WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio

Vista aérea de Santaluz



Acabe com a dengue


Laboratório Checap

Drogaria Santana

Adrivana Cunha Hospital de Olhos


Santaluz Fest ganha mais dois dias e Calcinha Preta é atração confirmada

Share Button

Fotos: Redes sociais

O prefeito Arismário Barbosa Júnior anunciou nesta sexta-feira (19), em suas redes sociais, que a festa em comemoração aos 89 anos de emancipação política de Santaluz terá mais dois dias. Inicialmente programado para encerrar nos dias 26, 27 e 28 de julho, o Santaluz Fest agora se estenderá até os dias 29 e 30, totalizando uma semana de festividades.

A ampliação do evento foi recebida com entusiasmo, especialmente após a confirmação da participação da banda Calcinha Preta, uma das atrações mais esperadas, que deve se apresentar no dia 30.

A festa começou na última quarta-feira (17) com shows de Fred Tabaréu, Swing do Preto, Guig Ghetto e Bell Marques. Na quinta-feira (18), a Praça Major Benício Viana foi palco de um encontro de paredões, que reuniu diversos amantes de som automotivo.

Clima de carnaval contagiou Santaluz na véspera do aniversário de 89 anos com show de Bell Marques | Foto: Notícias de Santaluz

Com a extensão do evento, a expectativa é que novas atrações sejam adicionadas à programação. Entre os nomes confirmados até agora estão Nattanzinho, Psirico, Iguinho e Lulinha, Heitor Costa, Ferrone, Edy Pagolata, Léo SL, Kit Ilusão, Neto Barreto, Valneijós, Kiko Luz, Hiago Danadinho, Kart Love, Neto Britto, Natanzinho Lima, La Fúria, Guilherme Ferri, Fabinho Testado, Ah Chapa, Timbalada, Rafa e Pipo, Isaque Gomes, Edson Gomes, Unha Pintada e Igor Kannario.

Notícias de Santaluz

Casal é preso na Bahia suspeito de matar a própria filha de 8 meses e enterrar o corpo em cova rasa

Share Button

Casal é preso na Bahia suspeito de matar a própria filha de 8 meses e enterrar o corpo em cova rasa na Bahia | Foto: Polícia Civil

Uma mulher de 18 anos e um homem de 22 foram presos na quinta-feira (18), suspeitos de matar e ocultar o corpo da própria filha de 8 meses, em Senhor do Bonfim, no norte da Bahia. Segundo a Polícia Civil, os dois confessaram o crime e revelaram o local onde o bebê foi enterrado em uma chácara no bairro Pebinhas.

A ação foi coordenada pela pelegacia da cidade, que começou a investigar o caso assim que tomou conhecimento do desaparecimento da bebê. Após coletar depoimentos e realizar apurações em campo, a polícia concluiu que o casal era responsável pelo crime. Com base nessas evidências, a Polícia Civil pediu a prisão temporária dos dois, que foram localizados no município de Ponto Novo, a 50 quilômetros de Senhor do Bonfim.

De acordo com a investigação, após matar a filha, o casal colocou o corpo da bebê em uma mala e o enterrou em uma cova rasa. Os suspeitos foram encaminhados ao Conjunto Penal de Juazeiro e vão responder por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

Notícias de Santaluz

Mulher e companheiro são presos suspeitos de maus-tratos a filho dela de 4 anos no interior da Bahia

Share Button

Imagem ilustrativa | Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um casal foi preso na quinta-feira (18) em Alcobaça, cidade do extremo sul da Bahia, suspeito de maus-tratos e lesão corporal dolosa contra o filho da mulher, uma criança de 4 anos. A Polícia Civil informou que o menino, que vive com síndrome de West – uma condição rara marcada por crises epilépticas frequentes – e apresenta dificuldades de locomoção e fala, foi hospitalizado com hematomas, sangramentos e sinais de agressão na cabeça.

A polícia disse que iniciou a investigação após receber denúncias de agressões, mas a mãe e o padrasto da criança negaram as acusações. No entanto, os policiais descobriram que o Conselho Tutelar já havia sido notificado sobre maus-tratos quatro meses atrás, quando a criança sofreu fraturas nos tornozelos.

De acordo com a polícia, a criança está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Costa das Baleias, em Teixeira de Freitas, onde os médicos confirmaram uma fratura no crânio. Ainda segundo a Polícia Civil, familiares da mãe relataram que o padrasto agredia o menino com frequência, com o consentimento da mulher.

Os suspeitos foram submetidos a exames de lesões corporais e permanecem presos à disposição da Justiça.

Notícias de Santaluz

Mulher que herdou o ferro-velho do pai ganha até R$ 25 mil por mês vendendo panelas e recicláveis

Share Button

Por g1 Santos

Mulher recicla panelas antigas e usa internet para divulgá-las e revendê-las em loja que investiu R$ 800 para abrir | Foto: Arquivo Pessoal

Danielle de Carvalho, de 39 anos, que herdou o ferro-velho do pai e, sem experiência no segmento, passou a investir na reciclagem de panelas velhas, fatura até R$ 25 mil por mês com os dois negócios. Ao g1, ela contou comprar os utensílios domésticos usados por R$ 20 o quilo, os transforma e vende a R$ 150 — cada quilo é o equivalente a duas panelas.

A empresária e moradora de Itanhaém (SP) acreditou no ditado popular que diz: ‘Panela velha é que faz comida boa’ para renovar os utensílios domésticos e revendê-los.

Com o apoio de um amigo, que a orientou a revender peças que davam para ser reutilizadas, ela investiu os R$ 800 que tinha guardado para comprar os itens usados, que foram reciclados e divulgados na internet (veja o vídeo acima).

🥘 Preço das panelas recicladas

Danielle contou que compra as panelas usadas de alumínio de outros ferros-velhos por R$ 20 o quilo — é o equivalente a duas panelas de 4,5 litros. Já uma de 7 litros custa para ela R$ 30. Na época que investiu os R$ 800, no entanto, pagava R$ 8 reais no quilo.

Caçarola (feita de uma panela de pressão de 7l) – R$ 75;

Caçarola (feita de uma panela de pressão de 4,5l) – R$ 60;

Frigideira (feita de uma panela de pressão de 7l) – R$ 35;

Frigideira (feita de uma panela de pressão de 4,5l) – R$ 25;

Frigideira (feita de uma panela de pressão de 10l) – R$ 120.

De acordo com Danielle, ao comprar duas panelas por R$ 20 quilo, ela consegue transformar em novos utensílios e ter um lucro de R$ 150. Já ao investir R$ 30 o quilo, consegue converter em produtos equivalentes a R$ 200.

“Olho para a peça, vejo o valor que ela me agrega e coloco [o preço]. Tem peça que é mais grossa, tem peça que é mais fina”, disse a empresária.
Danielle, que também vende peças novas na loja, diz que tem jogos com cinco peças do utensílio doméstico custando entre R$ 90 e R$ 330.

Já os jogos daquelas que são recicladas, portanto artesanais, estes são mais caros. Custam de R$ 400 a R$ 480. “A qualidade [das novas] não é a mesma”.

Ela justificou o valor cobrado nas recicladas: “É melhor. A panela em si é usada e antiga, porém o cabo é novo, a tampa é nova e o puxador é novo”, afirmou a mulher.

👨‍👧Vergonha do pai virou orgulho

Quando era criança, a empresária lembrou ter tido vergonha do pai ter um ferro-velho, pois sofria bullying na escola, mas viu que era um bom negócio ao ingressar no ramo.

Nas duas lojas de panelas recicladas e no ferro-velho, Danielle tem 11 funcionários registrados pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

“No começo a gente fica meio assim por ser mulher e vaidosa. Eu fui carroceira, trabalhava suja e ia embora frustrada, mas aprendi que a gente tem que ser grato a tudo […]. Hoje, eu posso comer onde quiser, viajar, fazer o que eu quiser porque ele [trabalhou] para me proporcionar isso”, disse.

♻️Reveja a história

A ideia deu certo. Danielle não só recuperou o investimento como lucrou. A situação a fez acreditar ainda mais no potencial do negócio, que passou receber novos aportes para expansão, com a compra de maquinário para reciclar as panelas e até mesmo abertura de nova loja em Mongaguá.

“Deu 15 mil visualizações em 5h. No outro dia lotou aqui [a loja] e vendi tudo, fiz R$ 1,4 mil. Aí comprei de novo, vendi e fiz R$ 2 mil. Ficava fazendo vídeo toda semana”, contou.

Danielle se sente realizada não apenas pelas conquistas pessoais, mas também pelo fato do trabalho retirar das ruas utensílios descartáveis e potencialmente poluentes.

“Tudo que eu tenho, tenho através do meu ferro-velho. Comprei casa para mim”, comemorou a empresária.
Ela conta que recebe e coleta muitas panelas de pressão sem conserto no lixo. Segundo a empresária, as pessoas sequer imaginam que o material pode ser transformado. E, tendo em vista esse poder de transformação, ela ainda tem realiza um trabalho de educação nas redes sociais.

“Penso que o sol está para todos. Eu sei o quão é difícil o começo, então acho que as pessoas devem ter a mesma oportunidade que eu tive”, ressaltou ela, que passou a ensinar na web como reciclar as panelas e como as pessoas podem fazer a própria manutenção em casa.

🫕 O começo

Danielle contou que, no começo, ela garimpava as peças em brechós e outros ferros-velhos, mas agora tem parceiros que reservam as panelas para ela reciclar.

“A gente tem antiguidades, panelas de ferro, barro, alumínio, de pedra, ferramentas. Tudo que chega em um ferro-velho e dá para reutilizar tem nessa loja [de Itanhaém]”, contou ela, que investiu em maquinário para ampliar o estoque de mercadoria.

“Comprei uma máquina de cortar panela. Corto, transformo em caçarola e o que sobra faço uma forma com fundo removível”. A empresária disse que, quando não consegue reaproveitar o material para uma caçarola, o transforma frigideira, assadeira. O importante é não desperdiçar.

Danielle acredita que o negócio tenha dado certo pela qualidade das panelas recicladas, já que o alumínio mais antigo é mais grosso que os atuais. “Eu valorizo meu trabalho. Não é porque é usado que vou vender por R$ 15”.

Ela ressaltou que cada item, por ser artesanal, tem esse valor agregado. “Não é mais barato, pois é um serviço artesanal. Uma panela de 7 litros que não é usada, faço uma frigideira e cobro R$ 75 sem a tampa. O que sobra dela faço uma forma [assadeira] que cobro R$ 35, então sai R$ 110 duas peças”.

Clima de carnaval contagia Santaluz na véspera do aniversário de 89 Anos

Share Button

Clima de carnaval contagia Santaluz na véspera do aniversário de 89 Anos | Foto: Notícias de Santaluz

A noite de quarta-feira (17) foi marcada por muita animação no circuito do Santaluz Fest, véspera do feriado de aniversário de 89 anos de emancipação do município. O evento trouxe um verdadeiro clima de carnaval para a cidade, com shows que contagiaram o público.

Clima de carnaval contagia Santaluz na véspera do aniversário de 89 Anos | Foto: Studio Vews

Fred Tabaréu, Bell Marques, Guig Ghetto e Swing do Preto foram as atrações da noite, comandando a festa do alto dos trios elétricos e garantindo a diversão de todos os foliões. No entanto, o ponto alto da celebração foi a performance do rei do axé, Bell Marques. Com um repertório repleto de clássicos, Bell arrastou uma multidão de ‘chicleteiros’ e transformou Santaluz em um carnaval fora de época.

Clima de carnaval contagia Santaluz na véspera do aniversário de 89 Anos | Foto: Notícias de Santaluz

Um dos responsáveis por trazer Bell Marques para a festa foi o deputado estadual Marcinho Oliveira. Durante o evento, ele se juntou ao prefeito Arismário e ao presidente do MDB local, Joelcinho, no meio da ‘pipoca’, compartilhando a alegria com os moradores de Santaluz.

Marcinho destacou a importância do evento para a cidade e falou sobre a celebração dos 89 anos de emancipação do município.

“É uma alegria imensa fazer parte desta festa tão especial. Trazer Bell Marques para este evento foi um presente nosso para todos os luzenses, que hoje têm a oportunidade de viver um carnaval fora de época inesquecível. Ver a energia, a alegria e a união de nosso povo celebrando a história do nosso município, não apenas agora, mas também em outros momentos como a Semana da Cultura, nos enche de orgulho e nos dá ainda mais força para continuar trabalhando pelo desenvolvimento de Santaluz”, afirmou.

Clima de carnaval contagia Santaluz na véspera do aniversário de 89 Anos | Foto: Notícias de Santaluz

Os festejos em comemoração ao aniversário de Santaluz seguem na tarde desta quinta-feira (18) com um encontro de paredões na Praça Major Benício Viana, no centro da cidade. O Santaluz Fest que é realizado pela Prefeitura Municipal continua nos dias 26, 27 e 28 de julho com mais shows de artistas locais e nacionais, incluindo Nattanzinho, Psirico, Iguinho e Lulinha, Heitor Costa, Ferrone, Edy Pagolata, Léo SL, Kit Ilusão, Neto Barreto, Valneijós, Kiko Luz, Hiago Danadinho, Kart Love, Neto Britto, Natanzinho Lima, La Fúria, Guilherme Ferri, Fabinho Testado, Ah Chapa, Timbalada, Rafa e Pipo, Isaque Gomes, Edson Gomes, Unha Pintada e Igor Kannario.

Notícias de Santaluz

Policiais militares realizam sonho de aniversário de menino em Conceição do Coité

Share Button

Policiais militares realizam sonho de aniversário de menino em Conceição do Coité | Foto: Divulgação/PM

Policiais militares do Décimo Sexto Batalhão (16º BPM) surpreenderam Gabriel, um menino de 5 anos que sonha em ser policial, com uma festa de aniversário na noite de quarta-feira (17), em Conceição do Coité, na região sisaleira da Bahia.

A PM informou que Gabriel, cuja família enfrenta dificuldades financeiras, não teria condições de ter uma festa este ano. A mãe dele teria entrado em contato com um dos policiais na noite anterior ao aniversário, explicando a paixão do filho pela corporação e perguntando se os policiais poderiam fazer uma visita surpresa ao menino no dia especial.

Tocados pela história, os soldados Othon e Santos Coelho não hesitaram em atender ao pedido. Além da presença surpresa, os militares providenciaram um bolo, salgados e refrigerante para a comemoração.

“Imediatamente, disse sim ao pedido da mãe. E embora soubesse que nossa presença seria o suficiente, quisemos fazer algo para que ele ficasse ainda mais feliz. Então, eu e meu parceiro providenciamos um bolo, salgados e refrigerante para ele, e sentimos uma alegria imensa ao ver a felicidade estampada em seu rostinho”, contou o soldado Othon.

Notícias de Santaluz

Policiais militares realizam sonho de aniversário de menino em Conceição do Coité | Foto: Divulgação/PM

Homem apontado como um dos criminosos mais procurados da Bahia morre em confronto com a polícia em Capim Grosso

Share Button

Foto: Divulgação/SSP

Thomas Douglas Araújo dos Santos Silva, conhecido como ‘Patolino’, morreu nesta quinta-feira (18) após um confronto com policiais na cidade de Capim Grosso, no norte da Bahia. Ele foi socorrido, mas não resistiu.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Patolino era o 2 de Ouros do Baralho do Crime, plataforma que lista os criminosos mais procurados do estado, e tinha envolvimento com tráfico de drogas e armas, homicídios, porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores.

Investigações e ações de inteligência apontaram que ele planejava atacar integrantes de uma facção rival em cidades da região norte do estado, de acordo com a SSP.

A Secretaria de Segurança Pública informou ainda que uma submetralhadora calibre .40, uma espingarda calibre 12, uma pistola, carregadores, munições, um colete tático balístico, drogas e uma balança foram apreendidos durante a ação, que contou com a participação de equipes da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO) Bahia e das Polícias Militar (Cipe Caatinga) e Civil (Depin).

Notícias de Santaluz

Foto: Divulgação/SSP

Praça moderna com letreiro ‘instagramável’ na entrada da cidade vira novo cartão postal de Santaluz

Share Button

Foto: Notícias de Santaluz

A população de Santaluz agora pode desfrutar de um novo espaço de lazer e convivência. O principal trecho de acesso ao centro do município, localizado às margens da rodovia BA-120, passou por uma requalificação que incluiu a construção de uma nova praça moderna, equipada com paisagismo e iluminação de LED. Além de embelezar a entrada da cidade, a praça também serve como um ponto de encontro e socialização.

O local já se tornou um cartão postal, especialmente por causa do letreiro instagramável “Eu Amo Santaluz”, instalado para que moradores e visitantes possam tirar fotos.

Foto: Notícias de Santaluz

Além do visual moderno e das áreas verdes, a praça possui uma pista de caminhada e corrida ao seu redor, convidando pessoas de todas as idades a se exercitarem ao ar livre.

Notícias de Santaluz

Foto: Notícias de Santaluz

Bahia registra mais de 2,2 mil mortes violentas nos primeiros seis meses de 2024

Share Button

Números foram divulgados nesta quarta-feira (17) | Foto: Divulgação/SSP-BA

A Bahia registrou 2.208 mortes violentas entre janeiro e junho de 2024. A informação foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública do estado (SSP-BA), nesta quarta-feira (17).

O órgão considera como mortes violentas: homicídio, latrocínio e lesão dolosa seguida de morte.

De acordo com a SSP-BA, no mesmo período, no ano passado, o estado registrou 2.534 mortes violentas. O número é 12,8% menor que o registrado em 2023, quando 326 vidas foram preservadas.

Após a divulgação do balanço, o secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner, afirmou que a redução dos números de mortes violentas e o aumento de prisões a apreensões de armas são resultados dos empenhos das forças de segurança que atuam no estado.

“Reduzimos em 6% as mortes violentas no ano de 2023 e agora, no primeiro semestre de 2024, o índice apresentou queda de 13%. Os resultados alcançados têm relação direta com o trabalho incansável das forças policiais”, disse o gestor.

Acrescentou ainda que nos meses de maio e junho foram registrados os menores números de mortes violentas dos últimos 12 anos.

“Foram 347 casos em maio e 282 ocorrências em junho. A integração entre as Forças da Segurança, as ações de inteligência e os investimentos continuarão norteando o nosso trabalho”, destacou Werner.

Mais de 9 mil presos

Conforme a SSP-BA, a Bahia tem uma média de 51 suspeitos de cometerem crimes por dia em 2024. Neste período, 9.407 pessoas foram autuadas. Um aumento de 4,3% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 9.018 foram presas.

Segundo a pasta, 51 pessoas eram consideradas chefes de facções criminosas e 13 integravam o Baralho do Crime, catálogo que reúne informações dos foragidos mais perigosos da Bahia, como nome, apelido, área de atuação, além da foto.

A SSP-BA informou ainda que 433 foragidos da Justiça foram encontrados através do reconhecimento facial, uma média de duas prisões por dia. O órgão de segurança revelou que 1.705 pessoas foram presas através da ferramenta, desde o lançamento, em 2018.

16 armas apreendidas por dia

O balanço divulgado pela SSP-BA nesta quarta-feira também revelou que as forças de segurança apreenderam 2.973 armas entre janeiro e junho deste ano, uma média de 16 por dia. O número representa um aumento de 8,6% em relação ao mesmo período de 2023, quando foram encontradas 2.737. A secretaria ressaltou que 40 das 2.973 armas apreendidas foram fuzis.

Avaliação negativa de Jerônimo cresce 10 pontos entre janeiro e julho e chega a 45,1% em Salvador

Share Button

Levantamento encomendado pelo portal Bahia Notícias foi divulgado na terça-feira (16) | Foto: Joá Souza/GOVBA

A avaliação negativa do governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), permanece em alta na capital baiana. Assim como outros institutos de sondagens de opinião, o Paraná Pesquisas também mostrou, na terça-feira (16), que a desaprovação do petista aumentou em Salvador. Entre janeiro e julho, cresceu 10 pontos. De acordo com o Correio24horas, o levantamento foi encomendado pelo portal Bahia Notícias.

No início do ano, 35,3% dos entrevistados disseram que reprovavam o governo petista. Agora, 45,1% rejeitam a gestão de Jerônimo. Em janeiro, 59,1% aprovavam, e no novo levantamento são 50,4%. Na comparação com o mês anterior, a desaprovação do governador subiu de 43,1% para 45,1%, ao passo em que a aprovação caiu de 52,8% para 50,4%.

Já a avaliação do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) oscilou positivamente na capital baiana. Em junho, 59,5% aprovavam, e agora são 59,8%. A desaprovação reduziu de 37,4% para 36,5%. Os que não sabem e não responderam eram 3,1%, e agora são 3,8%.

A consulta tem margem de erro de 3,5 pontos percentuais. Foram ouvidos 800 eleitores entre os dias 12 e 15 de julho. O nível de confiança é de 95%.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia