WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio


Anuncie aqui



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana


7 de Setembro tem protestos a favor e contra o governo Bolsonaro

Share Button

Com informações do G1

Manifestação a favor de Bolsonaro em Brasília | Foto: Alan Santos/PR

Protestos contra e a favor do governo do presidente Jair Bolsonaro marcam o feriado da Independência no Brasil nesta terça-feira (7).

Os atos acontecem em meio a embates do presidente com o Supremo Tribunal Federal (STF), e em um contexto de queda na popularidade e nas avaliações sobre a administração Bolsonaro – e de uma acentuada crise econômica.

Manifestação a favor de Bolsonaro em Brasília | Foto: Marcos Correa/PR

O presidente acirrou as tensões ao convocar os atos pró-governo, com pauta antidemocrática, com ameaças aos ministros do Supremo e ao Congresso.

Na última sexta-feira, sem citar nomes, Bolsonaro disse que a manifestação pró-governo seria um “ultimato” a duas pessoas que estão “usando da força do poder” contra ele. Em Brasília, a avaliação é de que ele se referia aos ministros do STF Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes.

Apoiadores de Bolsonaro participam de ato na Avenida Paulista (SP), na manhã desta terça-feira (7) | Foto: Aloisio Mauricio/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Os apoiadores do presidente intensificaram os chamados para os atos após a rejeição da PEC do voto impresso – uma demanda dos bolsonaristas diante de supostas fraudes nas eleições, sobre as quais não há indícios e cujas provas o próprio presidente admitiu não existirem.

No campo contrário, manifestantes protestam contra o governo Bolsonaro e a escalada da crise institucional e econômica. Diante de quase 600 mil mortos na pandemia do coronavírus, aumento de preços, do desemprego e da fome, os atos pedem a saída do presidente.

Manifestação contra Bolsonaro em Maceió (AL) | Foto: Gustavo Marinho

Falando aos manifestantes em Brasília nesta terça, Bolsonaro voltou a fazer ameaças ao STF.

“Nós não mais aceitaremos que qualquer autoridade usando a força do poder passe por cima da nossa Constituição. Não mais aceitaremos qualquer medida, qualquer ação ou qualquer certeza que venha de fora das quatro linhas da Constituição. Nós também não podemos continuar aceitando que uma pessoa específica da região dos três poderes continue barbarizando a nossa população. Não podemos aceitar mais prisões políticas no nosso Brasil. Ou o chefe desse poder enquadra o seu, ou esse poder pode sofrer aquilo que nós não queremos”, disse, em alusão à suprema corte. “Nós valorizamos, Reconhecemos e sabemos o valor de cada poder da República”. “Aqui na Praça dos Três Poderes juramos respeitar a nossa Constituição. Quem age fora dela se enquadra ou pede pra sair”, afirmou.

Bolsonaro durante ato nesta terça-feira em Brasília | Foto: Alan Santos/PR

Bahia

Um grupo de manifestantes se reuniu no Farol da Barra, em Salvador, para um ato a favor do presidente Jair Bolsonaro, nesta terça-feira (7). A concentração começou às 9h e os manifestantes seguiram em caminhada até o Morro do Cristo, às 10h30.

Manifestantes fazem ato pró-Bolsonaro no Farol da Barra, em Salvador | Foto: Henrique Mendes/TV Bahia

No local, os manifestantes levantaram cartazes e faixas com pedidos de intervenção militar, além do pedido de impeachment dos ministros Alexandre de Moraes, Luiz Fux e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). Alguns cartazes também pediram uma reformulação do Supremo, o uso da força e o voto “auditável”. Vestidas de verde e amarelo, grande parte das pessoas carregou uma bandeira do Brasil.

Manifestação contra o presidente Jair Bolsonaro em Salvador, Bahia, nesta terça-feira (7) | Foto: San Jr/Uai Foto/Estadão Conteúdo

No Campo Grande, um grupo fez ato contra o presidente. A concentração começou às 9h e os manifestantes seguiram em caminhada pela Avenida Sete de Setembro, em direção à Praça Castro Alves, a partir das 10h30.

No local, os manifestantes pediram o aumento do valor do auxílio emergencial, vacina e alimento para todos e a saída de Bolsonaro. Alguns cartazes também chamaram o presidente de genocida, em alusão às mais de 583 mil mortes, em meio à pandemia de Covid-19. Vestidas de vermelho, grande parte das pessoas carregava faixas com palavras de ordem contra o governo.

‘Independência é comida no prato, e não fuzis’, diz Rui em referência a Bolsonaro

Share Button

Por Bahia Notícias

Rui Costa participa de solenidade cívico-militar | Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O governador da Bahia, Rui Costa, usou as redes sociais nesta terça-feira (7) para celebrar a Independência do Brasil ao mesmo tempo em que provocou o presidente Jair Bolsonaro. “Independência é um sonho que se constrói dia a dia; Independência é amar, é respeitar, é saber conviver com o contrário, é dar as mãos na dura batalha contra o ódio. Independência é verdade que constrói e não a mentira que destrói; Independência é comida no prato, e não fuzis.”, publicou o governador baiano, em uma referência à recente declaração de que é preciso deixar que as pessoas comprem fuzis – sem reclamar da dificuldade para comprar feijão.

A declaração de Rui acontece em meio a um ambiente de tensão em cidades como Brasília e São Paulo, onde o presidente promete participar de atos com viés golpista contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e também ao Congresso Nacional. Políticos das mais diversas matizes têm manifestado preocupação com o tom adotado por apoiadores do presidente, que versa contra instituições republicanas.

‘Um Brasil independente é um Brasil livre do radicalismo’, diz ACM Neto no 7 de Setembro

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Reprodução/Instagram/Arquivo

Em manifestação pública neste 7 de Setembro, o ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, destacou como prioritários na luta pela independência o respeito à democracia e o fim do extremismo. “Um Brasil independente é um Brasil livre do radicalismo, que valoriza a democracia, e não o ódio. Hoje a nossa luta é por tolerância, comida na mesa dos brasileiros, emprego, respeito às diferenças e por um país mais justo e menos desigual”, escreveu Neto em sua conta no Twitter, no fim da manhã desta terça-feira (7). “Essas são lutas diárias, aquelas que realmente importam e fazem a diferença na vida das pessoas”, salientou o baiano, em um recado endereçado a Bolsonaro, que em meio às manifestações ocorridas em Brasília, subiu ainda mais o tom dos ataques aos outros poderes e sugeriu “enquadrar” o Supremo Tribunal Federal (STF).

Santaluz tem 2 casos ativos de Covid e 10 suspeitas de infecção sendo investigadas

Share Button

Foto: Freepik

Santaluz registrou um caso de Covid-19 nesta segunda-feira (6), de acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde. A cidade contabiliza agora 3.727 diagnósticos positivos da doença desde o começo da pandemia, dos quais 3.676 já estão recuperados. Ainda conforme o boletim, 2 pessoas estão com o vírus ativo e outras 10 aguardam resultados de exames.

Notícias de Santaluz

Ministério da Saúde deixa vencer R$ 243 milhões em vacinas, testes e remédios

Share Button

Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga ao lado do presidente, Jair Bolsonaro durante entrevista a imprensa | Foto: Ailton de Freitas/MS

O Ministério da Saúde deixou vencer o prazo de validade de um estoque de medicamentos, vacinas, testes de diagnóstico e outros itens que, no total, são avaliados em mais de R$ 240 milhões. Todos os produtos, alguns dos quais estão em falta nos postos de saúde do país, devem ser incinerados. Segundo informações da Folha de S.Paulo, são 3,7 milhões de itens que começaram a vencer há mais de três anos, a maioria durante a gestão de Jair Bolsonaro. Eles estão no cemitério de insumos do SUS, em Guarulhos (SP), no centro de distribuição logística da pasta. Todo o estoque é mantido em sigilo pelo ministério, mas, segundo a Folha, a lista de produtos vencidos inclui, por exemplo, 820 mil canetas de insulina, suficientes para 235 mil pacientes com diabetes durante um mês, no valor de R$ 10 milhões. Também foram perdidos frascos para aplicação de 12 milhões de vacinas para gripe, BCG, hepatite B (quase 6 milhões de doses), varicela, entre outras doenças, no momento em que despencam as taxas de cobertura vacinal no Brasil. Só esse lote é avaliado em R$ 50 milhões. Ainda de acordo com a Folha, dados internos do governo mostram que também devem ser incinerados mais de R$ 32 milhões em medicamentos comprados por ordem da Justiça. A maior parte desses fármacos é de alto custo e para tratamento de pacientes de doenças raras, uma bandeira do governo.

Comerciante italiano é preso em aeroporto após furtar bilhete de loteria premiado de idosa

Share Button

Por France Presse

Foto: Pixabay

Um comerciante da Itália foi detido no aeroporto de Roma-Fiumicino, prestes a viajar para a Espanha, depois de ter furtado de uma cliente um bilhete premiado que valia 500 mil euros (cerca de R$ 3,07 milhões), anunciou a polícia nesta segunda-feira (6). A imprensa italiana falava do caso há dias, depois que o homem fugiu na quinta-feira com o bilhete, que pertence a uma mulher de 70 anos. Ela tinha ido a uma tabacaria de Nápoles para confirmar que havia ganhado e foi furtada. Segundo os investigadores, após o furto, o comerciante foi para a cidade de Latina, entre Nápoles e Roma, para depositar o bilhete premiado em um banco e poder retirá-lo mais tarde. “Ele foi detido pela polícia de fronteiras no aeroporto, com uma passagem de avião para as ilhas Canárias, na Espanha. Nesse momento, ele ainda disse que queria denunciar uma mulher que o acusava de ter roubado seu bilhete”, diz o comunicado. A Promotoria abriu uma investigação por roubo agravado, e suspendeu a licença da tabacaria. A Justiça também ordenou a apreensão do cupom valioso.

Justiça Federal encerra ação contra Lula por suposta atuação no BNDES em favor da Odebrecht

Share Button

Por TV Globo

Foto: Ricardo Stuckert

A Justiça Federal do Distrito Federal decidiu encerrar uma ação penal contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acusado de atuar para garantir a liberação de financiamentos do Banco Nacional do Desenvolvimento Social (BNDES) para obras de engenharia em Angola. A acusação levou em conta informações apresentadas por ex-executivos da construtora Odebrecht.

A decisão, da última sexta-feira (3), é do juiz federal Frederico Botelho de Barros Viana, da 10ª Vara Federal Criminal da Justiça Federal no DF. De acordo com o magistrado, no entanto, o Ministério Público Federal pode apresentar nova denúncia (acusação formal à Justiça) se “entender cabível”. Cabe recurso desta decisão.

O juiz entendeu que as acusações da ação penal se basearam em elementos da denúncia apresentada a partir das investigações do chamado “quadrilhão do PT” (suposto grupo formado para desviar dinheiro público da Petrobras e de outras estatais), que por sua vez teria sustentação em material do caso do “tríplex do Guarujá” (suposto recebimento de propina da construtora OAS por meio da entrega do triplex e reformas no imóvel).

No “quadrilhão do PT”, a Justiça Federal absolveu o presidente e outros ministros petistas. Na ocasião, o próprio MPF pediu a absolvição sumária de todos por considerar que não havia “elementos configuradores da dita organização criminosa”.

A ação do tríplex do Guarujá teve seus atos anulados por conta da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou o ex-juiz Sérgio Moro parcial para atuar no caso.

“No caso, a correlação entre o material probatório que dava sustentação à denúncia e aquele que foi anulado direta e indiretamente por força do acórdão da Segunda Turma do Supremo Tribunal foi devidamente comprovado pela defesa”, escreveu o juiz.

Sendo assim, entendeu o magistrado, a denúncia não tem a chamada “justa causa”, requisito necessário, pela legislação processual penal, para que continue a tramitar.

“A contaminação causada pela anulação desta ação penal acaba, portanto, por gerar a ilegitimidade do próprio núcleo fundamentador da justa causa da presente ação penal”, ponderou.

“Assim, a continuidade do presente processo, que de fato deve ser um caminhar para frente, como bem destacado pelo MPF, foi prejudicada. Persistir com a instrução de uma ação penal cuja justa causa já não se faz nítida seria envidar esforços em processo nulo. Afinal, a existência de justa causa mínima é elemento essencial não apenas para o recebimento da denúncia, mas se consubstancia também em condição imprescindível para sua prosseguibilidade”, completou.

Grupo faz ‘arrastão’ em aeroporto e foge com aviões do cantor Almir Sater, de ex-prefeito e de pecuarista de MS

Share Button

Por G1 MS

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Uma força-tarefa policial investiga o roubo de três aeronaves e a tentativa de levar outras do aeroporto de Aquidauana, região oeste do estado. Segundo a polícia, ao menos 18 criminosos estiveram no local na madrugada desta segunda-feira (6). O grupo rendeu o vigia do aeroporto e o obrigou a abastecer os aviões.

Foram levados os seguintes aviões: Um do tipo bonanza v35b, matrícula PTING, de propriedade do pecuarista e ex-prefeito de Aquidauana José Henrique Trindade; um do tipo Sky Lane, matrícula PTKDI, do pecuarista Zelito Alves Ribeiro e de seu sócio, Joel Jacques; e um do tipo Sky Lane, matrícula PTDST, do cantor Almir Sater.

Ainda segundo a polícia, o caso ocorreu por volta das 2h (de MS). Como não havia iluminação, os homens entraram pelos fundos e, de início, tentaram levar uma aeronave. Na sequência, eles renderam o vigia e o obrigaram a fazer o abastecimento, amarrando o homem em seguida e fugindo.

Uma testemunha já conversou com a polícia. Ela disse que chegou a escutar o barulho do momento em que levantavam voo, porém, achou que fosse alguma emergência médica e, por isso, não foi verificar.

Equipes de Campo Grande e demais órgãos de segurança estadual e federal já foram comunicados sobre a situação. Uma das hipóteses é que parte do bandidos seriam do interior paulista e parte de Mato Grosso do Sul. Eles teriam fugido para a Bolívia.

Desde a madrugada desta segunda-feira, o Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco) está investigando o caso e saiu de Campo Grande para fazer perícia.

Horas antes, eles estavam em comunicação com a Força Aérea Brasileira (FAB) para verificar se os radares instalados nas fronteiras registraram os voos dessas três aeronaves, por se tratar de um trajeto clandestino.

Morador de Retirolândia fica ferido após perder controle de moto e bater em cerca, em Santaluz

Share Button

Foto: Divulgação/GCM

Um homem ficou ferido na manhã desta segunda-feira (6) após perder o controle da moto que ele conduzia e bater em uma cerca na localidade conhecida como Baixa do Chiquinho, em Santaluz, na região sisaleira da Bahia. A causa do acidente é desconhecida. De acordo com a Guarda Civil Municipal, a vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e levada consciente para o hospital local. Não há detalhes sobre o estado de saúde do homem, que mora na cidade de Retirolândia. A moto foi recolhida pelos agentes da guarda.

Notícias de Santaluz

Polícia encontra mais de oito toneladas de maconha enterrada em fazenda na Bahia

Foto: Divulgação/PMBA

Policiais do Comando do Policiamento da Região Oeste (CPRO), Rondesp Oeste e Cipe Cerrado apreenderam neste fim de semana mais de 8 toneladas de maconha em uma fazenda na região de Pajeú, no município de Oliveira dos Brejinhos, no oeste da Bahia. Ninguém foi preso.

Segundo a Polícia Militar, a droga estava distribuída em 400 sacos e tem um valor estimado em R$ 17 milhões. Também foram apreendidos fogos sinalizadores, armas, balança de grande porte, carros e motocicletas.

A apreensão é considerada uma das maiores da história da Bahia e a maior já registrada na região oeste do estado.

Foto: Divulgação/PMBA

O rastreamento da droga foi realizado pelo serviço de inteligência da Polícia Militar com o suporte da Polícia Federal.

“Houve um esforço conjunto da Polícia Militar, através do serviço de inteligência, com o compartilhamento de informações entre a Polícia Federal, a Polícia Militar do Estado de Goiás e a Secretaria Nacional de Segurança Pública, que dava conta da existência de uma grande quantidade de drogas em uma propriedade rural em Oliveira dos Brejinhos. Diante da situação, a força-tarefa foi deslocada para a localidade, onde foram feitas as buscas. Usamos drones, cães farejadores e, após dois dias de operação, encontramos locais onde o material estava escondido”, explicou o major Giovanni Castro.

Notícias de Santaluz

Foto: Divulgação/PMBA



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia