WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio


Vista aérea de Santaluz



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Drogaria Santana

Adrivana Cunha Hospital de Olhos


Secretários de Saúde e de Governo de Feira de Santana são afastados do cargo em operação da PF

Share Button

Por g1 BA

Secretários de Saúde e de Governo de Feira de Santana são afastados do cargo em operação da Polícia Federal | Foto: Divulgação/PF

Os secretários municipais de Saúde e Governo de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, foram afastados dos cargos na manhã desta quinta-feira (4), por decisão da Justiça. Eles são alvo de investigação da Operação No Service, da Polícia Federal.

De acordo com a PF, o secretário de governo contratou irregularmente a empresa do gestor da saúde para fazer consultorias em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro da Queimadinha, por valores superfaturados.

A investigação da PF identificou que, em 2018, a Prefeitura de Feira de Santana fez licitação para contratar uma organização social, para fazer a gestão compartilhada da UPA. O contrato tinha prazo de vigência de maio do mesmo ano até maio de 2019, por R$ 11.909.004, podendo ser renovado por cinco anos.

Junto com diretores de uma organização social, o secretário de Governo simulou a contratação e desviou R$ 200 mil para o secretário da Saúde. A polícia detalhou que, depois de receber o dinheiro, o secretário da Saúde aplicava parte do valor em investimentos, e repassava a outra parte para pessoas físicas e jurídicas.

Além disso, apesar de ter contrato de R$ 44 mil, firmado com a entidade gestora da UPA, a empresa do secretário de Saúde não prestou nenhum tipo de serviço, nem médicos nem de consultoria. Além do afastamento dos dois gestores, a PF também cumpre sete mandados de busca e apreensão.

Esses mandados são cumpridos em Feira de Santana, Salvador e também em São Paulo. Os investigados irão responder pelos crimes de peculato e de superfaturamento de licitação mediante a inexecução completa do contrato.

Militares vão ao TSE para inspeção do código-fonte das urnas e reunião com técnicos

Share Button

Por g1

Foto: Nelson Jr./TSE

Representantes das Forças Armadas estiveram nesta quarta-feira (3) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para se reunir com técnicos da Corte e inspecionar o código-fonte das urnas eletrônicas.

Segundo o TSE, a programação prevê que a reunião com os técnicos aconteça pela manhã, e a inspeção, no período da tarde.

Por volta das 11h, a assessoria do TSE informou que os representantes da Forças Armadas já haviam chegado à sede do tribunal — os nomes e os cargos desses representantes não haviam sido divulgados até a última atualização desta reportagem.

O código-fonte é um conjunto de linhas de programação de um software, com as instruções para que o sistema funcione. A abertura do código permite a inspeção pela sociedade civil.

Em ofício classificado como “urgentíssimo” e enviado ao TSE, o ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, pediu que as Forças Armadas tivessem acesso ao código-fonte das urnas. Esse código-fonte, porém, está disponível deste outubro do ano passado.

Além disso, a colunista do g1 Andréia Sadi informou que em outubro de 2021 o TSE convidou o Ministério da Defesa a inspecionar o código-fonte das urnas.

A inspeção das Forças Armadas acontece em meio aos frequentes ataques do presidente Jair Bolsonaro às urnas eletrônicas e à Justiça Eleitoral.

Sem jamais terem apresentado quaisquer provas de eventuais irregularidades, Bolsonaro e seus aliados atacam o processo eleitoral repetindo acusações já desmentidas pelos órgãos oficiais.

Diante desse cenário, representantes dos poderes Judiciário e Legislativo têm feito frequentes discursos a favor das urnas, do sistema eleitoral e da democracia.

O presidente do TSE, Luiz Edson Fachin, por exemplo, tem dito que atacar a Justiça Eleitoral é atacar a própria democracia; que quem critica as urnas defende interesses próprios; e que não se pode consentir com ameaças à democracia.

Na mesma linha, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, tem reiterado que o sistema eleitoral brasileiro é um dos mais confiáveis do mundo e que o STF tem tomado todas as decisões necessárias para garantir a segurança jurídica das eleições.

Além disso, os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), têm defendido as urnas e o processo eleitoral.

Pesquisadores brasileiros realizam primeira cirurgia no metaverso

Share Button

Imagem: Reprodução/TV Globo

Um grupo de médicos e pesquisadores brasileiros está experienciando uma nova realidade na realização de cirurgias, desta vez no metaverso. Neste ambiente, além da neurocirurgiã e do instrumentador, uma profissional é indispensável: a doutora Geex, responsável por orientar o procedimento.

“Nós desenvolvemos um avatar e conseguimos capturar detalhes da técnica para que o avatar orientasse o procedimento. É a junção da realidade e do mundo virtual”, explica a neurocirurgiã pediátrica do Sabará Hospital Infantil, Dra. Giselle Coelho, ao programa Fantástico, da TV Globo.

Com os óculos do metaverso, a médica acompanha uma biópsia que por enquanto é apenas uma simulação em um hospital em São Paulo. Os especialistas na área, no entanto, acreditam que a inteligência artificial será capaz de identificar se o aluno está errando e assim poderá receber uma sugestão para que ele repita o procedimento, caso seja necessário.

Acredita-se também que avatares como Geex vão estar aptos a ensinarem sem fronteiras geográficas ou econômicas. A experiência brasileira foi a primeira simulação de cirurgia via metaverso em todo o mundo.

“A equipe brasileira está fazendo um trabalho extraordinário, criando algo que nunca vi antes. Existem muitas iniciativas na Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard que usam tecnologia de ponta. Acompanho experimentos incríveis, mas nada que tenha o nível de sofisticação desse avatar”, afirma um dos participantes.

“É algo que realmente pode mudar muito, pode mudar a saúde mundial e pode mudar a educação”, diz a doutora Giselle.

Assaltante devolve celular de atendente de pizzaria após apelo: ‘Eu estou pagando, por favor’

Share Button

Por g1 BA

Assaltante devolve celular de atendente de pizzaria após apelo | Foto: Arquivo pessoal

Um assalto a uma pizzaria na cidade de Camaçari, Região Metropolitana de Salvador, terminou de forma inusitada na noite desta terça-feira (2). É que o assaltante decidiu devolver o celular da atendente após ela pedir “por favor” e dizer que o aparelho ainda não estava quitado.

“É iPhone moço, para que você quer? Por favor, meu celular, moço. Eu estou pagando, por favor”, disse a mulher. Apesar de não levar o celular da vítima, o assaltante fugiu com o dinheiro do caixa.

As imagens mostram que, após o apelo da atendente, o assaltante devolveu o celular. “Tá, vai, vai, vai”, respondeu o homem antes de entregar o celular para a vítima e deixar o local.

Como foi a ação?

Toda a situação foi flagrada pelas imagens da câmera de segurança da pizzaria. O homem chegou ao local com um comparsa, em uma motocicleta. De capacete, ele entrou no estabelecimento com a arma já em punho, apontando para o rosto da atendente.

As imagens mostram que o homem gritou e fez ameaças à mulher, que pediu calma várias vezes. Após ela entregar o celular, o homem pediu o dinheiro do caixa. Quando ele já estava do lado de fora do estabelecimento, a mulher pediu para que ele devolvesse o aparelho, que ainda não tinha sido quitado.

Ele então devolveu o aparelho e ela agradeceu. Em seguida, ele perguntou se havia outro celular na pizzaria, e ela respondeu que não justamente por causa dos riscos de assalto. O homem então deixou o estabelecimento e fugiu com o comparsa, que o esperava do lado de fora.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Militar, para ter mais detalhes sobre a ocorrência, mas ainda não obteve retorno. A Polícia Civil informou que o caso não foi registrado em delegacia.

Polícia Federal cumpre mandados em operação contra fraudes no auxílio emergencial em Feira de Santana

Share Button

Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta quarta-feira (3), em Feira de Santana, uma operação para combater fraudes no auxílio emergencial. De acordo com a PF, a Justiça determinou o afastamento do sigilo bancário e sequestro de bens dos envolvidos no total são R$ 50 mil. Mandados de busca e apreensão também são cumpridos. A Polícia Federal informou que as investigações da Operação Parcela começaram em 2021, a partir de contestações feitas por reais beneficiários na Caixa Econômica. Ao todo foram identificadas, conforme a PF, fraudes em 16 contas do auxílio emergencial, no aplicativo Caixa Tem. Esses valores eram depositados e transferidos imediatamente para pagamentos de boletos bancários, emitidos em nome de terceiros. Em seguida, os valores eram encaminhados aos fraudadores. Segundo a Polícia Federal, o prejuízo inicial é de R$ 9,6 mil. Esse valor pode aumentar no decorrer das investigações. Além de agentes da PF, participam também da operação equipes do Ministério Público Federal (MPF), Ministério da Cidadania, Caixa Econômica, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União. Os investigados responderão pelos crimes de furto qualificado mediante fraude.

Notícias de Santaluz

Homem sobrevive a assalto após arma falhar diversas vezes

Share Button

Por g1

Morador de Las Vegas sobrevive a assalto após arma falhar diversas vezes | Foto: Reprodução/Facebook

Em vídeo divulgado pela polícia de Las Vegas um assaltante aparece tentando interceptar um morador da região de Faiss Drive, um bairo nobre de Las Vegas (EUA). A vítima fugiu sem nenhum ferimento após a arma do criminoso falhar diversas vezes.

Segundo informações da polícia, o vídeo mostra os momentos após o morador abrir a garagem da sua casa.

Enquanto ele corre para a propriedade de um vizinho (onde a câmera de segurança está instalada), ele é perseguido. Então os dois param e o ladrão tenta atirar contra o morador.

Após a falha no equipamento, o morador ficou na casa de seu vizinho enquanto o ladrão seguiu para dentro de um carro estacionado nas proximidades.

Ao longo da investigação, os detetives identificaram Armondo Dangerfield, de 28 anos, como o suspeito deste crime.

Ele foi preso pelos policiais do Arizona, estado vizinho, exatamente uma semana depois do incidente.

Impasse no palanque da Bahia travou acordo nacional do PT com União Brasil: entenda

Share Button

Por Andréia Sadi, via g1

Ex-ministro Jacques Wagner e o ex-presidente Lula | Foto: Manu Dias/GovBA e Reprodução/TV Globo

Setores do PT que defendiam o acordo com o União Brasil ainda no primeiro turno estão irritados com a insistência do petista Jaques Wagner de não ceder na principal demanda da ala do antigo DEM no partido: retirar a candidatura do PT na Bahia, onde ACM Neto é candidato.

Fontes do comitê de Lula e também do União Brasil confirmam que as conversas estavam adiantadas entre os partidos – mas travou exatamente no impasse do palanque da Bahia.

Neto, que é um dos principais líderes do partido, deixou claro em conversas com interlocutores de Lula que a negociação só iria para frente se a questão da Bahia fosse resolvida. Mas, para isso, o PT precisava do aval de Jaques Wagner – que não topou.

ACM Neto é pré-candidato ao governo da Bahia pelo União Brasil | Foto: Divulgação

Nos bastidores, uma ala do comitê Lula-Alckmin vê a estratégia como um “desastre” e afirma que o apoio de um partido como União Brasil ainda no 1º turno, especialmente por conta do fundo partidário bilionário, poderia facilitar a eleição de primeiro turno que Lula tanto quer.

Agora, afirmam, só se Ciro Gomes (PDT) saísse da disputa – o que ninguém acredita que acontecerá.

Casal é detido após ser flagrado com bebê de dois meses em motocicleta no interior da Bahia

Share Button

Por g1 BA

Casal levava bebê em motocicleta | Foto: Divulgação/PRF

Um casal foi levado à delegacia depois de ser flagrado a bordo de uma motocicleta com um bebê de dois meses, na cidade de Jeremoabo, a cerca de 400 quilômetros de Salvador. O caso aconteceu na segunda-feira (1º), em um trecho da BR-110.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo era conduzido pelo homem, de 34 anos, e a mulher estava na carona. O bebê era carregado pela mãe, envolvido em uma manta, e viajava sem qualquer equipamento de segurança.

Eles foram detidos e o condutor foi autuado com base no Código de Trânsito Brasileiro, que proíbe a condução de passageiros sem capacete e mais do que duas pessoas na motocicleta. Além disso, crianças menores de 10 também são proibidas por lei de viajarem no veículo.

As multas chegaram a quase R$ 600 e geraram 14 pontos na carteira de habilitação do motociclista.

O casal foi levado para a delegacia e o homem assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência. Ele responderá pelo crime de expor a vida ou a saúde de outra pessoa a perigo direto e iminente. A polícia não divulgou se a mulher também foi autuada, nem o estado de saúde do bebê.

Santaluz: Nilson do Luar, Fagner Gladiador e Merilson Souza animam festa no bairro São Jorge neste domingo

Share Button

Imagem: Divulgação

Evento será realizado a partir das 16 horas, em frente a Mercearia de Rafael e Gil.

Professores e servidores da rede municipal encerram greve em Serrinha após 25 dias

Share Button

Por g1 BA e TV Subaé

Professores da rede municipal encerram greve em Serrinha após 25 dias | Foto: Reprodução/TV Subaé

Depois de 25 dias em greve, os professores e servidores da rede municipal de Serrinha, na região sisaleira da Bahia, decidiram voltar a trabalhar na tarde da última sexta-feira (29), após uma assembleia.

Segundo o sindicato dos servidores de Serrinha, a prefeitura da cidade encaminhou uma proposta com a promessa de pagar os quatro meses retroativos de janeiro a abril, até o dia 31 de dezembro, e cortar os 13 dias não trabalhados, o que não agradou a categoria.

De acordo com a categoria, a greve foi encerrada e o grupo agora passou para estado de greve, ou seja, um aviso para uma possível paralisação.

A informação do sindicato é que todas as escolas retomaram as atividades, mas algumas liberaram os alunos mais cedo nesta segunda-feira (1°) porque estavam sem merenda.

A reportagem da TV Subaé, afiliada da TV Bahia, procurou a prefeitura, que preferiu não se posicionar sobre o assunto. Informou apenas que o acordo anterior não tinha validade.

A categoria cobrava um aumento salarial. Conforme o sindicato, cerca de 1.300 servidores da educação municipal estavam com as atividades paralisadas.

Ao todo, 90 escolas ficaram fechadas e 14 mil alunos ficaram sem aula em Serrinha. As aulas foram suspensas ainda no recesso de São João e deveriam ter retornado no dia 4 de julho, quando teve início a paralisação.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia