WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Império Store

Drogaria Santana

:: ‘Destaque3’

Anvisa libera venda de máscaras de tecido em farmácias e drogarias

Share Button
Foto: Reprodução/Pixabay

Foto: Reprodução/Pixabay

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, por unanimidade e em caráter excepcional, a venda de máscaras de proteção de uso não profissional (máscaras de tecido) em farmácias e drogarias. De acordo com a agência, a medida visa facilitar o acesso da população ao produto, reforçando o enfrentamento da pandemia provocada pelo novo coronavírus. A decisão foi tomada após a análise de uma solicitação da Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag), originalmente relacionada apenas à venda de máscaras de uso não profissional por farmácias de manipulação. No entanto, a diretora substituta Meiruze Sousa Freitas, relatora da pauta, se manifestou a favor da comercialização do produto por farmácias em geral (com ou sem manipulação), além de drogarias. A Anvisa informou que já encaminhou um ofício circular sobre a decisão para as Vigilâncias Sanitárias dos estados e municípios e do Distrito Federal. Apesar de não serem enquadradas como produtos para saúde para fins regulatórios, as máscaras de tecido atuam como barreiras físicas, contribuindo para a saúde pública com a redução da propagação do novo coronavírus.

Notícias de Santaluz

Homem com passagens por tráfico e roubos a bancos morre em confronto com a polícia em Conceição do Jacuípe

Share Button
Foto: Divulgação/SSP

Foto: Divulgação/SSP

Um homem com passagens por tráfico de drogas e envolvimento em roubos de bancos morreu em confronto com a polícia em Conceição do Jacuípe, região metropolitana de Feira de Santana, na noite desta terça-feira (2). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP), o homem, que não teve a identidade revelada, chegou a ser socorrido e levado para o hospital da cidade, mas não resistiu. No veículo modelo Gol em que ele estava foram encontrados, conforme a SSP, um fuzil calibre 5,56, carregador e munições, além de 20 artefatos explosivos escondidos em caixas de som e meio quilo de cocaína. A ação contou com a participação de equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), do Comando de Policiamento Especializado (CPE), do Comando de Policiamento da Região Leste (CPRL), do 4° Batalhão e da Polícia Rodoviária Federal. A ocorrência foi registrada na 3ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), na cidade de Santo Amaro.

Notícias de Santaluz

Foto: Divulgação/SSP

Foto: Divulgação/SSP

Celso de Mello arquiva pedido de apreensão de celulares de Jair Bolsonaro e filho

Share Button

Por TV Globo

Foto: Carlos Moura / STF

Foto: Carlos Moura / STF

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), arquivou nesta segunda-feira (1°) o pedido de partidos para que fossem apreendidos celulares do presidente Jair Bolsonaro e do filho, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ). O procurador-geral da República, Augusto Aras, já havia se manifestado no STF contra a apreensão dos aparelhos. Aras entendeu que, como a investigação é competência do MPF, não cabe intervenção de terceiros no processo, como no caso de partidos e parlamentares. Na decisão, o decano do STF fez questão de reafirmar a posição da Corte “neste singular momento em que o Brasil enfrenta gravíssimos desafios”. Os pedidos tinham sido feitos pelo PDT, PSB e PV e também eram direcionados ao ex-ministro Sérgio Moro; ao ex-diretor-geral da PF, Maurício Valeixo; e à deputada Carla Zambelli.

Empresários do Nordeste são mais afetados pela crise da Covid-19, indica estudo

Share Button
Foto: Vitor Jubini

Foto: Vitor Jubini

Os empresários do Nordeste do Brasil são os que mais foram afetados pela crise econômica provocada pelo novo coronavírus. Isso é o que indica a pesquisa encomendada Confederação Nacional da Indústria (CNI). Segundo a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, que adiantou a pesquisa, 83% dos donos de empresas da região que foram entrevistados disseram ter sofrido impacto em seus negócios. A média nacional é de 74%, a mesma registrada no Sul. No Sudeste, 73% dos empresários afirmam ter sentido os efeitos da crise e no Norte e no Centro o percentual ficou em 69%. Neste contexto, o levantamento também constatou que os nordestinos são os mais pessimistas em relação ao futuro. Para 87% dos executivos industriais da região, a perspectiva para os próximos seis meses é de forte retração. A média nacional dos que fazem a mesma análise é de 79%. Já na estimativa para os próximos dois anos, a avaliação de que a economia terá retração não varia muito entre as regiões: 52% no Nordeste, 51% no Sul e 49% no Sudeste do Brasil. Realizado pelo Instituto FSB Pesquisas, o levantamento ouviu 1.017 donos de empresas em todo o país.

Bolsonaro diz ser contra exame da OAB para advogados: ‘Caça-níquel’

Share Button

Do Uol

Foto: Isac Nóbrega / PR

Foto: Isac Nóbrega / PR

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (29) ser a favor de que advogados possam exercer a profissão sem a necessidade de fazer o exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), que ele classificou como “um caça-níquel”. Esta não é a primeira vez que Bolsonaro se posiciona contra o exame da OAB. Esse tema tem feito parte da retórica do presidente desde a campanha eleitoral de 2018. Ele chegou a afirmar que muitos bacharéis em Direito acabavam atuando como “boys de luxo” em escritórios de advocacia. Em conversa com apoiadores na portaria do Palácio da Alvorada, transmitida em seu Facebook, o presidente foi abordado por simpatizante dizendo que os bacharéis querem trabalhar. “Tinha projeto de interesse de vocês no passado, o Eduardo Cunha colocou em votação quando era presidente (da Câmara) e foi derrotado, com toda a força que ele tinha naquele momento. Então, você vê a dificuldade de atender seu pleito”, respondeu Bolsonaro. “Eu acho justo: fez faculdade, pode trabalhar. Não tem que fazer exame de ordem, não, que é um caça-níquel muitas vezes”, continuou.

Bolsonaro tem reprovação de 43% e aprovação de 33%, diz Datafolha

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Marcos Corrêa / PR

Foto: Marcos Corrêa / PR

A rejeição ao presidente Jair Bolsonaro cresceu nas últimas semanas em meio à crise do coronavírus. De acordo com pesquisa Datafolha revelada nesta quinta-feira (28), 43% dos brasileiros consideram o governo ruim ou péssimo, o que representa um recorde. O último levantamento do instituto apontava 38% de rejeição. Por outro lado, a aprovação de Bolsonaro segue estável, com 33%. O número foi o mesmo nas duas últimas aferições do Datafolha. Já os brasileiros que acham o governo regular caíram de 26% para 22%. Os mais ricos, aqueles que ganham mais de 10 salários mínimos e que vinham representando um polo de apoio, estão entre os que mais rejeitam com 49% de ruim ou péssimo. Porém, o mesmo segmento representa 42% de apoio. Entre os brasileiros com curso superior, 56% desaprovam Bolsonaro, ante 36% daqueles que têm o ensino fundamental. Entre os 55% que assistiram o vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, a rejeição subiu para 53%. A pesquisa foi realizada no início da semana. Foram ouvidos 2.069 adultos, com margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Projeto sobre financiamento privado de universidades federais é enviado ao Congresso

Share Button

Por G1

Foto: Reprodução / MEC

Foto: Reprodução / MEC

O Governo Federal encaminhou à Câmara dos Deputados o projeto de lei que institui o programa Future-se, do Ministério da Educação, informou o Diário Oficial da União nesta quarta-feira (27). O Future-se é uma iniciativa proposta pelo MEC com o objetivo de aumentar a autonomia administrativa das universidades federais. Como essas instituições sofrem com contingenciamentos e alegam que têm suas atividades prejudicadas com os bloqueios de orçamento, a solução apresentada pelo governo é firmar parcerias entre a União, as universidades e as organizações sociais. Além disso, o Future-se também estimularia que as instituições captassem recursos próprios, que auxiliassem na sua manutenção. O MEC reforça que não se trata de privatizar o ensino público, e sim de criar uma nova forma de financiá-lo. A cobrança de mensalidades em cursos de graduação, mestrado e doutorado está descartada, segundo o governo. O envio do projeto ao Congresso gerou críticas da União Nacional dos Estudantes (UNE) por ter ocorrido em meio à interrupção das aulas presenciais por causa da pandemia de Covid-19, a doença do novo coronavírus. “Inacreditável. No meio da maior crise sanitária que o mundo viveu, com mais de 20 mil mortes no Brasil, as universidades com aulas suspensas e uma série de dificuldades, o MEC resolve encaminhar o projeto do Future-se para a Câmara. Que inversão de prioridades absurda”, escreveu o presidente da UNE, Iago Montalvão.

Homens são presos com 3,6 mil cápsulas de hidroxicloroquina

Share Button

Por G1 GO

Foto: PRF/Divulgação

Foto: PRF/Divulgação

Quatro homens foram presos na quarta-feira (27) em Uruaçu, no norte de Goiás, suspeitos de contrabandear 3,6 mil comprimidos do remédio hidroxicloroquina. As cápsulas estavam escondidas dentro de caixas de equipamentos de som transportadas em uma caminhonete. O medicamento foi liberado pelo Ministério da Saúde para tratamento de pacientes com coronavírus, até mesmo em casos leves. Pesquisas feitas em várias partes do mundo apontaram, entretanto, que não há eficácia comprovada. A Polícia Rodoviária Federal encontrou o carregamento de remédio durante uma abordagem de rotina na BR-153. “Os quatro ocupantes disseram que montam estruturas para eventos e que estavam voltando de um show. Os policiais desconfiaram da versão, pois os eventos estão suspensos durante o período de pandemia”, disse o assessor de imprensa da PRF, Newton Morais. Os homens disseram que estavam levando os medicamentos para um hospital de campanha no Maranhão. A suspeita da PRF é que os medicamentos foram comprados no Paraguai. Os quatro homens foram levados para a delegacia de Uruaçu. Já os comprimidos foram encaminhados para a Vigilância Sanitária.

Agências dos Correios pagarão auxílio emergencial a partir de junho

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Divulgação / Correios

Foto: Divulgação / Correios

A partir do mês de junho, além das agências da Caixa Econômica Federal, as dos Correios serão opções para que a população possa receber o auxílio emergencial pago pelo governo federal, por causa da pandemia do novo coronavírus. Em nota oficial, os Correios informaram que o início do pagamento aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, mães solteiras, autônomos e desempregados acontece em junho nas agências postais, mas não confirmaram uma data específica. “As agências estão, nesse momento, em processo de adaptação dos sistemas para realização do serviço”, diz o comunicado. “A data de início do atendimento, as formas de acesso da população e demais procedimentos serão amplamente divulgados pelos canais oficiais da empresa”, acrescentou.

Marcelo Odebrecht alega não ter dinheiro e pede gratuidade de Justiça em processo

Share Button
Foto: Cicero Rodrigues

Foto: Cicero Rodrigues

O empresário Marcelo Odebrecht, que já foi um dos homens mais ricos e poderosos do Brasil, pediu para ser defendido pela Defensoria Pública na ação que move contra a Odebrecht. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Marcelo alega não ter condições de arcar com advogados, porque teve R$ 143 milhões bloqueados em março a pedido da própria Odebrecht. O valor da causa de Marcelo contra a empresa criada pelo avô, Norberto Odebrecht, no âmbito do processo de recuperação judicial da empreiteira, está na casa dos R$ 52 milhões.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia