WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio


Anuncie aqui



Max Santa Luzia

Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana

Nova rodada de pagamento do auxílio emergencial começará na terça, dia 6 de abril: veja o calendário

Share Button

Por G1

Foto: Freepik

A nova rodada do Auxílio Emergencial será paga a partir de 6 de abril para os trabalhadores que fazem parte do Cadastro Único e para os que se inscreveram por meio do site e do aplicativo do programa. Para os beneficiários do Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril.

Cadastro Único e inscritos via app e site

Os pagamentos para este público começam em 6 de abril. Os pagamentos seguem mais uma vez as datas de nascimento dos beneficiários.

Os pagamentos serão feitos por meio de conta poupança digital da Caixa, que pode ser movimentada pelo Caixa TEM. Mais uma vez, será liberada primeiro a movimentação digital e, posteriormente, os saques.

Foto: Economia G1

Bolsa família

Já para os trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos começam em 16 de abril e seguirão o calendário já estabelecido para o benefício – sempre nos últimos dez dias úteis de cada mês.

Para este público, os pagamentos serão feitos da mesma forma que é pago o Bolsa Família.

Foto: Economia G1

Como saber se terei direito?

Os trabalhadores poderão consultar, a partir de 1º de abril, se receberão a nova rodada do Auxílio Emergencial.

A consulta poderá ser feita no site da Dataprev, empresa estatal responsável por processar os pedidos – clique aqui para acessar.

O beneficiário deverá informar o CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.

Parcelas

Serão pagas aos trabalhadores 4 parcelas com valor médio do benefício de R$ 250 – que vai variar de R$ 150 a R$ 375 conforme o perfil do beneficiário e a composição de cada família.

Famílias vão receber R$ 250;

Uma família monoparental, dirigida por uma mulher, vai receber R$ 375;

Pessoas que moram sozinhas vão receber R$ 150.

Quem recebe

Pelas novas regras, o auxílio só será pago a famílias com renda total de até três salários mínimos por mês, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. Segundo o governo, o benefício deverá ser pago a 45,6 milhões de famílias.

Para quem está no Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso. A pessoa receberá o benefício com maior valor, seja a parcela paga no âmbito do programa, seja o valor do Auxílio Emergencial.

Não serão abertas novas inscrições para o pagamento do benefício A seleção será feita a partir dos beneficiários inscritos no programa original, excluindo aqueles que não se encaixarem nas novas regras do programa. Com isso, o número de beneficiários deve ser reduzido de 68 milhões para 46,6 milhões.

Senado e Câmara do estado de Nova York aprovam legalização da maconha

Share Button

Por Associated Press

Foto: Freepik

O Senado e a Câmara do estado de Nova York aprovaram na noite de terça-feira (30) a legalização da posse de até 85 gramas de maconha e o cultivo e a venda da droga para maiores de 21 anos, em uma das legislações mais abrangentes sobre o assunto nos Estados Unidos. O projeto foi aprovado por 40 votos a 23 no Senado e por 100 votos a 49 na Câmara e agora segue agora para sanção do governador Andrew Cuomo, que tem dez dias para isso. Em nota, Cuomo voltou a dizer que vai transformar o projeto em lei. “Nova York tem uma longa história de ser a capital progressista da nação, e esta importante legislação mais uma vez continuará esse legado”. Atualmente, 14 estados e o distrito de Columbia, onde fica a capital Washington, já legalizaram a venda de maconha para adultos. Nova York será o 15º da lista e também o 3º estado onde os legisladores — não os eleitores — aprovaram a legalização. A legalização pode render ao estado cerca de US$ 350 milhões (cerca de R$ 2 bilhões) por ano e criar de 30 mil a 60 mil empregos, segundo o governo de Nova York. Mas as vendas não devem começar até que o estado regulamente a lei e crie um conselho. A estimativa é que o início da comercialização possa levar de 18 meses a 2 anos.

166 pessoas estão com o coronavírus ativo em Santaluz; Bahia registra mais 120 óbitos

Share Button

A máscara é uma das principais formas de prevenção contra o novo coronavírus | Foto: Freepik

Oito novos casos de Covid-19 foram registrados em Santaluz nas últimas 24 horas, de acordo com boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na noite desta terça-feira (30). A cidade contabiliza agora 2.298 diagnósticos positivos da doença desde o começo da pandemia. Também foram registradas trinta e três novas curas clínicas, chegando a 2.101 o total de pessoas recuperadas. O total de pacientes que estão com o vírus ativos atualmente é 166. Há ainda 147 suspeitas de infecção sendo investigadas – número considerado muito alto.

Bahia registra 3.924 novos casos e mais 120 óbitos pela doença

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.924 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 4.026 recuperados (+0,5%). O boletim epidemiológico divulgado pela Sesab nesta terça-feira também registra 120 mortes. Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro dos óbitos foram realizadas hoje. Dos 799.429 casos confirmados na Bahia desde o início da pandemia, 769.689 já são considerados recuperados, 14.570 encontram-se ativos e 15.170 tiveram óbito confirmado.

Otto afirma que ‘o Exército não vai se submeter a uma pessoa desequilibrada como Bolsonaro’

Share Button

Com informações do site Bahia.Ba

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador Otto Alencar (PSD) criticou as mudanças ministeriais feitas pelo presidente Jair Bolsonaro na segunda-feira (30). O presidente do PSD baiano lembrou que em dois anos de governo, Bolsonaro já mudou 15 ministros.

Para Otto, Jair Bolsonaro poderia ter pedido ao ministro da Justiça para induzir o estado de sítio no país, mas não foi correspondido. Otto ressaltou ainda que o Exército não iria se submeter ao chefe do Executivo.

“Ou ele escolheu sem ver os currículos ou ele não tem boa relação com os que os servem. Eu deduzo que ele pediu ao ministro da Defesa para induzir o estado de sítio no país e os militares não aceitaram. O Congresso Nacional não aceitaria. Isso teve uma repercussão muito grande no Senado. Eu mesmo combati e combato isso. Ele se vendo acoado, no dia de seu aniversário, disse que só Deus tirava ele dali, disse que o Exército era dele. O Exército não é dele, já provou que não é, e não vai se submeter a uma pessoa desequilibrada como o presidente Bolsonaro”, analisou Otto.

“Antes, todo dia havia uma crise gerada por ele [Bolsonaro]. Agora, a crise do dia virou a ordem do dia. As escolhas que ele fez foi na tentativa de que os escolhidos sejam fiéis caninamente a ele, a tal fidelidade canina. Ele colocou o amigo de seu filho Flávio Bolsonaro no Ministério da Justiça”, acrescentou.

Santaluz fecha março com aumento de 25,5% na arrecadação do FPM em relação ao mesmo período do ano passado

Share Button

Foto: Freepik

A prefeitura de Santaluz fechou março com alta de 25,5% na arrecadação do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), na comparação com o mesmo mês de 2020. Ao todo, a arrecadação somou mais de R$ 2,5 milhões em março de 2021. Uma das principais fontes de receitas municipais, o FPM é um recurso transferido pelo governo federal para todas as cidades brasileiras a cada dez dias. O dinheiro pode ser usado para pagar salários de servidores, repassar o duodécimo para a Câmara, quitar dívidas com fornecedores e para manutenção dos serviços públicos prestados à população.

Notícias de Santaluz

Menino de 11 anos desaparece após sair de casa na zona rural de Itiúba

Share Button

Por TV São Francisco

Foto: Reprodução/TV São Francisco

Um menino de 11 anos está desaparecido desde a tarde de domingo (28), quando saiu da casa de uma tia em direção à residência da avó, no povoado de Varzinha, zona rural de Itiúba, cidade que fica no norte da Bahia. Os imóveis são próximos um do outro e, segundo os familiares, Davi Lima Silva fazia o percurso com frequência.

De acordo com a tia do garoto, no dia do desaparecimento, ele estava muito agitado. Ele estava na casa da tia e queria voltar para a residência da avó. No entanto, não chegou ao destino.

Ainda segundo a família, um vizinho informou que ele seguiu em direção a uma serra próxima ao povoado, mas desde então não há informações sobre o garoto. Davi estava descalço e vestia uma camisa de cor cinza e um short estampado.

Familiares disseram que uma pessoa teria ouvido gritos de socorro em uma região de mata, na localidade de Laje da Cruz, também em Itiúba. Mas como ela não sabia que alguém na área estava desaparecido, não foi averiguar. E não há informações se era mesmo o menino Davi.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e faz busca na região junto com uma empresa de segurança e outros voluntários, que auxiliam na procura. O efetivo tem feito uso de drones para auxiliar na operação e um helicóptero deve reforçar o trabalho de busca pelo garoto.

Baiana descobre problema no fígado por causa do uso excessivo de remédio sem eficácia contra Covid-19

Share Button

Por Fantástico e TV Bahia

Foto: Reprodução / TV Bahia

A economista baiana Cremilda Carneiro revelou ter adquirido uma doença no fígado, chamada colestase, após tomar três capsulas de ivermectina a cada 15 dias durante um ano. Hidroxicloroquina, ivermectina e azitromicina fazem parte de um chamado tratamento precoce difundido em redes sociais que, segundo cientistas e instituições de pesquisa renomados, não funciona.

“Meus irmãos, que alguém disse para eles, que um médico, algum conhecido, que a ivermectina era a cura ou a preventiva. Todos eles tomaram a ivermectina e eu não poderia ficar de fora”, disse a baiana.

A ivermectina é um vermífugo , usado para combater parasitas, como lombrigas e piolhos; a cloroquina é usada no tratamento de malária, lúpus e artrite reumatóide; e a azitromicina é um antibiótico.

No Brasil, as vendas de hidroxicloroquina subiram 173% em fevereiro desse ano em relação ao ano passado e as de ivermectina, mais de 700%.

Cremilda Carneiro revelou que a colestase adquirida por ela estava na fase moderada, muito próximo da situação mais grave.

“E você acredita com força total que aquilo ali [medicamento] é seguro, que vai te proteger, uma das bobagens da vida que a gente faz. São três graus: o leve, o moderado e o grave né? Eu estava no moderado, quer dizer, um passo para chegar no mais sério”, contou a baiana.

“Para com a ivermectina. Vai usar máscara, vai se cuidar, não vai aglomerar. Porque é a melhor coisa que você faz”, pediu.

O hepatologista Raymundo Paraná afirma que todo paciente que se expõe a um medicamento corre o risco de uma lesão no fígado. Os médicos contrabalançam o risco com o benefício antes prescrever ao paciente.

“Se [o médico] escolhe oferecer uma medicação, prescrever uma medicação ao paciente, [ele] coloca na balança o risco x benefício. Se não existe benefícios sobre o risco, [como] no caso do ‘kit Covid’, todos os medicamentos têm risco baixo, mas ele agrega o risco. Particularmente a ivermectina preocupa porque o risco é baixíssimo”, disse.

“Um estudo conduzido na África mostrou que com 15 milhões de pacientes tratados, a mortalidade por efeitos adversos graves ocorreram somente 55, mas são 55 vidas. Por outro lado, nós temos uma doença que matava mais que isso, então nessa situação, é favorável a indicação do tratamento. por outro lado, se você não tem um benefício do tratamento, você ficaria só com risco e seria injustificável utilizar”, explicou.

Ministro Marco Aurélio Mello comunica ao STF que vai se aposentar em 5 de julho

Share Button

Foto: Carlos Moura/STF

Decano do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Marco Aurélio Mello vai se aposentar em 5 de julho. A informação consta em ofício encaminhando por ele à presidência da Corte, segundo o G1.

O ministro se aposentaria compulsoriamente no dia 12 de julho, quando completa 75 anos. À TV Globo, ele disse que a formalização ocorre com antecedência para facilitar questões administrativas relativas ao processo de saída.

Marco Aurélio declarou também que espera que o presidente Jair Bolsonaro aguarde sua saída para apresentar um substituto, ao contrário do ocorrido na ocasião da aposentadoria de Celso de Mello – o ministro Nunes Marques foi indicado enquanto o ministro ainda estava no tribunal.

“Eu espero que o presidente me respeite. Não tem motivo para açodamento. Será que ele já quer me ver pelas costas assim? Eu vou continuar com o mesmo ânimo de sempre até o final”, disse Marco Aurélio.

Vale lembrar que não há prazo para o presidente escolher o substituto, que precisa ser sabatinado e aprovado pelo Senado.

Em junho deste ano, Marco Aurélio completa 31 anos de STF. Ele chegou ao Supremo em 13 de junho de 1990, indicado pelo ex-presidente Fernando Collor de Mello, seu primo. Foi o primeiro integrante da Justiça do Trabalho a atuar na Corte.

Santaluz registra seis novos casos de Covid e mais cinco curas; nº de ativos sobe para 191

Share Button

Foto: Freepik

Nesta segunda-feira (29) foram registrados seis novos casos de Covid e mais cinco curas clínicas em Santaluz, de acordo com boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde. Com a atualização, o número de casos ativos da doença aumentou para 191. A cidade totaliza agora 2.290 casos, 2.068 curas clínicas, 31 mortes desde o começo da pandemia. Há ainda 141 suspeitas de infecção sendo investigadas. O boletim informou também que quatro pessoas seguem internadas com Covid, mas não divulgou detalhes sobre o estado de saúde dos pacientes.

Bahia ultrapassa 15 mil óbitos por Covid-19

A Bahia registrou nesta segunda-feira, mais um triste marco da pandemia do coronavírus, ao ultrapassar a marca de 15.050 mortes por complicações da Covid-19. Dos 795.505 casos confirmados da doença desde o início da pandemia, 765.663 já são considerados recuperados e 14.792 pacientes encontram-se com o vírus ativo.

Notícias de Santaluz

Moro diz que Lava Jato pode ter cometido algum erro, mas que não houve nada intencional: ‘Não me arrependo’

Share Button

Por G1

Foto: Reprodução/JH

O ex-juiz federal Sergio Moro afirmou em uma live com empresários e políticos, na noite de domingo (28), que não tem arrependimentos pelo trabalho que realizou no âmbito da Operação Lava Jato.

Na live, que tinha o tema “O Brasil contra a corrupção”, Moro disse que a Lava Jato pode ter cometido algum erro, mas negou que isso tenha ocorrido de forma intencional.

“Pode ter tido algum erro, pode ter tido algum erro aqui ou ali, mas algo intencional, algum abuso, não houve nada. Tudo tem uma explicação muito clara”, destacou Moro.

Na terça-feira (23), a segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF) julgou que Moro foi parcial ao condenar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá. A decisão anulou todo o processo do triplex, que precisará ser retomado da estaca zero pelos investigadores.

Semanas antes, o ministro Edson Fachin transferiu para a Justiça Federal do Distrito Federal este e outros processos envolvendo o ex-presidente Lula que tramitavam em Curitiba. Com isso, Lula recuperou os direitos políticos e voltou a ser elegível.

Fachin apontou incompetência da Justiça Federal do Paraná para analisar os processos do petista e tornou sem efeito as condenações pela Operação Lava Jato de Curitiba.

Moro citou como exemplo a condução coercitiva de Lula, um dos argumentos usados pela Segunda Turma do STF para considerá-lo parcial.

Segundo ele, a condução coercitiva, na época, era um procedimento padrão. “Posteriormente, isso foi questionado no Supremo e houve uma decisão de seis a cinco dizendo que não podia realizar condução coercitiva sem prévia intimação da pessoa pra depor, mas na época era algo que vários juízes aplicavam”, disse.

Ele afirmou ainda que, normalmente, a decisão pela condução coercitiva era tomada para evitar a decretação de prisão temporária de cinco dias.

‘Não me arrependo’

Sergio Moro concluiu, na live, que a Justiça trabalha em revelar o que estava acontecendo, por meio de investigação e julgamento, e pontuou não ter arrependimentos sobre as ações tomadas quando julgador nos processos da operação.

“Não me arrependo. Dá pra tocar ao fundo a Édith Piaf, ‘Je ne me regrette rien’. Foi um trabalho importante e o valor desse trabalho é reconhecido pela população brasileira, porque é um trabalho que foi feito com seriedade”, concluiu o ex-juiz.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia