WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio


Anuncie aqui



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana


Bahia recebe mais de 261 mil doses de vacinas contra Covid-19 nesta quinta

Share Button

Foto: Camila Souza/GOVBA/Arquivo

A Bahia recebeu na manhã desta quinta-feira (16), 166.140 doses de vacinas da Pfizer-BioNtech. O avião com a carga de imunizantes pousou no aeroporto de Salvador, às 9h35. A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) informou que uma nova remessa com 95.250 doses da vacina Oxford/AstraZeneca chegará ao estado por volta das 14h15. Ao todo, a Bahia receberá 261.390 doses de vacinas contra a Covid nesta quinta-feira. Com esta nova carga, a Bahia chegará ao total de 18.231.508 doses de vacinas recebidas, sendo 6.793.918 da Sinovac/Coronavac; 6.846.830 da Oxford/AstraZeneca; 4.329.660 da Pfizer e 261.100 da Janssen.

Notícias de Santaluz

Com ajuda de cão farejador, polícia encontra quase 3 toneladas de maconha escondidas em carregamento de feno na Bahia

Share Button

Foto: Divulgação/PRF

Cerca de 2.770 quilos de maconha foram apreendidos na BR-116, trecho de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, na manhã desta quinta-feira (16). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a droga estava escondida em meio a uma carga de feno que era transportada em um caminhão Mercedes Benz L2213, com placas de Minas Gerais. A PRF detalhou que os entorpecentes foram encontrados com ajuda do cão farejador K9 Kaleu.

Foto: Divulgação/PRF

Conforme a PRF, um homem de 53 anos, que conduzia o veículo, relatou aos policiais que pegou a droga em Ourinhos (SP) e tinha como destino a cidade de Mossoró (RN). Ainda segundo a polícia, ele disse que receberia R$ 6 mil pelo transporte. O motorista, o caminhão e toda a droga apreendida foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde o caso foi registrado.

Notícias de Santaluz

‘Precisamos que o presidente eleito chegue até o fim do mandato de 2022’, diz Pacheco

Share Button

Presidente do Senado durante reunião com Bolsonaro | Foto: Marcos Corrêa/PR/Arquivo

Em mais um gesto de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o segundo em menos de uma semana, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, defendeu nesta quarta-feira (15), que ele “chegue ao fim do seu mandato com a colaboração de todos”. Segundo informação publicada na coluna de Lauro Jardim, no portal O Globo, o senador foi questionado sobre suas pretensões eleitorais para 2022 durante um evento municipalista em Goiânia. “Considero que o Brasil, neste instante, com os problemas que nós temos, não precisa de candidatos a Presidência da República. Nós precisamos é do presidente da República que foi eleito, que chegue até o fim do mandato de 2022 com a colaboração de todos por um interesse comum”, disse. Pacheco completou que ele próprio, anunciado por Gilberto Kassab como seu candidato à Presidência da República, só definirá seu caminho em 2022.

Rui Costa nomeia Nelson Pelegrino para cargo no TCM

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Divulgação

O governador Rui Costa (PT) oficializou a ida do agora ex-secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur), Nelson Pelegrino, para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A exoneração de Pelegrino da chefia da pasta e a nomeação para o novo cargo foram confirmados em decreto publicado na edição desta quinta-feira (16) do Diário Oficial do Estado (DOE). A chefe de gabinete da Sedur, Ananda Teixeira Costa Lage, passa a assumir cumulativamente o comando da secretaria. Na última terça-feira (14), o plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprovou a indicação do deputado federal licenciado para o Tribunal.

Mais de 500 bolsas de sangue são usadas em parto para salvar vida de mãe com doença rara

Share Button

Por G1 PA

Foto: Hélder Ribeiro/Divulgação

Durante o parto de Saulo Gabriel, hoje com dois meses, a auxiliar administrativa Thaís Cristina Sousa, de 35 anos, precisou de 531 bolsas de sangue, mais do que a média de transfusões totais feitas na Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém, em um mês. Com o apoio de centenas de doadores, foi possível salvar a vida do bebê e da mãe.

A necessidade de uma transfusão desse porte se deu porque Thaís tem uma Síndrome Púrpura Trombocitopênica Trombótica (PTT). Por isso, ela precisou ir para a UTI logo após o parto, para continuar o controle da doença. Já o bebê Saulo precisou de cuidados semi-intensivos, por conta da prematuridade.

“Não sou uma gata de sete vidas, sou uma onça. Lutei pela minha vida e meu filho lutou pela vida dele. Tivemos muita ajuda para vencer. Obrigada, Deus. Obrigada a quem doa sangue”, declarou a jovem.

Mãe e bebê foram separados uma semana depois do nascimento, quando Saulo foi liberado para casa e Thaís continuou no hospital. Longe do filho, foi a paciente quem precisou de colo e acolhida, encontrados na companhia da mãe, a professora aposentada Maria do Socorro, de 61 anos, que acompanhou, com orações, a luta da filha pela sobrevivência.

Entenda o caso

Thaís precisou fazer uma cirurgia cesariana de emergência aos sete meses de gestação, após sofrer crise de Síndrome Púrpura Trombocitopênica Trombótica (PTT), uma doença hematológica rara. Thaís passou 30 dias internada em estado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. Ao todo, foram 45 dias de uma longa espera para voltar para casa.

O caso de Thaís era de alto risco, explicam os profissionais que acompanharam o caso. “Era uma situação clínica delicada, com plaquetas baixíssimas e formação de trombos por causa da doença PTT. Havia risco de perda gestacional, risco de morte para a gestante e risco de agudização com sequelas para ambos”, conta o médico Daniel Lima, hematologista e hemoterapeuta da Santa Casa e do Hemopa.

As intercorrências provocadas pela crise da doença fizeram com que Thaís enfrentasse também problemas como hipertensão, infecção e uma segunda cirurgia, de laparatomia exploratória, para tratar uma hemorragia interna. A Santa Casa precisou administrar na paciente quatro doses de um medicamento que chega a custar R$ 12 mil cada dose.

Diagnóstico

A paciente foi diagnosticada com PTT ainda em 2016, depois de sofrer uma crise aguda e isquemia cerebral. Em 2019, passou por uma gravidez ectópica, que é quando o óvulo fertilizado se implanta fora do útero, com quadro de hemorragia. Em 2020, Thaís engravidou novamente, dessa vez de Saulo Gabriel.

Com sete meses da atual gestação, ela percebeu manchas roxas nas pernas e reconheceu como sintomas de Púrpura. Por orientação do Hemopa, ela procurou imediatamente o serviço de obstetrícia da Santa Casa.

“Foi um milagre. Um milagre da ciência e do SUS (Sistema Único de Saúde). São duas instituições públicas que uniram esforços e competências para resolver um caso difícil”, disse a médica Patrícia Arruda, integrante da equipe de plasmaférese terapêutica do Hemopa.

Ministro da Saúde diz que há ‘excesso de vacinas no Brasil’; seis estados estão com falta de imunizante para segunda dose

Share Button

Por G1 SP

Foto: Myke Sena/MS

Com a vacinação da segunda dose atrasada em ao menos seis estados, principalmente por falta do imunizante da AstraZeneca, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que há “excesso de vacinas” no país e elogiou o sistema de distribuição do governo federal.

Além de São Paulo, que acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) por conta da ausência de imunizante, Bahia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo e Rio Grande do Norte também enfrentam problemas para completar a vacinação da população contra a Covid-19.

“Há excesso de vacina na realidade. O Brasil já distribuiu 170 milhões de doses de vacinas, 210 milhões já foram aplicadas, hoje nós já temos doses pra vacinar todos os brasileiros acima de 18 anos com a primeira dose, agora, naturalmente, há um anseio de avançar, por exemplo, nessa dose de reforço, ou terceira dose, naqueles indivíduos que são mais vulneráveis”, disse Queiroga em Guarulhos.

O ministro esteve no Aeroporto Internacional de Guarulhos na manhã desta quarta para um evento de entrega de novo lote de vacinas da Pfizer que serão enviadas aos estados.

Ao ser questionado sobre o desabastecimento de AstraZeneca, negou que exista algum problema. São Paulo, por exemplo, zerou os estoques e aplica a vacina da Pfizer no lugar da segunda dose da AstraZeneca.

“Precisa acabar com essas narrativas de falta de vacina. Isso não é procedente, o Brasil vai muito bem. O Brasil já é dos países que mais vacinam no mundo”, disse Queiroga.

O ministro acusa os estados de terem usado vacinas destinadas à segunda dose para acelerar o calendário. O governo paulista nega e alega atrasos e falhas na entrega de vacinas por parte do governo federal.

Mãe conhece filha após ter duas paradas cardíacas e ficar quase cinco meses internada com Covid-19: ‘Milagre de Deus’

Share Button

Por G1 BA e TV Bahia

Foto: Reprodução / TV Bahia

A professora Nanci Silva, de 35 anos, só conheceu a filha quase cinco meses após o parto, por causa do tratamento contra Covid-19, após ter alta médica do Hospital Português, em Salvador. Nesse intervalo de tempo, ela chegou a usar uma terapia chamada ECMO – Oxigenação por Membrana Extracorpórea, por 45 dias.

“Foi uma emoção muito grande pegar ela no colo pela primeira vez depois de quase cinco meses que eu dei a luz”, disse Nanci Silva, emocionada.

A chegada de Nanci Silva na casa onde mora, no bairro da Boca do Rio, em Salvador, foi registrada em vídeo por moradores e foi cercada de emoções.

Ainda com todos os cuidados, por causa do tempo de internação, a mãe de Alice, que já estava em casa, chegou em uma ambulância e foi recepcionada pelos vizinhos, que comemoraram bastante a chegada dele.

Em entrevista ao Bahia Meio Dia, programa da TV Bahia, Nanci Silva contou que começou a sentir falta de ar um dia após o parto. A mãe de Alice foi diagnosticada com Covid-19 e levada para um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Português.

“Assim que eu pari, no outro dia comecei a sentir falta de ar e já fui direto para UTI com 50% do pulmão tomado”, contou.

A doença se agravou e Nanci Silva, que não tem comrbidades, precisou usar um pulmão artificial, conhecido como ECMO, o mesmo utilizado pelo ator Paulo Gustavo. Ao todo, foram quatro meses de 14 dias internada na unidade de saúde.

“Agravou, eu tive duas paradas cardíacas, de oito minutos cada, e tive que ficar na ECMO por 45 dias”.

Com a alta médica de Nanci Silva, o marido da baiana, o motorista Gilvan dos Santos, respira aliviado e vai contar com a ajuda da esposa para cuidar dos dois filhos do casal, Tiago e Alice.

“Foi muita luta, muita fé, o que salvou ela foi a nossa fé e a ciência. Agradeço a todos que oraram por ela, ao grupo de oração que nós fizemos, ao pessoal do Hospital Português, os médicos, os enfermeiros, técnicos, todos”, agradeceu o marido de Nanci.

A professora também, bastante emocionada, agora vai terminar de se recuperar em casa.

“Eu realmente posso dizer hoje que eu sou um milagre de Deus”, afirmou.

Neto não se opõe, mas pondera aproximação entre Ciro e Mandetta: ‘É uma coisa deles’

Share Button

Fotos: Betto J. / Agência Brasil

O ex-prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, vê com cautela a aproximação entre os presidenciáveis Ciro Gomes (PDT) e Luiz Henrique Mandetta (DEM). De acordo com o jornal O Globo, o ex-ministro da Saúde e o pedetista têm mostrado disposição de montar uma chapa para a disputa pelo Palácio do Planalto nas eleições de 2022.

“Ambos sabem que gozam de simpatia em comum, a começar da minha. Não é uma coisa organizada, deliberada. Mas é vista de forma positiva. Não há contraindicação, mas é uma coisa deles (Mandetta e Ciro)”, disse Neto para o jornal.

Porém para a aliança sair do papel a aliança deve encontrar forte resistência. Uma delas é a fusão entre o DEM e PSL que deve ser consolidada ainda esse mês. A união provocaria mudança no comando do novo partido e uma provável saída de parlamentares bolsonaristas. Além disso, outro entrave pode ser a diferença entre a visão liberal do DEM na economia e as propostas intervencionistas defendidas por Ciro.

O presidente do PDT, Carlos Lupi, admite que a união é uma operação de “grande complexidade”, mas acredita o acordo pode se concretizar a depender das composições dos palanques regionais e de uma subida de Ciro nas pesquisas até o começo do próximo ano.

“Temos uma relação muito boa com ele (Mandetta). É uma aproximação natural por causa disso. Se o DEM ficar com a gente , ele é o melhor nome”.

Polícia de SP prende 4 mulheres suspeitas de fingir ser de call center de bancos para furtar dinheiro de clientes

Share Button

Por TV Globo e G1 SP

Quatro mulheres foram presas suspeitas de atuarem em ‘call center do crime’ em São Paulo | Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil de São Paulo prendeu na terça-feira (14) uma quadrilha que criou um “call center do crime” para furtar dinheiro de contas de clientes de bancos no país.

A 4ª Delegacia de Crimes contra o Patrimônio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) investigou e deteve quatro mulheres. Elas seriam indiciadas por estelionato e associação criminosa.

As mulheres, que têm entre 18 e 19 anos de idade, operavam uma central clandestina com telefones celulares e cinco computadores no bairro de Perus, na Zona Norte da capital paulista. Nenhuma delas tinha passagens criminais anteriores. A polícia investiga se mais pessoas participavam do esquema criminoso.

De acordo com a investigação, elas fingiam ser atendentes do call center de bancos, ligando para clientes das agências, de preferência idosos. Segundo a polícia, as falsas atendentes diziam às vítimas que apareceram compras suspeitas nos cartões bancários delas pelo sistema de monitoramento.

E que para checar se a compra era irregular seria preciso digitar a senha do cartão no celular. Em seguida, um programa de computador identificava os números, repassando-os à quadrilha.

Em alguns casos, os bandidos enviavam motoboys para as residências das vítimas. Eles pediam o cartão bancário atual com a falsa promessa de que seria substituído por um novo.

Com o cartão e as senhas dos clientes, o bando fazia saques de dinheiro em caixas eletrônicos e compras online. Para ajudar no ‘disfarce’, as atendentes colocavam músicas de espera dos respectivos bancos das vítimas.

O Deic ainda apura quantas vítimas caíram no golpe e quanto de dinheiro já foi retirado das contas delas. “Cuidado com quem liga para vocês. Essa é uma quadrilha muito articulada, onde geralmente eles usam o telefone fixo. Então cuidado quando receberem ligação via telefone fixo”, disse o delegado Jacques Ejzenbaum, da 4ª Delegacia de Crimes contra o Patrimônio.

Mulheres são conduzidas à delegacia após PM encontrar droga com uma delas durante abordagem em Santaluz

Share Button

Foto: Divulgação/PM

Uma mulher de 27 anos e outra de 21 foram conduzidas à delegacia de Polícia Civil após uma delas ser flagrada com droga durante uma abordagem da Polícia Militar, na Avenida Rosendo Lopes, área central de Santaluz, região sisaleira da Bahia, na noite de terça-feira (14). Segundo a PM, uma guarnição fazia rondas quando avistou as mulheres em uma motocicleta e, ao perceber uma situação suspeita deu ordem de parada à condutora do veículo. Durante a abordagem, conforme a PM, foi encontrada uma porção de maconha embalada em um saco plástico. Ainda segundo a polícia, a mulher de 27 anos assumiu ser a dona da droga e alegou ser usuária. De acordo com a PM, a mulher e a outra ocupante da moto, que não tiveram os nomes revelados, foram encaminhadas à central de flagrantes da Polícia Civil na cidade de Serrinha para as medidas cabíveis.

Notícias de Santaluz



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia