela cidade de 11 mil habitantes estão entre os apostadores do bolão vencedor da Mega-Sena da Virada de 2019, segundo uma funcionária da lotérica que emitiu o bilhete.

O bolão foi organizado pela Lotérica Triunfo e cada apostador, que receberá um prêmio de cerca de R$ 2,9 milhões, pagou R$ 107,94.

“Alguns são caminhoneiros que passaram por aqui, gostaram dos números e fizeram a aposta. Está divido entre moradores daqui e pessoas de fora, mas ainda não sabemos quem são eles”, disse Jaqueline Samaro, caixa da lotérica, por telefone.

A aposta, de 11 números, custou R$ 2.806,44, e foi feita no dia 5 de dezembro (veja acima a foto do bilhete vencedor). A lotérica afirmou que fez mais de 20 bolões para os clientes apostarem, sendo três deles de 11 números.

“Ficamos felizes e agradecidos, pois muitos desses ganhadores precisavam do dinheiro. Já para nós a expectativa é que o movimento aumente. O assunto está sendo muito falado na cidade”, disse Jaqueline.

Essa é a primeira vez que o prêmio da Mega-Sena sai para moradores da cidade. Além do bolão, outras 3 apostas acertaram as 6 dezenas: duas de São Paulo e uma de Criciúma (SC). Cada uma das 4 vai receber cerca de R$ 76 milhões.

Em setembro de 2019, uma aposta de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, levou o prêmio de R$ 43.258.437,80 no concurso 2.191 da Mega-Sena.

O sorteio da Mega da Virada de 2019 aconteceu na noite de terça-feira (31). As dezenas sorteadas foram: 03 – 35 – 38 – 40 – 57 – 58.

Moro é eleito uma das 50 personalidades da década pelo jornal ‘Financial Times’

Share Button
Foto: Valeriano Di Domenico

Foto: Valeriano Di Domenico

O ministro Sergio Moro, Justiça e Segurança Pública, foi escolhido pelo Financial Times como uma das 50 personalidades que marcaram a década. A lista, composta a partir do crivo de repórteres do jornal britânico, destacou “indivíduos que se mostraram capazes de arrancar o poder consolidado de instituições”. De acordo com o Estadão Conteúdo, ele foi o único brasileiro escolhido. “Sergio Moro liderou uma investigação anticorrupção que abalou as estruturas políticas da América Latina”, afirma o jornal. A publicação diz que as investigações sobre os pagamentos de propina envolvendo a construtora Odebrecht levaram à prisão o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, condenado a 8 anos e 10 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá. O jornal lembra, ainda, a indicação política para [Moro] ser ministro do governo do presidente Jair Bolsonaro. “Um movimento rumo à política que atraiu dúvidas sobre a sua independência enquanto juiz, mas que pode colocá-lo no caminho para disputar a presidência.”

PRF volta a fiscalizar rodovias federais com radares móveis

Share Button

Por G1 DF

 Foto: TV Globo

Foto: TV Globo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) voltou a usar radares móveis e portáteis para fiscalizar cerca de 5 mil quilômetros de estradas no país nesta segunda-feira (23). De acordo com nota divulgada pela corporação, no final da tarde, “todas as Superintendências da PRF possuem equipamentos disponíveis e estão orientadas a incluir a fiscalização de velocidade em seu planejamento operacional”. Segundo a PRF, estudos técnicos apontaram 500 trechos de 10 quilômetros de extensão cada, “com maior criticidade de acidentes de trânsito, classificados independentemente de sua causa, passíveis de serem fiscalizados com o uso de radares”. Em agosto, o presidente Jair Bolsonaro determinou a suspensão do uso de radares móveis de fiscalização de velocidade em rodovias federais, as “BRs”. A ordem, publicada no “Diário Oficial da União”, foi dada ao Ministério da Justiça, responsável pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). No entanto, o juiz Marcelo Gentil Monteiro, da 1ª Vara Federal Cível do Distrito Federal, atendeu a um pedido do Ministério Público Federal (MPF), que questionou a portaria assinada pelo presidente, e determinou a volta dos radares. A Polícia Rodoviária Federal disse “a fiscalização de velocidade realizada pela PRF é pautada pela estreita observância dos requisitos legais estabelecidos para sua execução, tendo por base os princípios da transparência e ostensividade, primando sempre pela promoção da segurança viária e a consequente preservação da vida”.







WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia