WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio


:: ‘Destaque2’

Polícia investiga morte de bebê de dois meses após cair dos braços do pai

Share Button

Por G1 GO

Caso aconteceu na cidade de Anápolis, em Goiás | Foto: TripAdvisor/Divulgação

A Polícia Civil está investigando a morte de um bebê de 2 meses após cair dos braços do pai, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. A criança, do sexo masculino, morreu na madrugada de segunda-feira (2), no bairro Jardim das Américas 2ª Etapa. No Registro de Atendimento Integrado (RAI), a Polícia Militar informou que foi acionada pelo Instituto Médico Legal após a comunicação do fato. O pai disse aos militares que estava com o filho nos braços quando dormiu e o deixou cair acidentalmente. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas constatou que o bebê já estava sem vida. A Polícia Civil já começou a ouvir algumas testemunhas sobre o acidente. 

MP-MG investiga relação de Aécio com negócios de grupo de comunicação

Share Button
Foto: Lula Marques/Agência PT

Foto: Lula Marques/Agência PT

O Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG) instaurou um inquérito para investigar se recursos públicos do estado foram usados em negócios do Grupo Bel, de comunicação, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo. Por ter como alvo o senador Aécio Neves (PSDB-MG), a apuração partiu da Procuradoria-Geral da República e foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em outubro passado. O ministro do STF Marco Aurélio determinou que a investigação fosse desmembrada e enviada a Minas Gerais, pois também envolve a irmã de Aécio, Andrea Neves, e Flávio Carneiro, do Grupo Bel, que não têm foro privilegiado. A suspeita de desvio de recursos públicos e pagamento de propina está sendo apurada pela Polícia Federal de Minas Gerais. Ao mesmo tempo, o promotor Eduardo Nepomuceno, da 17ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, instaurou no último dia 22 um inquérito civil para investigar se houve dano ao erário, enriquecimento ilícito e improbidade administrativa.

Câmara aprova projeto que impede ministros do STF de suspenderem leis sozinhos

Share Button
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Arquivo

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Arquivo

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou nesta terça-feira (3) um projeto que proíbe ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de suspenderem leis por decisões individuais, as chamadas de “monocráticas”. Agora, a proposta tramitará da seguinte forma: seguirá para o Senado se não houver recurso para que o plenário da Câmara analise a proposta. De acordo com o G1, o texto discutido pelo Congresso altera as leis que regulamentam o andamento das ações diretas de inconstitucionalidade (ADIs) e das ações de descumprimento de preceito fundamental (ADPFs), usadas para questionar, junto ao STF, se uma lei aprovada pelo Congresso e sancionada pelo presidente está ou não de acordo com a Constituição. O projeto prevê que, a partir da sanção da lei, as decisões sobre ADIs passarão a ser concedidas “exclusivamente” por decisão da maioria absoluta dos ministros do STF. Já em relação às ADPFs, o texto afirma que “apenas” por decisão da maioria absoluta dos integrantes é que o STF poderá atender a pedido de liminar (decisão provisória). O autor do projeto é o deputado federal Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA). 

Temer diz que seu sucessor terá de retomar reforma da Previdência

Share Button

Folha de S. Paulo

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

O presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (3) que qualquer um que venha a sucedê-lo na presidência terá que fazer a reforma da Previdência e disse que foi seu governo que a colocou “definitivamente na pauta política”. “Nós colocamos na pauta política, ninguém pode negar que a reforma previdenciária é fundamental para o país”, disse no 11º Enai (Encontro Nacional da Indústria). Em fala de cerca de 20 minutos, o emedebista afirmou reconhecer que o tema é controverso e disse que “diversas circunstâncias” impediram a aprovação das novas regras de aposentadoria durante seu governo. Além disso, Temer defendeu outra reforma polêmica, a trabalhista, e defendeu a necessidade de uma reforma tributária. “Vamos fazer uma grande simplificação e nessa seguramente impedir qualquer aumento de tributação”, afirmou. Segundo o presidente, que de acordo com pesquisa Datafolha é o mais impopular desde a redemocratização, seu governo retomou o diálogo “com o Congresso e também com a sociedade”.

Polícia encontra droga avaliada em R$ 4 milhões dentro de galpão na Bahia

Share Button
Foto: Divulgação/SSP

Foto: Divulgação/SSP

Uma carga de 200 kg de pasta base de cocaína, avaliada em R$ 4 milhões, foi apreendida durante uma operação integrada das polícias Militar e Federal, na madrugada de segunda-feira (2), em um galpão próximo do Centro de Abastecimento (Ceasa) de Simões Filho, cidade localizada na região metropolitana de Salvador. De acordo com a Secretaria de Segurança Publica (SSP-BA), a droga foi encontrada após uma denúncia anônima. Segundo o órgão, seis homens armados reagiram atirando com a chegada dos policiais e, no confronto, dois deles, ainda não identificados, foram atingidos, socorridos para o hospital Menandro de Faria, mas não resistiram e morreram. De acordo com a polícia, foram presos Denis Dias Gomes, o ‘Mantena’, que é suspeito de chefiar o tráfico em Itapuã, além de Danilo Xavier Costa, Gabriel Santos Dantas e Ender Rocha de Oliveira. Conforme a SSP, dois revólveres calibre 38 e munições também foram encontrados com o grupo. Os suspeitos e o material apreendido foram encaminhados para a sede da Superintendência Regional da Polícia Federal, na capital baiana.

Notícias de Santaluz

Homem sobrevive a sete tiros e é encontrado pelo Samu ‘conversando normalmente’

Share Button
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Um homem sobreviveu após levar sete tiros durante um ataque na noite do último sábado (30), em Eunápolis, no extremo sul do estado. De acordo com o site Radar 64, além de escapar com vida, Pedro Souza ainda foi encontrado por agentes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) sentado em uma cadeira, consciente e conversando normalmente. Testemunhas afirmam que Pedro estava em um bar no distrito de Colônia quando duas pessoas chegaram de moto e atiraram contra ele. O jovem de 20 anos foi levado para o Hospital Regional e está fora de risco.

Ministro do STF libera porte de arma para guardas municipais de cidades pequenas

Share Button

Por G1

Ministro Alexandre de Moraes durante sessão extraordinária do STF | Foto: Carlos Moura/SCO/STF

Ministro Alexandre de Moraes durante sessão extraordinária do STF | Foto: Carlos Moura/SCO/STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou nesta sexta-feira (29) o porte de armas para guardas municipais de cidades com menos de 50 mil habitantes. A decisão foi tomada em caráter liminar (provisório), ou seja, o tema ainda será analisado de maneira definitiva pelo plenário do STF, formado por Moraes e mais dez ministros. Ao liberar o porte de armas, Alexandre de Moraes atendeu a um pedido do Democratas. O partido alegou ao Supremo que há tratamento desigual a esses guardas, uma vez que o Estatuto do Desarmamento só permite o porte para aqueles que atuam em capitais e cidades com população acima de 50 mil habitantes. Para o ministro, os guardas das cidades menores têm efetiva participação na segurança pública. Alexandre de Moraes entendeu, ainda, que esses guardas atuam em condições similares às vivenciadas pelos guardas de cidades grandes, em razão de índices de violência e mortes semelhantes com as capitais e grandes metrópoles. “O aumento maior do número de mortes violentas, nos últimos anos, tem sido consistentemente maior exatamente nos grupos de municípios em que a lei estimou como passíveis de restrição ou até supressão do porte de arma por agentes encarregados constitucionalmente da preservação da segurança pública”, escreveu Moraes na decisão.

Jovem é morto a tiros na porta de casa; ele havia postado crítica a violência 2 dias antes

Share Button

Por G1 BA

Jovem foi morto a tiros na porta da casa onde morava no sul da Bahia (Foto: Reprodução/Facebook

Jovem foi morto a tiros na porta da casa onde morava no sul da Bahia | Foto: Reprodução/Facebook

Um jovem de 20 anos foi morto a tiros na noite da quinta-feira (28), na cidade de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia. De acordo com informações da Polícia Civil, o crime ocorreu na porta da casa onde a vítima morava, no bairro Vila Caraipe. Conforme a polícia, testemunhas contaram que criminosos armados se aproximaram do jovem, em um carro, e atiraram contra ele. Após a ação, os homens fugiram. A vítima, identificada como Gabriel Vieira Aguiar, morreu no local do crime. O corpo do jovem foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Teixeira de Freitas. Dois dias antes de ser morto, Gabriel Aguiar usou as redes sociais para compartilhar uma cena do filme “Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora é Outro”, com uma crítica à corrupção e violência no país. Ainda não há informações sobre a autoria e motivação do crime. Contudo, conforme a polícia, as principais linhas de investigação são execução ou crime passional, porque a vítima não tinha envolvimento com crimes.

STF rejeita volta da obrigação de trabalhador pagar contribuição sindical

Share Button

Por G1

Foto: Carlos Moura/SCO/STF

Foto: Carlos Moura/SCO/STF

Por 6 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou nesta quinta-feira (28) pedidos para tornar novamente obrigatório o pagamento da contribuição sindical. A Corte analisou 19 ações apresentadas por entidades sindicais contra regra da reforma trabalhista aprovada no ano passado que tornou o repasse facultativo, em que cabe ao trabalhador autorizar individualmente o desconto na remuneração. A contribuição equivale ao salário de um dia de trabalho, retirado anualmente na remuneração do empregado para manutenção do sindicato de sua categoria. Ao final do julgamento, 6 dos 11 ministros do STF votaram em favor da manutenção da nova regra de facultatividade: Luiz Fux, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Gilmar Mendes, Marco Aurélio e Cármen Lúcia. Contra votaram 3 ministros: Edson Fachin, relator da ação, Rosa Weber e Dias Toffoli. Não participaram do julgamento os ministros Ricardo Lewandowski e Celso de Mello. Nas ações, entidades sindicais alegaram forte queda em suas receitas, comprometendo a negociação de acordos coletivos e serviços de assistência aos trabalhadores. Vários ministros chamaram a atenção para a multiplicação dos sindicatos no país com a contribuição sindical obrigatória, chegando a mais de 16,8 mil entidades. Em países da Europa, América do Norte e África, o número de sindicatos varia entre 100 e 200 organizações. 

Casal é preso por jogar o corpo da própria filha dentro de lixo em SP

Share Button
Foto: Marcela Pierotti/G1

Foto: Marcela Pierotti/G1

Um casal foi preso em flagrante na noite desta quinta-feira (28) após abandonar uma criança recém-nascida em uma lixeira, em Santos, no estado de São Paulo. O corpo da menina, que tinha perfurações no pescoço, foi encontrado por um catador de latinhas que vasculhava uma liveira em frente a um prédio na cidade. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de homicídio. De acordo com informações do G1, o casal mora na rua em que a criança foi encontrada e, além da recém-nascida, têm uma filha de três anos. A mulher deve responder, ainda, por ocultação de cadáver. Já o homem, deve responder por favorecimento pessoal. Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontará as circunstâncias da morte da menina, mas exames preliminares apontam que a criança nasceu viva e apresentava perfurações na região do pescoço.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia